Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Hans Koch faz workshop no Centro de Formação em Artes

Hans Koch faz workshop no Centro de Formação em Artes

Suíço considerado um dos mais inovadores músicos de improviso da Europa encerra em Salvador uma turnê latina. Aula no CFA da Funceb acontece dia 25 de agosto, sexta-feira


Destaque no circuito europeu de jazz e improvisação, o suíço Hans Koch encerra em Salvador uma turnê que passa pela Argentina, Chile e Brasil. O artista irá apresentar o workshop Regência na Improvisação livre, na próxima sexta-feira, 25 de agosto, a partir das 16h30, na sede do Centro de Formação em Artes (CFA), da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). O acesso é gratuito para alunos do CFA e Rumpillezinho. A Funceb é uma unidade vinculada à Secretaria Estadual de Cultural (SecultBA).
  
Dando continuidade à escala na capital baiana, Hans Koch se apresenta no dia 26 de agosto (sábado), a partir das 20h, no Teatro do Goethe-Institut. O evento integra o Ciclo de Música Contemporânea, produzido pelo LowFi – Processos Criativos. Na ocasião, Koch estará acompanhado por Thomas Rohrer (rabeca, sax soprano) e Antonio Panda Gianfratti (percussão).

Coordenado pelo músico e educador baiano Edbrass Brasil, o LowFi – Processos Criativos atua desde 2013, promovendo ações de intercâmbio entre artistas locais e de outras partes do Brasil e do mundo, com enfoque na música experimental e sua relação com outras linguagens artísticas.


Sobre Hans Koch - Ele começou sua carreira como músico de orquestra clássica. Depois de sete anos, desistiu do gênero para estudar jazz e improvisação. Hoje ele é um dos mais inovadores músicos de improvisação na Europa. Desde 1980, além da cooperação regular com Martin Schütz, ele tocava e gravava discos com músicos famosos de jazz como Cecil Taylor e Paul Bley, e nomes da improvisação e jazz livre, como os ingleses Fred Frith, Barry Guy, Phil Minton, os americanos Butch Morris, Andrew Cyrille e Shelley Hirsch. A música de Hans Koch não conhece fronteiras. Ele trabalhava com percussionistas cubanos, DJs e computadores, e compôs músicas para peças e filmes.

Além disso, Koch recebeu várias bolsas, subsídios de trabalho, comissões, prêmios, e participou da gravação do Prêmio Cultura da cidade de Biel, na Suíça, em 1986 e 2002; o Music PrizeBerner; e o prêmio de música filme Bernese. Também participou de inúmeros projetos internacionais, como o Unity Orchestra Globe, a Band Europeia Cecil Taylor Big, a Barry Guy New Orchestra e o Ensemble d’Improvisateurs Européens. Sua discografia própria e a participação em gravações estão em mais de 80 discos. Mais informações do artista pelo site:  www.hansko.ch.


Thomas Rohrer – Suíço radicado há 20 anos no Brasil, seu trabalho é norteado pelo improviso, usando rabeca e sax soprano, e busca explorar as diferentes sonoridades dos instrumentos. Faz parte do Coletivo Abaetetuba, Black Cube SP com Rob Mazurek, Ponto Br e toca com Juçara Marçal. Parcerias com Hans Koch, Ute Wassermann, Philip Somervell, Marcio Mattos, Panda Gianfratti, John Edwards, Bella, Michael Vorfeld, Audrey Chen, Celio Barros, Terry Day, Phil Minton e Marina Tenório (dança), entre outros.

Antonio Panda Gianfratti – O duo de Thomas Rohrer com o brasileiro Panda Gianfratti começou em 2005 e segue até hoje. Essa parceria resultou em alguns CDs e, desde 2008, esporadicamente se junta a eles o suíço Hans Koch. Gravaram o CD Äicó, lançado pela gravadora portuguesa CreativeSources.

No Brasil, o encontro deste trio gerou, além de apresentações no eixo Rio-São Paulo, uma série de apresentações e oficinas no Nordeste, como na Universidade Federal da Paraíba, Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (Recife), Sesc de Crato no Ceará e na Fundação Casa Grande em Nova Olinda/Ceará.


LowFi – Processos Criativos: É uma Plataforma que atua desde 2013 promovendo ações de intercâmbio entre artistas locais e de outras partes do Brasil e do mundo, com enfoque na música experimental e sua relação com outras linguagens artísticas. Desde 2015, integra e colabora com o Sê-lo! – gravadora fonográfica voltada para lançamentos de artistas ligados à arte sonora, improvisação livre e outras expressões da “Avant Garde” Music. Em 2016, o projeto se voltou para a realização de shows internacionais e workshops, a exemplo dos concertos da lenda viva do free jazz europeu Peter Brotzmann (FullBlast) no Teatro do Goethe-Institut Salvador-Bahia, do norte-americano Lee Ranaldo (ex-SonicYouth), em um show histórico no Cine Teatro Solar Boa Vista. Além disso, recebeu o baixista belga Peter Jacquemym, que apresentou um concerto solo, improvisou com músicos locais e ministrou um workshop para os alunos do Projeto Rumpillezinho.



SERVIÇO:

Ciclo de Música Contemporânea apresenta:

workshop com Hans Koch, Thomas Rohrer e Antonio Panda Gianfratti

Quando: 25 de agosto (sexta), 16h30
Onde: Centro de Formação em Artes – (CFA-Funceb) – Rua do Bispo 29/31, Pelourinho
Quanto: R$30
Realização: LowFi – Processos Criativos
Parceiros: HarmonipanStudios, Flotar (Programa de Mobilidade Artística)
Inscrições: 71 99218- 7284 (whatsapp) ou email: se.lo.sons@gmail.com

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑