Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Ídolo baiano do voleibol mundial visita Salvador



O baiano e ex – jogador de vôlei de praia Paulão, ídolo na década de 90 e que fez dupla com outro baiano, Paulo Emilio, está em Salvador.  Para quem não se lembra, eles conquistaram 3 títulos brasileiros e 2 mundiais e fizeram sucesso nas praias de todo Brasil e do mundo. Morando em Roma, na Itália, já há sete anos ele veio com a sua esposa Roberta e dois dos seus cinco filhos para curtir férias e visitar seus familiares e amigos.  Agora como treinador, o ex-atleta disputa o circuito mundial de vôlei de praia, onde treina a dupla italiana Paolo e Mateu, além de outras que fazem parte da Confederação Italiana de Voleibol. “Comecei treinando um time de quadra, mas logo surgiu o convite para treinar as duplas de praia, onde me sinto em casa, tendo em vista que foi na areia que fiz a minha carreira no esporte” comenta Paulão.  


Metas e conquistas

No momento sua principal meta são as olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, onde pretende alcançar um lugar no pódio e fazer história. Apesar de ter sido um dos maiores nomes do vôlei de praia no Brasil e no mundo, o ex-jogador Paulão é modesto quando se lembra do seu desempenho em quadra; “jogávamos com o coração e por isso conquistávamos os títulos naturalmente, era tudo uma brincadeira”, relembra aos risos. Mas foi a partir dos resultados de Paulão e Paulo Emilio que o mundo começou a admirar o voleibol de praia e a respeitar as duplas brasileiras. Como atleta chegou longe e como treinador está no caminho certo, já tendo alcançado um lugar de destaque no cenário mundial com a dupla Paolo e Mateu, onde obtiveram uma 5ª colocação nas olimpíadas de Londres este ano, além de um segundo lugar no mundial de Pequim também em 2012. “Foi uma conquista inédita para o voleibol de praia italiano, mas o nosso objetivo é ir ainda mais longe”, ressalva Paulão. Cinco duplas no total serão treinadas por ele a sua comissão técnica, mas o objetivo final é classificar apenas duas.


O retorno e a desvalorização de nossos profissionais

Apesar de estar muito bem na Itália, o ex-craque das areias pensa em um futuro próximo retornar ao Brasil e colaborar com o esporte em nosso país. A falta de organização no esporte aqui no país foi um dos motivos que levou o ex-ídolo a sair e conquistar novos horizontes em terras italianas, sorte deles que agora podem contar com o trabalho de um grande profissional que não teve seu potencial reconhecido aqui, mas que vem demonstrado através de muito trabalho o seu valor. É inconcebível ver um talento como Paulão e outros grandes nomes do esporte nacional terem que buscar sucesso e reconhecimento profissional em outro continente. Vivemos em um país onde a memória é muito curta e costumamos esquecer nossos ídolos, por isso vamos reverenciar este grande nome do esporte mundial. Parabéns Paulão e seja bem vindo.

Por Alexandre Mota


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑