Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Livro é presente educativo e mais em conta para o Dia das Crianças

Advogado tributarista explica que a opção educativa tem as menores taxas tributárias, se comparada a outros presentes vendidos nesta época do ano




​Ilustração

O Dia das Crianças está próximo e presentear os pequenos é uma tradição entre os brasileiros. Para os pais, avós e familiares que desejam aliar os presentes à educação, além de evitar valores abusivos com mimos caros, principalmente em tempos de crise, o livro pode ser uma opção em conta e, ao mesmo tempo, educativa. De acordo com o advogado tributarista, Gutemberg Barros, os encargos que incidem sobre o valor desses produtos são menores consideravelmente, atingindo 15,52%, contra mais de 70% cobrados em alguns brinquedos. Por outro lado, os eletrônicos são os campeões em tributos.

O especialista esclarece que “os tributos sobre os livros se referem apenas aos encargos sobre a folha de pagamento e lucro da venda. Por outro lado, os itens que chamam a atenção da garotada, a exemplo de games e produtos importados, incluem tributos como PIS/Cofins, ICMS, IPI e imposto de importação, que serão destinados aos cofres públicos. Por isso, são mais caros. E o Brasil é um dos países com a maior carga tributária do mundo”.

Dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) confirmam que os itens mais comercializados nesse período são os equipamentos eletrônicos, como o videogame, que possui em seu valor mais de 70% dos impostos. Na sequência, aparece o tênis importado (58,59%), patins (52,78%), aparelho MP3 ou iPOD (49,45%), celular (39,80%), dentre outros.

O advogado afirma que a alta incidência de carga tributária ocorre devido ao que o IBPT chama de ‘princípio de seletividade’. “Grandes alíquotas são destinadas aos produtos de menos importância ao consumidor, o que chamamos de supérfluo. Portanto, pais e familiares que quiserem agradar a criançada devem preparar o bolso ou pesquisar muito bem antes de comprar”, conclui.

Fique de olho no imposto!

Aparelho MP3 ou iPOD
49,45%
Bicicleta
45,93%
Bola de futebol
48,49%
Brinquedos
39,70%
Computador acima de R$ 3.000
33,62%
Computador até R$ 3.000
24,30%
Guitarra
39,06%
Jogos Vídeo Game
72,18%
Livros
15,52%
Mochilas
39,62%
Patins
52,78%
Playstation 
72,18%
Roupas
34,67%
Sapatos
36,17%
Celular
39,80%
Tênis Importado
58,59%
Urso de pelúcia
29,92%

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑