Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Baianos conservam tradição das trezenas para Santo Antônio

Tem início hoje até o próximo dia 13, homenagens ao santo que foi popularizado no Brasil como casamenteiro. Católicos estarão concentrados em render homenagens ao santo. A devoção a Santo Antônio é considerada como uma das mais prestigiadas na capital baiana e no interior do estado.

Pelo menos 60 igrejas da capital baiana vão celebrar o santo este mês. Há quem ainda mantenha a tradição de louvar o santo católico em casa. 

Na igreja Santo Antônio da Barra (Ladeira da Barra), os fiéis têm do tema "Com Santo Antônio e Maria encontramos Jesus". A trezena também começa nesta quinta-feira (1º) e seguirá até o dia 12, às 19h. No dia 11 de junho uma procissão sairá do Forte de São Diogo (Barra), Às 17h30, e seguirá para a igreja, onde o bispo auxiliar Dom Estevam presidirá a Missa. Para celebrar o dia dedicado ao santo (13), a comunidade realizará uma alvorada às 6h30 e participará de Missas às 8h, 10h, 12h, 14h30, 16h e 18h.

No Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres (Irmã Dulce) também acontecem homenagens ao santo. A trezena que começou no dia 31 de maio, seguirá até o dia 12 de junho, com missas todos os dias, sempre às 17h. Já no dia 13, data festiva, haverá duas celebrações, às 9h e às 17h, dedicadas ao santo querido de Irmã Dulce, conhecido como “protetor dos pobres e oprimidos”. Como é tradição, as missas incluem sempre um gesto concreto, com a oferta de gêneros alimentícios e produtos de higiene pessoal que serão doados a famílias carentes e também ao público assistido pela instituição do Anjo Bom. O tema deste ano é “Com Santo Antônio, contemplamos Maria como modelo de fé e seguimento do Cristo”.

Na paróquia Santo Antônio Além do Carmo, a trezena tem início nesta quinta-feira (1º). Os fiéis se encontrarão todas as noites, às 20h. No dia festivo (13), haverá alvorada às 6h e missas às 7h, 9h30, 11h (com oração por cura e libertação) e às 16h. A partir das 17h30, os devotos sairão em procissão, seguindo pelas principais ruas dos bairros Santo Antônio e Barbalho e retornando para a matriz. O bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Estevam dos Santos Silva Filho, presidirá a Missa campal, às 19h, encerrando os festejos. O tema escolhido para este ano é Santo Antônio: missão e misericórdia.

Em Fazenda Coutos, Santo Antônio também recebe homenagens na paróquia dedicada a ele, localizada no bairro. Com o tema "A exemplo de Santo Antônio, eu creio", os fiéis participam da trezena a partir desta quinta, sempre às 19h. A cada noite, a comunidade é convidada a colaborar com um gesto concreto por meio da doação de alimentos e de material de higiene: arroz (1ª noite), leite (2ª noite), fubá de milho (3ª noite), feijão (4ª noite), macarrão (5ª noite), café (6ª noite), óleo (7ª noite), biscoito (8ª noite), açúcar (9ª noite), material de limpeza (10ª noite), farinha (11ª noite) e margarina (12ª noite).

No dia festivo (13), acontecerá alvorada às 5h30; Ofício de Nossa Senhora às 6h; missas às 6h30 e às 10h. A partir das 18h, acontecerá uma procissão, que sairá da entrada do bairro e seguirá até a matriz. A Missa Solene, que terá início às 19h, será presidida pelo bispo auxiliar Dom Gilson Andrade da Silva.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑