Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 10 de dezembro de 2017

Natal Orquestrado na Igreja de São Francisco

Tem Natal Orquestrado no próximo domingo, 10.12, na Igreja de São Francisco, das 11h às 12h, com a Orquestra São Salvador, regida pelo maestro Fred Dantas. No repertório, em arranjos instrumentais de Fred Dantas, algumas das mais conhecidas músicas do ciclo natalino no Brasil: Noite Feliz, Gingle Bells, Papai Noel, de Assis Valente, Merry X'tmas,  de John Lennon e a composição A Estrela do Oriente, de Fred Dantas.

As igrejas do Centro Histórico de Salvador abrigam, em forma de  residência artística, o Popelô - Polo de Orquestras do Pelô, ação do Pelourinho Dia e Noite, da prefeitura de Salvador, que dá apoio ao amadurecimento da pesquisa musical singular feita na capital baiana pelas orquestras, e que pretende sedimentar o gênero próprio de música que é produzido por elas na cidade, através de ensaios abertos, concertos e missas orquestradas.

Assim, sob a coordenação do maestro Ângelo Rafael, os ensaios  de portas abertas, são realizados às segundas na Igreja do Boqueirão, das 17h às 19h, com a Orquestra Afrosinfônica do maestro Bira Marques; às terças na Igreja da Misericórdia, das 17h às 19h, com a  Sanbone Pagode Orquestra do maestro Hugo Sanbone; e aos sábados na Igreja de N. Sra. do Carmo, das 10h às 12h, com a Orquestra de Câmara de Salvador – OCSal, do maestro Ângelo Rafael.

Há ainda as missas orquestradas das quartas-feiras, na Igreja de São Domingos, às 18h, com a Orquestra São Salvador, do maestro Fred Dantas e os concertos aos domingos, na Igreja de São Francisco, das 11h às 12h, com uma orquestra diferente por domingo. O Popelô  é uma das ações calendarizadas idealizadas e coordenadas pela Diretoria de Gestão do Centro Histórico, órgão da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), que de domingo a domingo, até dezembro deste ano, promoverão  atividades culturais semanais gratuitas com múltiplas linguagens - música, dança, teatro, gastronomia, artesanato, fotografia, cinema e história da Bahia. Toda a programação está disponível no site www.pelourinhodiaenoite.com.br.

Mais sobre o Popelô - Salvador, 1ª Capital do Brasil, é conhecida como uma cidade multifacetada e, desde o século XIX, tem apresentado ao mundo suas diversas características e pluralidade cultural. Fazendo um recorte temporal, na década de 50, foram criados os Seminários de Música (hoje, Escola de Música da UFBA) e o Carnaval recebia a “Fobica e o Pau Elétrico”, 1ª versão do que hoje conhecemos como Trio Elétrico e Guitarra Baiana. Desde então, diversas manifestações culturais e movimentos musicais, tais como: Samba Junino (oriundos do Terreiro de Candomblé); Conjunto de Música Nova (criado na UFBA); Jovem Guarda; Rock; Tropicalismo; Blocos Afros; Axé Music e a Música de Concerto têm acontecido e se misturado dentro do mesmo caldeirão musical que é “a nossa capital” e também “o nosso capital”.

O diálogo estético entre tais expressões musicais sempre foi um diferencial da cultura soteropolitana e, ao passar dos anos, tais manifestações artísticas – a “música da academia” e a “música de rua” – ficaram famosas internacionalmente, colocando Salvador no centro das atenções devido a essa riqueza musical. Um dos fatos mais recentes que comprovam tal história é o título de “Cidade da Música”, dado pela UNESCO, em 1° de junho de 2016, reconhecendo Salvador como um ambiente musical extremamente expressivo, tanto para o soteropolitano (que se reconhece nele), quanto para os que tomam contato e admiram sua consistente pluralidade musical.

É nesse cenário maravilhosamente diverso que o POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho – atua, lançando luz sobre grupos orquestrais já existentes na cidade, divulgando as atividades musicais no Centro Histórico, no qual fomentará a música orquestral feita em Salvador, com suas influências históricas e novas tendências estéticas! Para tanto, as quatro orquestras participantes terão uma agenda regular de ensaios abertos e concertos gratuitos, em Igrejas e outros espaços do Pelourinho. Essa ação possui um caráter de Residência Artística, na qual cada orquestra desenvolverá seus trabalhos individuais e também em conjunto com as outras orquestras participantes, apresentando ao público processos e resultados dessa pesquisa sobre o trabalho orquestral feito hoje em nossa capital. Os grupos participantes são:

Ø  Orquestra Afrosinfônica – sob a direção do M° Bira Marques, dedica-se a um repertório autoral afro-brasileiro com uma arquitetura sinfônica, sob influência de Moacyr Santos e Abigail Moura, além de reconhecidos compositores do século XX, a exemplo de Gershwin, Debussy, Stravinsky, etc.

Ø  Orquestra de Câmara de Salvador – sob a direção do M° Angelo Rafael, está voltada à música de concerto, interpretando obras de grandes mestres da música, tais como: Vivaldi, Bach, Mozart, Villa-Lobos, Mignone, Guerra-Peixe, bem como ao precioso repertório da MPB, com arranjos para composições de Caetano Veloso, Gerônimo, Luiz Gonzaga, Tom Jobim, dentre outros.

Ø  Orquestra São Salvador do M° Fred Dantas – sob a direção do M° Fred Dantas, dedica-se ao desenvolvimento de um repertório brasileiro em três vertentes: pesquisa histórica (com obras de Carlos Gomes, Nerpomuceno, etc.); pesquisa etnográfica (chulas, cantos de trabalho, etc.) e desenvolvimento da música de vanguarda com obras atonais e polirrítmicas do próprio maestro Dantas.

Ø  Sanbone Pagode Orquestra – sob a direção do M° Hugo Sanbone, está voltada para um repertório autoral, tendo como ponto de partida os padrões rítmicos do pagode baiano, utilizando técnicas contemporâneas de composição e também o conceito da criação espontânea do jazz, abrindo espaço para a improvisação musical.

Considerando que Salvador possui o DNA das principais influências musicais da cultura brasileira – o que legou a ela a já citada diversidade musical – o POPELÔ fomentará um processo de residência artística cuja troca de saberes e conteúdos técnicos, musicais, artísticos e humanos dão a linha mestra desse potente intercâmbio cultural, beneficiando diretamente o mercado de trabalho, o turismo, a economia e, acima de tudo, a comunidade soteropolitana!

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑