Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Embasa combate ligações irregulares em estabelecimentos comerciais

Estabelecimentos comerciais e lava a jatos da capital são os alvos principais da Operação Burla, promovida pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), que combate ligações irregulares, conhecidas como “gatos” de água. O objetivo é coibir o desperdício e controlar o consumo, evitando que os consumidores regulares paguem a mais por conta do abastecimento ilegal destes locais. Com apoio das polícias Civil, Militar e Técnica, na manhã desta quinta-feira (25), equipes da Embasa localizaram uma tubulação irregular que fazia o abastecimento de uma padaria no bairro de Sussuarana, em Salvador. O estabelecimento foi autuado em flagrante e o gato foi interrompido.

Segundo o gerente comercial da unidade regional da Embasa no Cabula, Bruno Calado, o combate aos gatos de água é importante, sobretudo quando a Bahia tem passado pela iminência de uma crise hídrica. “O furto de água é um crime que tem impactos em toda comunidade. Estamos correndo o risco de ter racionamento de água e, mais do que nunca, precisamos reduzir e controlar o consumo. Muitos desses pontos irregulares praticam o desperdício pelo fato de não pagarem as contas, por exemplo. Temos uma equipe de inteligência trabalhando diária e incansavelmente em busca desses estabelecimentos irregulares que estão furtando água, no intuito de promover essa economia” explica Calado.

A prática de furto de água é crime. Se constatadas as irregularidades, o infrator ou responsável pelos estabelecimentos é conduzido à delegacia da região, se for maior de idade. Os adolescentes são encaminhados para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI). De acordo com o coordenador de área da 48ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), tenente Josenilton Brito, a PM é apenas uma das partes que podem ajudar nesse combate. “Toda vez que há um delito, um crime, é nosso dever apoiar os órgãos que tentam coibir tais práticas. E se tratando de água, ainda mais, pois estamos falando de recursos hídricos, de um bem essencial a todos. Nós fazemos questão de contribuir nesse sentido”, afirma o tenente.


O estabelecimento localizado no bairro de Sussuarana foi autuado em flagrante e o gato foi interrompido

A população também pode auxiliar no combate a esse tipo de crime. É por isso que a Embasa mantém canais de comunicação com a sociedade, pelos quais podem ser feitas denúncias, de forma gratuita e anônima, em que não é preciso se identificar. Caso haja alguma suspeita ou gato de água, as pessoas podem denunciar por meio do telefone 0800 0555 195, através da ouvidoria disponível no site da Embasa ou ainda presencialmente, nas lojas da empresa espalhadas pela Bahia.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑