Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Mutirão contra Aedes segue para Pernambués e Saramandaia nesta quinta-feira (30)

Apesar da redução do Índice de Infestação Predial (IIPP) da capital baiana, o cuidado com o mosquito Aedes Aegypti deve ser diário. O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 23 e 27 de outubro, apontou que o índice de infestação na capital passou de 3,1% (abril/2017) para 2,3%, ou seja, a cada 100 imóveis visitados, pouco mais de dois apresentaram focos do mosquito.

No intuito de continuar combatendo os focos, a partir desta quinta-feira (30), os agentes de combate às endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em parceria com colaboradores da Limpurb, realizarão mais uma edição do mutirão de limpeza, dessa vez na região do Cabula.

Durante a mobilização, das 8 às 15 horas, os moradores das ruas Paratinga, Amargosa, Carianha, Siridão Durval e Portiguara, no bairro de Pernambués deverão colaborar com a iniciativa descartando entulhos e materiais inservíveis que podem ser colocados em frentes as suas casas para recolhimento.  Já no bairro de Saramandaia, a ação ocorre no Colégio Estadual Kleber Pacheco na rua Numa Pacheco.

“Vamos intensificar as ações nessas comunidades afim de reduzir num curto espaço de tempo a infestação do vetor, evitando uma possível epidemia das arboviroses nessas regiões", afirma a subgerente das Arboviroses do CCZ, Isolina Miguez. 

Agentes de combate às endemias também intensificarão a visita casa a casa para identificação e eliminação dos criadouros do inseto, bem como, realizarão o trabalho de borrifação de inseticida diminuir a infestação do vetor na fase adulta, reduzindo assim, o risco de transmissão das doenças.
A ação segue no mês de dezembro nos dias 04 e 05 na região de São Caetano/Valéria em Bom Juá na rua Direta e na Fazenda Grande do Retiro na rua Dr. Pedro Araújo.

Balanço – Em 2017 os agentes de endemia visitaram cerca de 3800 imóveis das localidades Barragem dos Macacos, Itacaranha, Plataforma, Tubarão, Bonfim, Lagoa da Paixão, Ribeira Uruguai, Canabrava, Nova Constituinte, Rio Sena, Valéria, Castelo Branco, Novos Alagados, São Tomé, Coutos, Paripe e São João do Cabrito. Além disso recolheram mais de 547,8 toneladas de entulho e material inservível, além de eliminarem entorno de 2.814 depósitos do inseto transmissor.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑