Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Caixa reduz teto de financiamento imobiliário para 80%

A Caixa Econômica Federal reduziu nesta quarta-feira os limites de financiamento imobiliário, apertando mais as condições para o setor que tem sofrido com escasseamento de recursos. O banco estatal, principal financiador para compra de imóveis do país, informou a agentes imobiliários que o teto financiável das principais linhas de crédito do banco caiu de 90% para 80%.

A medida atinge as linhas Minha Casa, Minha Vida, Pró-Cotista, que oferece juros menores a trabalhadores titulares de contas vinculadas ao FGTS, no financiamento imobiliário, e com recursos do FGTS (CCFGTS). O novo porcentual vale para imóveis financiados pela tabela SAC, a mais usada – modelo pelo qual os valores das prestações são decrescentes.

Já na tabela Price, com prestações constantes, a Caixa decidiu manter o teto no caso do programa Minha Casa, Minha Vida. Reduziu, entretanto, de 70% para 60% o limite para imóvel usado financiado pela linha Pró-Cotista e de 80% para 70% no financiamento de imóveis com recursos CCFGTS.

Consultada, a Caixa afirmou em comunicado que as medidas visam à adequação em relação à política de alocação de capital e que devem impactar menos de 10% dos clientes que procuram financiamento imobiliário no banco.

Em julho, a Caixa havia anunciado que a linha pró-cotista seria retomada apenas em 2018 – ela tinha sido suspensa em maio devido a falta de recursos.

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑