Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Impacto da Bandeira Vermelha 2 pode ser reduzido

Impacto da Bandeira Vermelha 2 pode ser amenizado com projeto de troca de resíduos por desconto na conta de energia


Com a entrada em vigor da bandeira tarifária vermelha 2, toda oportunidade de redução na conta de energia é valida. Como forma de compensar a cobrança extra de R$ 3,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, os clientes podem buscar alternativas para minimizar o impacto na conta. Além das tradicionais dicas de economia, a Coelba, empresa do Grupo Neoenergia, oferece ainda a possibilidade de troca de resíduos recicláveis por descontos na conta de energia. O Projeto Vale Luz Coelba recebe o material em troca de  descontos já na próxima fatura. Atualmente, a Concessionária  mantém dois pontos fixos de coleta, onde os clientes podem obter os benefícios. Um no Salvador Shopping e outro no Salvador Norte Shopping. A iniciativa integra o Programa de Eficiência Energética, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Além dos contêineres fixos nos estacionamentos dos dois Shoppings, a iniciativa conta com postos itinerantes de troca espalhados por Salvador e Região Metropolitana. A cada dia, cinco tendas são montadas em diferentes locais de grande circulação. O roteiro mensal é encontrado no site www.coelba.com.br, na aba dos projetos de Eficiência Energética. Também é possível saber onde estão as tendas através do telefone do  Vale Luz: (71) 3555-3370.

​​Criado em 2008, o Vale Luz também permanece atuando em comunidades de baixa renda em Salvador. Nessas localidades, um caminhão faz a visita quinzenal para recolher os resíduos.

São aceitos para troca, produtos como metal (latas de alumínio e ferro), papel (papel branco, revista, jornal, panfleto), papelão e plásticos (garrafas pet, embalagens de detergente e produtos de higiene). Alguns cuidados devem ser tomados no momento da coleta. Papéis e plásticos, por exemplo, não podem estar sujos ou molhados. Também não devem estar amassados e as caixas de papelão devem estar desmontadas. No caso das latas de alumínio, devem estar sem areia, pedra ou materiais que comprometam a pesagem e, se possível, devem também estar achatadas.

No mês de setembro, a Coelba passou a recolher, nos postos fixos de troca, óleo de cozinha usado. São aceitos todos os óleos vegetais como óleo de soja, canola,  girassol, gergelim, amendoim, de milho, óleo de coco, de algodão e  mamona, além de azeite de oliva e azeite de dendê.

Após utilizar o óleo, é necessário deixá-lo esfriar completamente.  O armazenamento deve ser feito garrafa PET transparente de refrigerante ou água. Outra orientação é usar um funil para facilitar a entrada do óleo na garrafa e um coador plástico para evitar despejar resíduos de alimento.
Aplicativo

A Coelba disponibiliza o aplicativo gratuito, Vale Luz Cliente, para smartphones (disponível para os sistemas Android, IOS e Windows ).  É preciso realizar um cadastro com número da Conta Contrato de energia, endereço, e-mail e telefone de contato. É possível cadastrar até duas contas contrato por CPF. O cliente poderá participar do Vale Luz utilizando o aplicativo após a validação do cadastro, informada através do e-mail.

Após validação do cadastro, o cliente que for realizar a troca utilizando o aplicativo não precisará apresentar a conta de energia no local em que deixar os resíduos. Basta informar o número do CPF, entregar os resíduos e, após pesagem, acompanhar o valor a ser creditado na conta de energia pelo próprio aplicativo. 

Estão disponíveis no aplicativo Vale Luz as seguintes funcionalidades: 
Informação da localização e status de funcionamento de todos os pontos de coleta (Aberto ou Fechado);

Informações dos  materiais recebidos e preços praticados;
Acompanhamento dos créditos gerados mensalmente através da entrega dos resíduos para desconto na conta de energia.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑