Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Passageiros podem obter Bilhete Avulso gratuitamente na Estação Pirajá

A partir do início de julho, integração só poderá ser feita com o cartão no equipamento de transbordo

Para permitir que mais usuários tenham acesso ao Bilhete Único, um posto do SalvadorCard montado na Estação Pirajá está distribuindo, gratuitamente, o cartão para ingresso no programa. Essa medida foi adotada para ampliar o número de passageiros participantes do Bilhete Único, que será a única forma de integração na Estação Pirajá a partir do dia 1º de julho, quando o local será aberto ao público, nos mesmos moldes da Estação da Lapa.  Ou seja, a partir desta data, quem chegar ao equipamento a pé, de ônibus ou de metrô não terá qualquer custo com o ingresso no terminal. 

Com isso, a integração entre os ônibus se dará somente através do SalvadorCard – que dá direito ao Bilhete Único. Hoje, o sistema de integração é realidade na rotina de 1,2 milhão de passageiros. Estima-se que 30% dos usuários de ônibus ainda não possuem um cartão do Salvador Card, que é o que dá direito ao sistema do Bilhete Único. Integram esse sistema, portanto, os cartões Bilhete Avulso (aquele que qualquer cidadão pode adquirir), o de Meia Passagem (concedido apenas a estudantes) e o Vale Transporte (destinado a funcionários). E é justamente o cartão Bilhete Avulso que está sendo distribuído, gratuitamente, em Pirajá.

Os interessados também podem adquirir o cartão do Bilhete Avulso em dos 172 pontos credenciados ou em nos outros quatro postos do SalvadorCard, localizados no Comércio, Shopping da Gente, Lapa, Cajazeiras, além das dez Prefeituras-Bairro. A lista de todos os locais está no site do SalvadorCard. O cartão é gratuito, mas é preciso carregá-lo, pela primeira vez, no valor de uma ou duas passagens de ônibus, que já ficam disponibilizadas para uso do passageiro, de modo imediato. É o passageiro quem definirá se ele precisará de uma ou duas passagens no ato da aquisição do cartão.

Nova utilização – Hoje, a Estação Pirajá funciona da seguinte forma: um passageiro que pega um ônibus em Cajazeiras, por exemplo, pode utilizar qualquer outro ônibus gratuitamente dentro da Estação Pirajá. No novo modelo, esse usuário poderá pegar o segundo ônibus gratuitamente apenas se tiver o Bilhete Único, num período inferior a duas horas, o que ampliará o sistema de integração entre os modais de transporte. Assim, para fazer a integração na estação de Pirajá, a exemplo do que ocorre na Lapa, o cidadão terá que utilizar o Bilhete Único.

Por mês, o sistema de transporte público realiza cerca de 25 milhões de viagens. Desse total, 4,1 milhões são de integração. “As pessoas estão cada vez mais utilizando o Bilhete Único para pegar um segundo ônibus sem pagar nada mais, o que facilita muito a vida das pessoas. Queremos estimular ainda mais isso”, afirma o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota. Ele explica que a Estação de Transbordo de Pirajá recebe, em média, 300 mil pessoas por dia. O equipamento é de responsabilidade da CCR Metrô, só que toda a operacionalização das linhas é feita pela da Prefeitura. 

Facilidades - O Bilhete Único integra o princípio de universalização do transporte público municipal. De posse deste cartão, o usuário pode acessar até dois ônibus com duas horas de intervalo, realizando a integração em qualquer localidade de Salvador. “Isso possibilita maior mobilidade ao cidadão, que não precisa mais ficar no ponto aguardando o ônibus específico para seu destino, estando apto a pegar um transporte intermediário até um ponto central, de onde poderá ingressar em outro veículo até seu trabalho ou escola, de forma rápida e eficaz”, ressalta Fábio Mota.

José Raimundo Santos, segurança, 41 anos, utiliza o sistema de integra há cinco meses e só vê vantagem. “O Bilhete Único é bom porque solto, pego outro ônibus e vou embora. Sem o bilhete eu pagava uma passagem, descia do ônibus e pegava outro pagando outra tarifa”, relembra. Outra usuária do sistema, a autônoma Leilane Chagas, 25 anos, aproveita as facilidades para fazer sobrar uma grana. “Acho maravilhoso. Ficou acessível para mim porque eu não preciso pegar duas passagens para ir para meu curso de técnica de enfermagem. Economizo bastante”, avaliou Leilane, que já utiliza o serviço há um ano.
  
Universalização -  Até 2013, a população era obrigada a enfrentar longas filas nos únicos três pontos do Salvador Card existentes até então - Comércio, Lapa e Iguatemi. Com as mudanças, o objetivo é universalizar o serviço. Através da expansão do sistema, é possível recarregar o cartão de casa ou em locais próximos à residência em um dos pontos da rede credenciada ou em uma das 42 máquinas situadas nas Prefeituras-Bairro, faculdades ou nos principais shoppings da cidade. É possível ainda utilizar o aplicativo KIM - que permite ao usuário recarregar via celular, computador ou tablet, usando como meios de pagamento cartões de crédito e débito, boleto ou transferência bancária.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑