Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 8 de julho de 2017

Projeto “Mulher com a palavra”, recebe Pitty


A roqueira baiana Pitty subirá ao palco do Teatro Castro Alves para conversar com o público sobre o tema Feminismo e Mídia, no projeto “Mulher com a palavra”, em 2017. O evento ocupará o palco do TCA, na próxima segunda-feira (10), às 20h00, com mediação da jornalista Rita Batista. O projeto “Mulher com a palavra” é uma parceria da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres e da Maré Produções Culturais, com patrocínio da Bahiagás e do Instituto Avon. 

A artista baiana tem mais de 20 anos de carreira e ficou nacionalmente conhecida já no contexto das novas mídias, com estreita relação com a internet, e de novos padrões do mercado fonográfico.  Pitty irá compartilhar com o público sua trajetória enquanto mulher profissional da música. Junto a isso, deve abordar a relação que vem estabelecendo com a mídia desde o lançamento de seus primeiros trabalhos até o momento atual, em que se tornou também apresentadora de um programa feminino de TV, o Saia Justa    

Em 2017, o “Mulher com a palavra” tem como proposta a inspiração para a transformação. O projeto é um espaço de reflexão sobre temas urgentes referentes ao empoderamento feminino, propondo e provocando a reflexão sobre questões políticas e comportamentais. “Esse é um projeto que dá voz às mulheres que são referência para tantas outras. São mulheres que se posicionam, se colocam e contribuem na luta pela equidade de gênero”, diz a secretária da SPM-BA, Julieta Palmeira. 

Idealizadora do projeto, a diretora da Maré Produções Culturais, Fernanda Bezerra, acrescenta que “espaços como o oferecido pelo projeto são vitais para a troca de experiências e reverberação de pensamentos sobre direitos sexuais e reprodutivos, igualdade racial, enfrentamento às violências de gênero, entre outros temas”. 

REFERÊNCIA NACIONAL
Pitty é hoje o principal nome do rock nacional, com uma carreira que começa na cena underground de Salvador e parte para o “mainstream” em São Paulo, com visibilidade para todo país. Em 2017, Pitty estreou como apresentadora no programa Saia Justa, do GNT, ao lado de Monica Martelli, Taís Araújo e Astrid Fontenelle.

São mais de 20 anos de trajetória na música, iniciada ainda nos anos 90, trabalhando em estúdios, seguindo para a lendária banda Inkoma, até chegar ao primeiro álbum solo Admirável Chip Novo (2002), seguido de Anacrônico (2005), o primeiro projeto ao vivo “{Des}Concerto” (2007).

Em fevereiro de 2008, Pitty ganha o prêmio inédito “Celular de Platina”, pela venda de mais de 200.000 aparelhos de celular Nokia/Motorola com o conteúdo do DVD “{Des}Concerto ao Vivo”. E mais um VMB na categoria “Melhor Show do Ano”. No ano seguinte a baiana lançou “Chiaroscuro” que trouxe o mega-hit “Me Adora”. Em seguida, saiu o DVD “Chioroscope”, um registro das gravações no estúdio Madeira e que rendeu o título de “Melhor DVD” no Premio Multishow de Música Brasileira de 2010.

Voltando ao cenário do emblemático Circo Voador no Rio de Janeiro, Pitty gravou em dezembro de 2010 o DVD ao vivo “A Trupe Delirante no Circo Voador” (Deck/2011). Nesse mesmo ano, ela ganhou o VMB na categoria “Rock”. No final de 2011 lançou, também pela Deck, o projeto Agridoce. Fruto de composições feitas despretensiosamente nos intervalos das turnês, o Agridoce traz a cantora no piano e o guitarrista Martin no violão. 

Em 2014, Pitty lançou o novo trabalho, o disco “SETEVIDAS” (Deck), que trouxe os sucessos “Um Leão”, a faixa-título, e “Serpente”. Pouco tempo depois, os registros em imagens, feitos pela cantora e o diretor Otávio Sousa durante as gravações no estúdio Madeira, chegaram ao público no DVD “Pela Fresta” (Deck). Em 2015, Pitty ganhou o Meus Prêmios Nick na categoria de Melhor Cantora.

A baiana é a segunda atração do Mulher com a Palavra, ano II, que teve sua primeira edição de 2017 com a cantora Marina Lima. Este ano haverá, ainda, outros dois encontros com nomes que estão em negociação. As cantoras Elza Soares, Zélia Duncan, Preta Gil e MC Carol, além da atriz e poeta Elisa Lucinda e da filósofa Marcia Tiburi foram nomes que já passaram pelo projeto. 

SERVIÇO
Mulher com a Palavra – Edição Maio 2017
“Feminismo e Mídia”, mediação de Rita Batista
Dia 10 de junho de 2017, às 20h00
Teatro Castro Alves
Ingressos à venda nas bilheterias do Teatro Castro Alves e pelo site www.ingressorapido.com.br :
R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑