Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

UFBA pede investigação sobre tentativa de fraude a concurso

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), deflragrou nova fase da Operação Gabarito, que investiga uma rede especializada na venda de gabaritos e provas de concursos realizados em todo o país. 

Um suposto esquema de fraude no concurso público para servidor técnico-administrativo da Universidade Federal da Bahia (Ufba), veio à tona esta semana. 

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) informou que pediu à Polícia Federal que investigue a informação que vem circulando nos últimos meses sobre uma suposta tentativa de fraude ao concurso com 264 vagas e salários de até R$ 8,3 mil que tem como finalidade contratar servidores técnico-administrativo. As provas estão marcadas para acontecer no domingo (29).

O relatório de investigação, com 312 páginas e mais de 8600 arquivos digitais analisados, foi entregue pela Delegacia de Defraudações e Falsificações da Paraíba à Justiça, como um balanço geral da "Operação Gabarito", deflagrada para desarticular o grupo criminoso.
"Desde o seu início, operação foi pensada, foi direcionada, para a organização criminosa. Então, normalmente, quando são identificados os candidatos fraudando concursos públicos eles são penalizados. Desde maio, eles já estavam negociando vagas nesses concursos, dentre eles o concurso da UFBA" disse o delegado Lucas Sá, que investiga o caso.

Um dos alvos dos criminosos foi o concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), cujas provas foram descobertas por meio de conversas no WhatsApp envolvendo um dos líderes da organização. 

Outras conversas interceptadas apontam que a quadrilha também atuaria na prova da Ufba, em Salvador. As denúncias estão sendo investigadas pela Polícia Federal e a Procuradoria Geral da República. 

Até o momento, o concurso está mantido para este domingo, 29, com a participação de 72.066 candidatos. A Ufba solicitou à empresa responsável pelo concurso, a AOCP, que acione o jurídico e tome as medidas necessárias durante as provas. 




0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑