Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Forte de São Diogo recebe concertos gratuitos a partir deste mês

O Espaço Carybé de Artes, no Forte de São Diogo (Porto da Barra), será palco de concertos gratuitos nos meses de janeiro e fevereiro, através do projeto Verão com as Cameratas. A iniciativa levará ao equipamento cultural, administrado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), apresentações de quatro grupos da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba): Opus Lúmen, Quarteto Novo, Bahia Cordas e Quadro Solar. Os concertos ocorrerão nos dias 3 e 10 de janeiro; e em 21 e 28 de fevereiro, sempre às 17h30.  

O Verão com as Cameratas tem o intuito levar as apresentações para fora do teatro, aproximando a música clássica e erudita com a diversidade de expressões culturais presentes no Espaço Carybé de Artes. A ideia também é aproveitar a movimentação de baianos e turistas na orla de Salvador para promover a ocupação artística no Forte de São Diogo. Com concertos sempre no fim de tarde, o público poderá apreciar não apenas a música, mas também o pôr do sol no Porto da Barra e a projeção mapeada das obras de Carybé. 

O Espaço - O Espaço Carybé de Artes, inaugurado pela Prefeitura em 2016, é um centro tecnológico de referência da vida e obra de Hector Julio Páride Bernabó, o Carybé, que demonstra, através de recursos de mídia digital e realidade virtual, a grandeza do artista e sua importância dentro das mais diversas técnicas e linguagens utilizadas.  

Quem chega ao local se depara com totens cenográficos, acervos, aquarelas, pinturas, vídeos e projeções em 3D. O Forte de São Diogo funciona de quarta a segunda-feira, de 11h às 19h. O ingresso para curtir as atrações custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Todas as quartas-feiras, a entrada é gratuita.  

Opus Lúmen - O sexteto executa peças eruditas contemplando a música clássica e a popular estilizada. O grupo de câmara promove uma integração entre os músicos e o público-alvo, tornando estreita a relação entre a música clássica e o repertório apresentado. Componentes: Solamy Oliveira (clarinete), Gustavo Seal (oboé), Ilza Cruz (fagote), Adelson Lemos (trompa), Tota Portela (flauta) e Humberto Monteiro (percussão). 

Quarteto Novo - Tem uma formação bastante diferente das “Cameratas” e /ou “grupos de câmara”, pois possui dois instrumentos da família das madeiras (flauta e fagote) e dois instrumentos da família das cordas (violoncelo e viola), criando um contraste entre sons graves e agudos. Dvorak, Devienne, Eilenberg e Brahms, entre outros, compõem, o repertório do grupo. Componentes: André Becker (flauta), Margareta Cichilova (viola), Djalma do Nascimento (violoncelo) e Ilza Cruz (fagote). 

Quadro Solar - Tocar os Quartetos para flauta e cordas de A. W. Mozart e explorar. Este repertório foi o que motivou a formação da camerata Quadro Solar. Além de A.W.Mozart, faz parte da coletânea do grupo G.Rossini, C.Bach, L. Boccherini e G. Gershwin. Componentes: Mário Gonçalves (violino), Andrea Bandeira (flauta) e Djalma do Nascimento (violoncelo). 

Bahia Cordas - Fundada em março de 2007, é formada por três violinos, uma viola, um violoncelo e um contrabaixo. Tem um repertório bastante variado, desde a música barroca (Bach, Vivaldi, Pachelbel, Corelli), à sacra e popular, além de composições dos próprios integrantes da camerata. Componentes: Rogério Fernandes e Raul Bermudez (violinos), Marcos Antonio Maciel (viola), Maurício Kowalski (violoncelo) e Orley Francisco de Souza (contrabaixo).

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑