Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Ganhadeiras de Itapuã abrem programação de aniversário da Casa da Música

Em 2017, a Casa da Música completa 24 anos. Essa idade representa a construção de um lugar que está em constante transformação e que atua sempre através do diálogo com sua comunidade. De um local destinado à preservação da memória da música na Bahia, hoje o espaço tem uma programação que transversaliza cultura, ecologia e responsabilidade social. Portanto, durante todo o mês de setembro, o espaço proporciona ao público uma programação inteiramente gratuita de celebração à data com a ocupação do Parque do Abaeté, um dos principais cartões postais de Salvador.

Nesta quarta-feira (6), às 18h, o Luau Viva o Abaeté abre a programação especial com as apresentações de Mateus Aleluia, as Ganhadeiras de Itapuã e Roberto Mendes. Às margens da Lagoa do Abaeté, ao brilho do luar, o público vai curtir toda a potência e riqueza do samba e da música popular brasileira.

As Ganhadeiras de Itapuã nasce do desejo de manter acesos os costumes e tradições desse tradicional bairro de Salvador. O premiado grupo é composto por músicos, crianças e senhoras, que ganharam esse nome por homenagear as mulheres rendeiras do final do século XIX e início do XIX, através de cantigas e sambas de rodas.

O compositor, cantor e instrumentista Mateus Aleluia é remanescente do grupo vocal Os Tincoãs, que trabalhou o sentimento ancestral do perfil cultural da região de Cachoeira através da música. Esta mescla de cultura responsável pela amálgama dos hábitos do município explodiu através do grupo em sua fase afrobarroca, sintetizado em cinco LPs, quatro compactos e algumas participações especiais.

Natural de Santo Amaro da Purificação, Roberto Mendes estuda o samba chula há mais de três décadas. Já lançou nove CD’s e tem músicas gravadas por diversos nomes da MPB, entre os quais, Gal Costa, Margareth Menezes, Daniela Mercury, Maria Creuza, Raimundo Sodré e Zezé Motta. Muitas músicas de Bethânia, inclusive, são composições dele, a exemplo de “Filosofia pura”, “A bela e o mar”, “Vida vã” e “Vila do adeus”.

Um mês de celebrações

Além do Luau, a Casa da Música preparou diversas atividades de aniversário ao longo do mês de setembro. O Sarau de Itapuã – evento que acontece há dez anos, quinzenalmente, às segundas-feiras – recebe diversos convidados no dia 18 de setembro, a partir das 18h.

No dia 22, a partir das 9h30, a Casa da Música forma uma ala dentro do Desfile Cultural da Primavera, que no passado embelezava a orla de Itapuã com a participação dos moradores que acompanhavam com aplausos. No mesmo dia, às 18h, acontece a Fogueira Filosófica - Antigas Serestas da Lagoa do Abaeté, que conta com a participação de alunos dos cursos da Casa da Música em uma apresentação aberta para todo o público.

A Caminhada Viva o Abaeté acontece no dia 23, às 7h, como um convite a compartilhar vivências no ecossistema de dunas e lagoas da APA Abaeté, com performances culturais e orientações sobre a trilha e o meio ambiente local. Mais tarde, às 14h, o professor Juracy Costa promove a palestra “A Educação Através do Xadrez - Benefícios Para A Saúde, Diversão e Ocupação para as crianças”.

Para finalizar, no último sábado de setembro, dia 30, acontece uma edição especial da Sabadeira Musicada na Casa da Música, a partir das 14h.

Sobre o espaço cultural

“O Museu da Imagem e do Som do Abaeté” era o título do projeto inicial da Casa da Música, inaugurada em 3 de setembro de 1993. Situada numa Área de Proteção Ambiental, o Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté, a Casa atua recebe atividades artísticas de diversas linguagens. O Espaço realiza exposições temporárias, saraus e bate-papos musicados, sempre com temas ligados à música e a preservação do complexo do Abaeté. Além destes eventos culturais, o Espaço oferece oficinas gratuitas para a comunidade.

A Casa da Música é um dos dezessete espaços culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), através da Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), que tem como principais desafios fomentar a produção cultural da comunidade e contribuir para a democratização do acesso à cultura.


Fonte: Ascom/Secult

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑