Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

“Dia dos Pobres” será lembrado com diversas atividades na Praça do Bonfim

Data foi instituída pelo Papa Francisco; o Projeto Bom Samaritano organizou ações de saúde, cultura e cidadania abertas ao público



Instituído no ano passado pelo Papa Francisco, o Dia Mundial dos Pobres será celebrado em Salvador com uma série de atividades, no dia 17 (sexta-feira), na Praça da Basílica Santuário do Bonfim. O evento será aberto às 8h30 pelo reitor da Basílica, padre Edson Menezes Silva. Diversas tendas serão montadas para atendimento à população, com serviços como documentação, exames de glicemia, pressão, teste de HIV e hepatites virais, orientações sobre o Novembro Azul e outras voltadas para saúde, educação e empreendedorismo. O evento é realizado pela Basílica Santuário Nosso Senhor do Bonfim, Devoção do Senhor Bom Jesus do Bonfim e Projeto Bom Samaritano.

O Dia dos Pobres foi instituído pela Igreja Católica como Ação Concreta no Ano da Misericórdia e deve ser realizada sempre na 33ª semana do Tempo Comum. A coordenadora do Projeto Bom Samaritano da Basílica Santuário do Bonfim, Eliana Maria Nunes de Souza, lembra que a data propõe a reflexão sobre o compromisso de ajudar os pobres, uma marca do Papa Francisco, que sempre ressalta a necessidade de amparar as “migrações, doenças, analfabetismo e a ignorância religiosa”. Diz o Papa: “As obras de misericórdia, tocam toda a vida duma pessoa. Por isso, temos possibilidade de criar uma verdadeira revolução cultural precisamente a partir da simplicidade de gestos que podem alcançar o corpo e o espírito, isto é, a vida das pessoas”.

Segundo Eliana, o projeto Bom Samaritano atende mais de 400 pessoas, sendo que 40 delas viviam de esmolas no entorno da igreja e hoje contam com ações de assistência social, atendimento médico e jurídico, evangelização e acompanhamento espiritual e doações. “O Bom Samaritano identifica as carência e necessidades dessas pessoas que são encaminhadas para a rede sócio-assistencial do projeto. São realizadas atividades sócio-educativas, desde higiene pessoal a palestras sobre violência contra a mulher, alimentos alternativos e doenças sexualmente transmissíveis e a realização de diversas oficinas profissionalizantes, além de garantir cidadania para essas pessoas com regularização de documentação”.

O evento conta com o apoio da 17ª CIPM, Polícia Militar, Base Comunitária do Uruguai, Vila Criativa, Serviço de Assistência Especializada Marymar Novais- Secretaria Municipal de Saúde, Transalvador, Distrito Sanitário de Itapagipe, Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra, UCSal, Estácio/Fib (Campus Fratelli Vita), Secretaria de Esporte e Lazer / PMS, Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra, SEMOP, Secretaria da Justiça e Direitos Humanos, Fundação Cultural do Estado e Codami.

Programação

Após a abertura, com Padre Edson, será realizada apresentação da Banda da Polícia Militar e iniciados os trabalhos nas tendas que serão montadas na Praça do Bonfim. Das 9 às 11 horas acontece as oficinas de Gastronomia: Galinhada e suas variações; Tipos de ervas e especiarias no dia-a-dia; Técnicas da cozinha profissional, com o apoio da UCSal. O público terá acesso a imunização (vacinas: DT,Febre Amarela, Tríplice e Hepatite) e, a partir das 10 horas, contará com Serviço Odontológico (orientação e escovação). Das 14 às 16 horas serão realizados atendimento e orientação jurídica. Às 14h30 tem aula com estudantes de Educação Física da Estácio com exercícios físicos e zumba.

As apresentações culturais começam às 15 horas, com o Grupo de Dança da Fundação Cultural com o espetáculo “Ex-votos”. Durante todo o dia estarão abertas as exposições de artesanato e visitação ao museu na Vila Criativa, que funciona na Casa dos Romeiros, ao lado da Praça. Membros do projeto Bom Samaritano vão participar de bazar com roupas usadas e das oficinas Trabalhando com Jornais e Flores de Fuxico.

Às 15 horas, acontecem apresentações do Grupo Violão Bossa, com o grupo de Jovens do Projeto Base Comunitária do Uruguai, seguido de Jackson (ex-Banda Mel) e Roquinho, que executam o Hino do Sr. Do Bonfim, às 16h30. O encerramento acontece às 17 horas com missa celebrada pelo padre Edson.


O quê: Dia Mundial dos Pobres
Onde: Praça da Igreja do Bonfim
Quando: Dia 17/11 (sexta-feira), a partir das 8h30


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑