Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Mutirão contra do Aedes segue para os bairros Castelo Branco e Dom Avelar

A Secretaria Municipal da Saúde, através do CCZ continua intensificando as ações para combater os criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, nos 12 Distritos Sanitários da capital.

Nesta terça-feira (5), em parceria com a SEMOB, dando início às atividades técnicas e educativas em terreiros, a ação do Plano Verão Sem Mosquito será realizada no Terreiro Ilê Iyá Omi Axé Iyamassê, conhecido como Gantois, a partir das 9 horas. Durante a visita será realizada em todo o imóvel inspeção técnica, atividades lúdicas, palestras e ações educacionais, além da distribuição de folders e cartazes. Os candomblecistas e presentes no terreiro ainda receberão orientações de como realizar as visitas domiciliares.

Apesar da redução do Índice de Infestação Predial (IIPP) da capital baiana, o cuidado com o mosquito Aedes Aegypti deve ser diário. “Estamos mantendo as ações de rotina como os mutirões de limpeza nos bairros prioritários, em parceria com a Limpurb. Nessa mobilização, intensificamos as visitas casa a casa, além de trabalhos de manejo ambiental, limpeza, remoção e descarte de lixo ou quaisquer outros materiais que possam se tornar criadouros nessas localidades", explicou Geruza Morais, diretora de Vigilância à Saúde.

Na terça acontece também o mutirão no bairro de Castelo Branco, com ponto de encontro no Centro Social Urbano. Já na quarta-feira (6), ação ocorre em Dom Avelar, na entrada da antiga Nestlé. Os locais foram indicados pelos agentes por ser uma área de alerta e com alto índice de acúmulo de lixo. 

A ação segue ainda no mês de dezembro para região de Bom Juá e Fazenda Grande do Retiro.

Balanço – Em 2017 os agentes de endemia visitaram cerca de 3800 imóveis das localidades Barragem dos Macacos, Itacaranha, Plataforma, Tubarão, Bonfim, Lagoa da Paixão, Ribeira Uruguai, Canabrava, Nova Constituinte, Rio Sena, Valéria, Castelo Branco, Novos Alagados, São Tomé, Coutos, Paripe e São João do Cabrito. Além disso recolheram mais de 547,8 toneladas de entulho e material inservível, além de eliminarem entorno de 2.814 depósitos do inseto transmissor.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑