Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 4 de junho de 2017

Infográfico mostra como vender mais nas festas juninas

Buscar o diferencial frente aos concorrentes e personalizar as redes sociais e sites são algumas das dicas para quem quer alavancar os negócios nos meses de junho e julho


Empreendedores podem consultar o infográfico online sobre como vender mais nas festas juninas.
Na Bahia, os meses de junho e julho são marcados pelas festas típicas em comemoração a Santo Antônio, São João e São Pedro e, também, pela oportunidade de incrementar os lucros dos negócios. Os segmentos de alimentação e moda são os mais impactados por esse período, em função da gama de bebidas, comidas e roupas características. O setor do turismo também se amplia com a procura por destinos para passeios e folia, sobretudo para cidades no interior do Estado que, tradicionalmente, têm alavancada a ocupação hoteleira. Para auxiliar os empreendedores neste período, o Sebrae disponibiliza um infográfico sobre Como vender mais nas festas juninas.

No caso de bares, lanchonetes e restaurantes, os empreendedores têm a opção de oferecer pratos à base de receitas tradicionais, como pamonha, canjica e iguarias com milho verde. “É importante analisar o desempenho da empresa nas festas juninas anteriores. Se foi observado um impacto grande nas suas vendas, é interessante oferecer pratos específicos, sobretudo em empresas localizadas em cidades onde há festas tradicionais e as pessoas costumam comprar alimentos”, explica o analista Diógenes Silva, da Unidade de Acesso a Mercado do Sebrae Bahia. Ele acredita ser válido manter um paralelo das novidades com o cardápio tradicional da empresa, para que os clientes que só visitaram o estabelecimento naquele momento possam conhecer mais e se tornarem fieis consumidores em outras oportunidades.

Para o analista, as chances de se destacar no período não se resumem aos municípios do interior com mais destaque no São João, como Cruz das Almas, Senhor do Bonfim e Amargosa. “Na capital, os festejos também se tornaram tradicionais em alguns bairros, entretendo aqueles que preferem permanecer na cidade ou que não tem tempo para passar as datas comemorativas no interior”, acrescenta. Para ele, os empresários devem estar atentos ao calendário de arraias, feiras nas praças de alimentação dos shoppings e outros espaços de Salvador, e se programarem. 

Buscar o diferencial frente aos concorrentes é uma boa opção, decorando a loja ou o stand de maneira criativa e atraente, dentro da temática junina, criando promoções específicas, adaptando e criando produtos. “Quem não tem loja física, mas está presente na internet, pode apostar na personalização das redes sociais e sites, usando a decoração do período para destacar ofertas, além de produzir conteúdo associando os produtos ou serviços com a festa”, sugere. O email marketing personalizado também é também uma alternativa para oferecer descontos especiais e atrair a clientela, desde que a lista seja de pessoas interessadas nos produtos e serviço, para não ser caracterizado como spam (publicidade negativa).

No item atendimento, Diógenes chama atenção para a questão de entender o que se vende, conhecendo o mix de produtos e dando sugestões precisas para quem está comprando. “Por isso, vale apena fazer um treinamento com a equipe específica para os produtos e serviços que crescem nas festas juninas”, acrescenta. A customização de uniformes com adereços que remetem ao momento funciona como uma estratégia eficiente e de baixo custo para se aproximar do público alvo, pois podem ser retirados após o período.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑