Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 25 de novembro de 2017

Ator Pedro Cardoso deixa transmissão ao vivo e se junta a grevistas da EBC

Ator se desculpou com os convidados do programa e com a apresentadora antes de deixar estúdio

Jornal do Brasil - 



O ator Pedro Cardoso deixou nesta quinta-feira (23) a transmissão ao vivo do programa Sem Censura, exibido pela TV Brasil e se juntou em apoio aos funcionários da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), que estão em greve. 

O programa era gravado para divulgar o romance Livro dos Títulos, que Cardoso está lançando, mas o ator interrompeu a entrevista logo no início:
"Não vou responder essa pergunta, e nenhuma outra, porque quando cheguei aqui hoje, encontrei uma empresa que está em greve. E não participo de programas de empresas que estão em greve. Vim sentar aqui porque, além da greve, que não me cabe julgar, não conheço a negociação e não estou a par, também não me cabe emitir opinião a respeito de quem está fazendo a greve e de quem está aqui trabalhando, cabe a mim o maior respeito a todos vocês. A todos vocês. Que estão parados, que estão trabalhando, aos que estão aqui. Mas, diante deste governo que está governando o Brasil, eu tenho muita convicção de que as pessoas que estão fazendo esta greve provavelmente estão cobertas de razão. Então eu não vou falar do assunto que vim falar, nem de nenhum outro", disse.

Cardoso também citou "comentários extremamente inapropriados" do presidente da empresa estatal responsável pela produção da TV Brasil, Laerte Rimoli, direcionados a atriz negra Taís Araújo.

"O que eu soube também quando cheguei aqui é que o presidente desta empresa, que pertence ao povo brasileiro, fez comentários extremamente inapropriados a respeito do que teria dito uma colega minha [provável referência a Taís Araújo] onde a presença do sangue africano é visível na pele - porque o sangue africano está presente em todos nós, e em alguns de nós está presente também na pele, mas em todos nós ele está", completou.

Após ouvir todos os comentários, a apresentadora solidarizou-se com o autor e, em seguida, chamou um intervalo comercial: "Respeito bastante sua opinião, respeito sua saída. A gente vive numa democracia e precisa respeitar a opinião de cada um. Pedro Cardoso obrigado pela sua presença, e entendo perfeitamente tudo que está acontecendo", finalizou.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑