Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

5 motivos para customizar suas roupas


Em um mundo marcado pelo incentivo ao consumo desenfreado, vestir-se bem parece não ser uma tarefa das mais simples. Estar alinhado às tendências da moda exige certa dedicação e, principalmente, um gasto considerado alto por muitos. No entanto, de uns anos para cá, um novo tipo de serviço vem ganhando espaço entre os consumidores: a customização de roupas, que, além de custar menos, está alinhada às práticas sustentáveis – afinal, reaproveitar as peças do vestuário combate diretamente a produção de lixo e a poluição.



Em um mundo marcado pelo capitalismo e pelo incentivo ao consumo desenfreado, vestir-se bem parece não ser uma tarefa das mais simples. Estar alinhado às tendências da moda exige certa dedicação e, principalmente, um gasto considerado alto por muitos. No entanto, de uns anos para cá, um novo tipo de serviço vem ganhando espaço entre os consumidores: a customização de roupas, que, além de custar menos, está alinhada às práticas sustentáveis – afinal, reaproveitar as peças do vestuário combate diretamente a produção de lixo e a poluição.

Vivemos um momento em que as pessoas parecem estar mais preocupadas com o que consomem. Felizmente, usar peças de origem conhecida e se preocupar com o futuro do planeta até na hora de se vestir são atitudes cada vez mais presentes no nosso cotidiano. Abaixo, citamos outros motivos que fazem da customização de roupas uma tendência do mundo da moda:

1. Vestir peças exclusivas
São inúmeras as possibilidades que a transformação de peças pode trazer. A camisa de um pai, por exemplo, pode virar um lindo vestido para a filha. Já uma calça jeans antiga pode ser reaproveitada e se tornar uma saia extremamente moderna. Essa é uma excelente maneira de fugir das peças feitas em série e garantir roupas únicas, exclusivas e cheias de estilo;

2. Estar na moda, gastando menos
Somos muito ligados às tendências, e elas mudam a cada estação. Customizar é uma maneira pessoal e exclusiva de atualizar as roupas de acordo com o momento da moda ou, ainda, fazer delas peças clássicas e atemporais. Sem falar que todas essas possibilidades evitam gastos com uma nova peça;

3. Consumir mais conscientemente
O chamado “fast fashion” (moda rápida e descartável) cobra um preço muito alto dos trabalhadores envolvidos no processo e dos bens naturais utilizados na produção. Por isso, quando evitamos esse modelo, que incentiva o consumo desenfreado, e nos contentamos em criar possibilidades com as roupas que já temos, contribuímos com o rompimento desse ciclo;

4. Contribuir para a diminuição da poluição
De acordo com pesquisa realizada pela Wrap Research, do Reino Unido, com o aumento de apenas três meses na vida útil de uma peça de roupa, é possível proporcionar uma redução de 5% a 10% na pegada de carbono, água e resíduos. Não esqueça que uma roupa não é apenas uma peça e que, para a confecção dela, foram necessários recursos naturais e esforços de trabalho;

5. Viver uma vida sustentável
Estamos passando por um momento em que as pessoas buscam uma vida mais natural, cada vez mais preocupados com a origem do que comemos e do que vestimos. Essa mudança de consciência faz parte de uma vida mais sustentável e preocupada com o futuro do planeta. E as roupas que vestimos comunicam exatamente isso. Quando o consumidor opta com consertar, transformar ou customizar em vez de comprar outra peça, ele faz também uma escolha de estilo de vida.

* Juliana Falleiros é gerente de parcerias da Arranjos Express, empresa especializada em conserto e customização de roupas (www.arranjosexpress.com.br).


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑