Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Buscas serão retomadas na manhã desta terça-feira (29)

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), informa que as buscas a duas vítimas desaparecidas do acidente com a embarcação Cavalo Marinho I continuaram durante o final de semana (26 e 27) e durante todo o dia de hoje (28).  Ao todo, cerca de 110 militares, embarcados em três navios distritais e quatro embarcações da Capitania dos Portos da Bahia (CPBA), estiveram engajados na operação. Bombeiros militares, a bordo de lanchas da CPBA, também auxiliaram nas buscas, que continuam sendo realizadas em uma área com raio de cerca de 10 quilômetros em torno do local do sinistro.

No início da manhã de hoje, o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo do Leste (Salvamar Leste), operado pelo Com2ºDN em Salvador, recebeu a confirmação de que um corpo encontrado ontem (27), na localidade de Barra do Pote, a oito quilômetros do local do acidente, é de um dos passageiros desaparecidos da lancha Cavalo Marinho I. As buscas prosseguiram até o pôr do sol de hoje e serão retomadas na manhã desta terça-feira (29), tendo em vista que ainda há informação de uma vítima desaparecida.

Investigação

A Marinha do Brasil instaurou um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades pelo acidente. Ao longo do procedimento, serão realizadas perícias e ouvidas testemunhas, tripulantes, proprietários e passageiros da embarcação sinistrada. Desde a última sexta-feira, três equipes de peritos da MB já estiveram na embarcação, a última das quais composta por oficiais da Diretoria de Portos e Costas que chegaram ontem (28) a Salvador, oriundos do Rio de Janeiro.


Embarcação

As embarcações de transporte de passageiros devem ser inscritas junto à Autoridade Marítima para poderem operar. Para isso, o proprietário deverá apresentar à Capitania dos Portos laudo emitido por Engenheiro Naval, registrado no Conselho Regional e Engenharia e Agronomia (CREA) e acompanhado da competente Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), atestando que a embarcação está corretamente configurada para realizar, com segurança, a atividade a que se destina. 

A lancha Cavalo Marinho I está inscrita na CPBA, possui Certificado de Segurança da Navegação válido e passou por vistoria de equipamentos em abril de 2017. Foi construída em 1973 e está classificada para o transporte de até 160 passageiros. 

Fiscalização

A CPBA realiza diariamente ações de Inspeção Naval na Baía de Todos os Santos, inclusive em finais de semana e feriados. Nessas ações, os inspetores abordam as embarcações atracadas ou no mar e verificam diversos itens, como a conformidade documental, a tripulação, a lotação e a existência de equipamentos obrigatórios de segurança como coletes, sinalizadores, rádio, boias etc.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑