Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 11 de novembro de 2017

Colégio da Polícia Militar comemora 60 anos e homenageia 35 ex-alunos


Os 60 anos do Colégio da Polícia Militar (CPM), unidade Dendezeiros, foram comemorados nesta sexta-feira (10), em solenidade cívica-militar na Vila Policial Militar do Bonfim, em Salvador, onde está localizada a instituição da rede estadual de ensino. Durante o evento, foram homenageados 35 ex-alunos que se destacaram em suas atividades profissionais em âmbito nacional e internacional. Participaram estudantes, professores e gestores, além de autoridades militares e civis. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, representou o governador Rui Costa, sendo agraciado com uma medalha comemorativa entregue pelo comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão.

Na solenidade, o secretário Walter Pinheiro anunciou que o Governo do Estado, em 2018, terá a primeira experiência de inserir pelo menos um curso da Educação Profissional nos Colégios da Polícia Militar. “Este é um momento importante tanto como cidadão como representante de um órgão público, no qual tenho a responsabilidade de estimular, cada vez mais, a ampliação da oferta de ensino com qualidade e é dentro deste princípio que pretendemos implantar uma nova iniciativa, no próximo ano, dos cursos profissionalizantes nos colégios da Polícia Militar e a primeira que passará pela experiência será a de Dendezeiros, aumentando para os seus estudantes as oportunidades de formação”.

O secretário ressaltou, também, a vitória de cinco alunas do CPM Dendezeiros, no Festival de Vídeos Digitais e Educação Matemática - um concurso nacional de vídeos estudantis. A unidade foi a única escola da região Nordeste a ficar entre os 100 melhores vídeos que concorreram ao prêmio. “Este resultado é o grande exemplo do esforço coletivo, materializado de forma individual por cinco estudantes mulheres, em uma demonstração clara de desempenho, que é resultado de um trabalho desenvolvido ao longo dos anos pelo Colégio da Polícia Militar. Como disse a cada uma das vencedoras, é uma honra para cada uma a premiação, mas é também uma honra para o CPM, para o Estado da Bahia e, principalmente para todo o corpo docente e todos aqueles que buscaram, ao longo dos anos, construir uma educação de qualidade, demonstrando que é possível fazer grandes transformações”

Estudantes premiados – Uma das vencedoras, a aluna Adriana Sapucaia, 16, 2º ano do Ensino Médio, falou de sua emoção com a premiação e da importância do CPM em sua vida. “Não esperava que fossemos tão longe quando a nossa professora de Matemática nos propôs escolher um tema da disciplina para fazermos o vídeo. Foi uma surpresa que me faz ver o quanto o colégio tem contribuído na formação de seus estudantes”, declarou a aluna, há cinco anos matriculada no colégio.

Beatriz Costa, 17, 3º ano, há 15 anos do Colégio da Polícia Militar, é outro exemplo de que a unidade escolar exerce forte influência na vida dos estudantes. “O que mais me encanta aqui é a forma que a direção e os professores nos tratam, nos valorizando como cidadão e preocupados com a nossa preparação e com o nosso futuro”, disse a aluna, que pretende seguir a carreira militar.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, ex-aluno do Colégio da Polícia Militar, falou sobre o significado de uma trajetória de 60 anos da unidade de Dendezeiros. “É um marco na sua história, prestando relevantes serviços para a sociedade baiana, a partir de um modelo de ensino que envolve questões como retidão, disciplina, respeito e valorização do aluno. Somos referências, hoje, no Estado em termos de qualidade de ensino e, portanto, de aprovação em diversos concursos e no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). O dia é motivo de muito orgulho deste comandante aqui e do próprio Governo do Estado”, declarou o comandante.

História exitosa – O diretor do Colégio da Polícia Militar de Dendezeiros, tenente-coronel Nilton Machado, afirmou que são 60 anos de uma história exitosa, contribuindo com a sociedade. “De todas as obras que temos realizado no nosso colégio, acredito que a maior de todas é imprimir nos nossos estudantes o sentimento do pertencimento de uma escola que se pauta no respeito e no amor, primeiramente, aos seus pais. Além disso, temos ex-alunos que têm honrado os campos da Ciências, da Educação, da Segurança, absorvendo todos os ensinamentos do nosso colégio, passando isto de uma forma bastante profícua”.

O ex-aluno Fabrício Lemos se coloca como exemplo de que o Colégio da Polícia Militar forma cidadão com visão de futuro. “O CPM não é pai e nem mãe, mas forma grandes cidadãos. Tive a oportunidade de estudar aqui, tendo terminado em 1998. Ao concluir o Ensino Médio, fui morar nos EUA e pude colocar em prática lá fora os ensinamentos que obtive aqui, como disciplina, respeito, comprometimento e pensar sempre à frente, a planejar a sua vida. Virei chef de cozinha e hoje coloco tudo que aprendi dentro do meu restaurante”, relatou o profissional, que acaba de ganhar como chef do ano pela Veja Gourmet Salvador.

Fotos: Claudionor Junior

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑