Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Osba vai do clássico ao funk em duas sessões do concerto 'Bach Eterno'

Na véspera do seu aniversário de 35 anos, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) retorna com uma nova edição da Série Myriam Fraga, com um programa inusitado que proporciona o diálogo da obra de Bach com o funk de Mc Fióti. Esse encontro acontece no concerto “Bach Eterno”, que a Osba apresenta nesta sexta-feira (29), com sessões às 17h e às 19h, no Goethe-Institut Salvador/ICBA (Corredor da Vitória). A apresentação terá regência do maestro Carlos Prazeres e traz o músico Lucas Robatto (flauta) como solista. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e as vendas acontecem somente no dia do espetáculo, a partir das 16h, na própria bilheteria do Goethe-Institut.

Bach eterno

A ideia do concerto é realizar um passeio musical por obras de diversos compositores, com o objetivo de mostrar que a obra do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750) é capaz de atravessar séculos e gerações de compositores. O repertório parte justamente da “Suíte nº 2 em Si menor, BWV 1067”, composição desse mestre da música, passando por outras obras influenciadas pelo compositor alemão, como Ricercar à 6, do austríaco Anton Webern (1883-1945); o “Prelúdio" da Bachianas nº 4, de Heitor Villa-Lobos (1887-1959) Collage Uber Bach, do estoniano Arvo Pärt (1935); Iakissoba, do baiano Paulo Costa Lima (1954), até chegar ao funk “Bumbum Tamtam”, sucesso do artista MC Fióti e que utiliza a “Partita em Lá Menor”, peça de Bach para flauta solo.


Fonte: Ascom/Osba

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑