Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Mais de 70% dos brasileiros buscam alimentação saudável

No mês do nutricionista, comemorado no dia 31, especialista fala sobre as mudanças e a importância da nutrição adequada


Os hábitos alimentares sofreram alterações nos últimos anos. De acordo com o estudo realizado pela Mintel, fornecedora global de pesquisa de mercado, 76% dos brasileiros estão priorizando alimentos mais saudáveis na hora das compras. “A nossa expectativa de vida está crescendo e este é o reflexo da busca pela qualidade de vida, que tem colocado a nutrição de qualidade em primeiro lugar”, revela Sandra Cardoso, nutricionista do Plano Ambulatorial Boa Saúde.

Segundo a especialista, as pessoas nunca levaram tão a sério o ditado que “a gente é o come” e estão descobrindo que é possível se alimentar de forma saudável e prazerosa. Cada vez mais esquecidas nas prateleiras, as opções industrializadas, acrescidas de aditivos, como os corantes, aromatizantes artificiais e conservantes, na sua maioria com elevado teor de sódio, açúcar e gorduras, abrem espaço para os alimentos naturais, orgânicos e integrais.

Adotar um estilo de vida saudável, aliado à prática de atividades físicas e exames de rotina, garante benefícios físicos e mentais para a população. A última Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE aponta que 70% das causas de morte no país estão associadas a fatores de risco modificáveis, como o tabagismo, sedentarismo, excesso de peso e má alimentação. “Nada melhor do que os cuidados preventivos para evitar as Doenças Crônicas Não Transmissíveis - DCNT, como a hipertensão arterial, obesidade, diabetes de mellitus, que podem evoluir para  complicações  mais graves”, explica a nutricionista.

A mudança alimentar interfere diretamente na saúde e qualidade de vida, mas engana-se quem pensa que saber escolher os alimentos é tudo. “Precisamos ficar atentos  a pontos extremamente importantes para nossa saúde: o horário das refeições, mastigar bem os alimentos e a ingestão de água.  São hábitos básicos, mas que, com a correria do dia-dia, acabamos deixando de lado”, ressalta Sandra Cardoso.

Check-up periódico

Para manter a saúde em dia são fundamentais as consultas de rotina e check-ups anuais. Mas, com a atual situação econômica do país, muitas pessoas estão sem poder investir em assistência médica. Uma opção em Salvador, para quem está vivenciando este momento de instabilidade financeira, é o Plano Ambulatorial Boa Saúde, que chega a ser 70% mais barato do que os planos de cobertura completa.

O Boa Saúde possui clínica própria com 18 especialidades médicas e uma não médica, que é a nutrição, ambas exclusivas para seus associados, além de uma rede credenciada com mais de 50 unidades vinculadas. Contempla consultas ilimitadas, em todas as especialidades, exames, pequenos procedimentos cirúrgicos, serviços de emergência e urgência para atendimentos com observação de até 12 horas, dentre outros serviços. O plano pode ser do tipo individual, familiar e coletivo empresarial. O segmento ambulatorial não contempla cirurgias e internações em âmbito hospitalar. Essa condição é regulada pela ANS.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑