Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Baiana Maria Menezes vence na estreia do 33º Bahia Juniors Cup

Baiana Maria Menezes vence na estreia do 33º Bahia Juniors Cup e, com 14 anos, marca seus primeiros pontos no ranking mundial

Tenista já busca vaga nas quartas nesta terça-feira contra portuguesa 3ª favorita; Filho de baiana, tenista suíço retorna ao torneio após três anos e como segundo favorito avança às oitavas de final.  


Depois da chuva atrapalhar a programação no período da tarde por cerca de duas horas, a baiana Maria Menezes, de apenas 14 anos, entrou em quadra no começo da noite desta segunda-feira e conquistou, na 33ª edição do Bahia Juniors Cup, sua primeira vitória em torneios mundiais garantindo seus primeiros pontos no ranking da Federação Internacional de Tênis. A competição juvenil na capital baiana é a maior do Norte/Nordeste, evento Grau 3 em pontuação, terceiro mais valioso do país que é jogado no Clube Bahiano de Tênis. A entrada do público é gratuita no evento que encerra as comemorações do Centenário do clube.

A jovem tenista atleta do clube e campeã em 2015 na categoria 14 anos quando tinha apenas 12 derrubou a brasileira Maria Vitória Salomão com parciais de 6/2 6/0: "O principal foi que eu entrei pensando em jogar bem e não ganhar, ter aquela pressão de vencer, entrei bem solta, daí meu jogo foi fluindo, comecei um pouco tensa só, saí 2/0 abaixo e depois consegui encaixar bem meu jogo", disse a tenista que celebrou seus primeiros pontos no ranking mundial: "Importante, posso entrar em alguns torneios a partir de agora, é bom, estou feliz".

Sua rival será a portuguesa Rebeca Silva, terceira favorita ao título, já nesta terça-feira a partir das 14h: "Ela joga super bem, já treinamos juntas, nossos pais se dão super bem, ela é cabeça de chave, é favorita, vou entrar como hoje, só pensando em jogar bem, solta e buscando o meu melhor".

Maria esteve ano passado entre as seis melhores continente sul-americano nos 14 anos e disputou o Sul-Americano e o Mundial da categoria pelo Brasil.

O dia foi bom para os baianos. Na categoria 16 anos, Gustavo Schwebel venceu Lucca Penteado por 6/4 7/5 e avançou para encarar Lucas atista, sexto favorito, nas oitavas de final.

Filho de mãe baiana, favorito suíço avança sem sustos - Pela segunda vez Aaron Schmid está na disputa do Bahia Juniors Cup. Ele marcou presença com apenas 14 anos perdendo na estreia em 2014 e retornou três anos depois como o segundo favorito ao troféu e estreou com o pé direito na quadra 2 do Clube Bahiano de Tênis aplicando um duplo 6/1 no brasileiro Pedro Maciel.

"Foi um pouco difícil pois deveria jogar 14h 15h, e por conta da chuva só entrei pelas 17h30, 18h, estava meio que dormindo no início, mas depois dos primeiros games foi bem positivo, consegui sacar bem, dei uns 10 aces e bem legal", disse o jogador que elogiou a organização e evolução do torneio que em 2015 voltou a ser disputado na casa onde nasceu, no Clube Bahiano de Tênis. Ele esteve na competição atuando em 2014 com apenas 14 anos.

"Aqui é muito melhor, a superfície é bem boa, no outro local era bem mais rápida. É incrível estar aqui, a organização é muito boa".

O retorno do tenista não é por acaso, sua origem é de Salvador. Aaron nasceu e mora próximo de Lausanne, na Suíça, mas vem pelo menos duas vezes ao ano para a Bahia. Sua mãe, Cássia, é baiana, nasceu em Salvador e tem uma casa em Itapoan onde até hoje mora sua avó: "Venho duas vezes por ano, minha avó tem casa aqui em Itapoan, ela me ensinou um pouco de português, sei falar algumas frases, não muitas. Quando venho ao Brasil sempre venho pra cá, é perfeito pra mim, posso sim dizer que tenho um segundo coração brasileiro, baiano", seguiu o tenista que apesar de suíço coloca Roger Federer entre os maiores ídolos, mas não no topo

"Eu amo o americano James Blake (foi tp 4), vejo algumas coisas que faço no jogo dele,claro que o Roger Federer é meu ídolo também e curto muito o Gael Monfils, é um showman e é negro como eu".

O próximo rival de Aaron será o brasileiro Matheus Queiroz que passou por Pedro Batistella por 6/4 6/2.

A programação desta terça-feira larga às 9h nos torneios de 14 e 16 anos e a partir das 10h na categoria principal. No masculino será completada a primeira rodada e no feminino será realizada a segunda rodada valendo vaga nas quartas de final.

Tradição de revelar grandes talentos. Gustavo Kuerten já disputou torneio e fez final contra baiano - O Bahia Juniors Cup tem tradição de revelar grandes talentos do esporte do país. Pelo evento, que acontece desde 1985, já passaram nomes como Gustavo Kuerten, campeão na categoria 16 anos derrotando no terceiro set o baiano Duda Catharino Gordinho, Fernando Meligeni, Teliana Pereira, o atual número 1 do mundo e campeão de Wimbledon, Marcelo Melo Jaime Oncins, Flavio Saretta, André Sá, entre outros.

Ano passado os dois campeões foram brasileiros, Thiago Wild e Thaísa Pedretti, e fizeram bons papeis nos Grand Slams em 2017. Wild fez quartas em Roland Garros, ganhou importante torneio na Itália, em Santa Croce, e fez semi de duplas do US Open se consolidando entre os 20 melhores juniores do planeta e Pedretti passou rodada em Wimbledon entrando no top 50 da categoria. Participante em 2015, Felipe Meligeni foi campeão de duplas do US Open ano passado e campeão Sul-Americano na Argentina, e hoje já soma seus primeiros pontos no profissional assim como Wild e Pedretti.

Resultados de momento desta Segunda-Feira (25/09):

Masculino - 18 anos

(1) João Lucas Reis (BRA) 2x0 (Q) Lucas Gessner (BRA) 6/1 6/1

(2) Aaron Schmid (SUI) 2x0 Pedro Maciel (BRA) 6/1 6/1

(4) Boruch Skierkier (ARG) 2x0 Miguel Froelich (BRA) 6/1 6/2

(6) Pedro Cordeiro (BRA) 2x1 João Gianella (BRA) 6/1 4/6 7/5

(7) Santiago La Fuente (ARG) 2x0 Miguel Danelon (BRA) 6/0 7/5

(8) Mateo Reyes (BRA) 2x0 Feipe Ferreira (BRA) 6/4 6/2

Matheus Queiroz (BRA) 2x0 (q) Pedro Batistella (BRA) 6/2 6/3

Arthur Toledo (BRA) 2x0 Rodolfo Hasegawa (BRA) 6/0 6/3

Rafael Marques (BRA) 2x1 Lucas Ribeiro Dini (BRA) 6/4 2/6 6/1

Victor Pilla (BRA) 2x1 Eduardo Lobo (BRA) 7/6 (7/2) 4/6 6/4

Lucca Silva (BRA) 2x1 Nino Portugal (BRA) 4/6 6/2 6/1

Rodrigo Carvalho (BRA) 2x0 Matheus Correa (BRA) 6/0 6/3

Feminino - 18 anos

Maria Menezes (BRA) 2x0 Maria Salomão (BRA) 6/2 6/0

Julia Klimovicz (BRA) 2x0 Giulia Spicacci (BRA) 6/1 6/0

Mariana Borges (BRA) 2x0 Zoe Correa (CAN) 6/4 6/2

Giulia Aguiar (BRA) 2x0 Alina Pereira (BRA) 6/1 6/0

Ana Clara Zaidan (BRA) 2x0 Victoria Itto (BRA) 6/2 6/0

16 anos - Masculino

Gustavo Schwebel (BRA) 2x0 Lucca Penteado (BRA) 6/4 7/5

Gabriel Generoso (BRA) 2x1 Lucas Britto (BRA) 5/7 6/4 6/0

Pedro Cardoso (BRA) 2x0 Roberto Cotrim Neto (BRA) 6/3 6/2

Luis Reis (BRA) 2x0 Arthur Hernandes (BRA) 6/0 6/3

Felipe Del Porto (BRA) 2x1 Ernani Neto (BRA) 6/7 (7/4) 7/5 6/0

14 anos

Breno Rossetto (BRA) 2x0 Aleksandro Rodrigues (BRA) 2/6 6/0 6/4

José Neto (BRA) 2x0 Thomas Arnold (BRA) 6/3 6/0

Victor Alves (BRA) 2x0 João Farinon (BRA) 6/1 6/0

Augusto Santos (BRA) 2x0 Thomas Kano (BRA) 6/1 6/1

Breno Maciel (BRA) 2x1 Diogo Amaro (BRA) 6/3 2/6 6/1

Programação Terça-Feira (26/09):

Quadra 1

10h - (5) Facundo Tumosa (ARG) x Danilo Pauli Jr. (BRA)

A Seguir - (Q) Raí Araújo (BRA) x Milledge Cossu (EUA)

12h30 - (3) Diego Padilha (BRA) x Leonardo Frederico (BRA)

A Seguir - (3) Rebeca Silva (POR) x Maria Menezes (BRA)

15h - Pedro Batistella/Danilo Pauli Jr. (BRA) x Miguel Froelich/Victor Pilla (BRA)

17h - Natan Rodrigues (BRA) x Bruno Oliveira (BRA)

A Seguir - Giulia Aguiar/Julia Klimowicz (BRA) x Zoe Correa/Julia Almeida (CAN/BRA)

Não antes das 19h - Natan Rodrigues/Bruno Oliveira (BRA) x Eduardo Almeida/João Gianella (BRA)

Quadra 2

10h - Thaís Andreotti (BRA) x Thassane Abrahim (BRA)

A Seguir - (7) Andressa Gomes (BRA) x Mariane Lima (BRA)

12h30 - (2) Romina Ccuno (PER) x Ana Clara Zaidan (BRA)

A Seguir - (1) Nathalia Gasparin (BRA) x Mariana Borges (BRA)

Não antes das 15h - Gustavo Campos/João Guariente (BRA) x (2) Boruch Skierkier/Santiago La Fuente (ARG)

A Seguir - (3) Facundo Tumosa/Milledge Cossu (ARG/EUA) x Rodrigo Carvalho/Lucas Dini (BRA)

Não antes das 17h30 - (1) Mateo Reyes/Diego Padilha (BRA) x Pedro Maciel/Artur Toledo (BRA)

Quadra 3

10h - (6) Isabella Ciacanglini (BOL) x Julia Almeida (BRA)

A Seguir - Giulia Aguiar (BRA) x (4) Maria Jardim (BRA)

12h30 - (5) Raissa Wagner (BRA) x Julia Klimowicz (BRA)

A Seguir - Matheus Correa/Enzo Marceschi (BRA) x Pedro Cordeiro/Matheus Queiroz (BRA)

Não antes das 15h - Raí Araújo/Miguel Danelon (BRA) x Lucas Gessner/Rodolfo Hasegawa (BRA)

A Seguir - Felipe Ferreira/Leonardo Frederico (BRA) x Rafael Marques/Lucca Silva (BRA)

Não antes das 17h30 - Isabella Ciacanglini/Maria Menezes (BOL/BRA) x Alina Pereira/Giulia Spicacci (BRA)

A 33ª edição do Bahia Juniors Cup Bahia Juniors Cup conta com os patrocínio do Governo do estado da Bahia pela Sudesb e da Construtora Moura Dubeux e apoio da Gatorade, Cassi Turismo e Águas Meleva. O evento é chancelado pela Federação Bahiana de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e Confederação Sul-Americana de Tênis, o Cosat.

Serviço:

Quando: 23 até 30 de Setembro

Onde: Clube Bahiano de Tênis

Endereço: R. Oito de Dezembro, 525 - Barra, Salvador - BA

Entrada Gratuita

Horário de Início de Segunda até Quinta-Feira: 9h

Rodada Noturna a partir das 17h até quinta-feira, dia 28 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑