Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Carlinhos Brown agora é Embaixador Ibero-Americano para a Cultura

Comitiva da Secretaria Geral Ibero-Americana (Segib) esteve em Salvador para conceder título ao artista e foi surpreendida com recepção musical inesquecível no bairro onde Brown nasceu


A Secretária Geral Ibero-Americana, Rebeca Grynspan, esteve em Salvador ontem (11) para a nomeação oficial do artista Carlinhos Brown como mais novo Embaixador Ibero-Americano para a Cultura e foi surpreendida com uma recepção calorosa e musical para nunca mais esquecer.

Acompanhada da sua Secretária Adjunta, Mariângela Rebuá, e da Diretora de Comunicação da Segib, Amalia Navarro, ela conheceu os projetos sociais e andou pelas ruas do bairro do Candeal, onde Brown nasceu, e saiu de lá encantada com tudo que viu e ouviu e, de quebra, com colar do Afoxé Filhos de Gandhy no pescoço.

O passeio incluiu visita à Creche La Almudena, à Escola de Música da Pracatum e a espaços simbólicos do bairro, como a Bica e a Escadaria do Zé Botinha. Mas o que sacudiu mesmo o coração da comitiva foram as apresentações musicais que Carlinhos Brown preparou para explicar como a arte pode transformar o destino de uma comunidade, que, no caso do bairro do Candeal, foi a música percussiva num movimento liderado por ele desde o final dos anos 80.

A primeira formação da banda percussiva infantil Lactomia fez a apresentação de boas vindas ao bairro. Quando a comitiva chegou ao Guetho Square, onde aconteceu a solenidade de nomeação, o receptivo foi com os Filhos de Gandhy e sua belíssima mensagem de paz. A escolha da secretária Rebeca Grynspan do nome de Brown como Embaixador Ibero-Americano para a Cultura foi explicada em poucas palavras.

“Carlinhos é um artista universal, mas as suas raízes são profundamente baianas. Nós, os ibero-americanos, somos assim, orgulhosos da nossa origem e conscientes de tudo que nos une”. Ela disse que espera que ele consiga realizar no mundo tudo o que fez no Candeal: “Uma comunidade solidária, de valores, que através da música, através da cultura, conquistou o desenvolvimento de sua gente”

Após a cerimônia, o músico Oscar Dominic, à frente da Electrotimba – banda criada por Brown, que mistura ritmos latinos à percussão baiana – deu início ao que seria uma surpresa e tanta para a comitiva da Segib. Basta dizer que as três representantes tiveram  a oportunidade de assistir o cacique do Candeal dando um super show, especialmente preparado para a ocasião, ao lado das bandas Timbalada e Didá, essa última formada só por mulheres percussionistas.

E quando pensavam que já chegava ao fim, a Bateria de Rua do Candeal, formada por mais de 30 homens, entrou no Guetho e, junto com o mestre Brown, tirou os mais diferentes sons percussivos de atabaques, tambores e timbaus,

Carlinhos encerrou o seu discurso agradecendo a nova função e fazendo uma provocação: “Eu acredito que 700 milhões de vozes em torno desse caminho nos fará uma Ibero-América muito melhor e nos fará o que nós mais pregamos: diferentes e iguais. E que as pessoas de língua portuguesa tenham essa coragem de, urgentemente, se comunicar em espanhol, porque já é a segunda língua mais falada no mundo. Viva a percussão, viva a intenção das nossas pessoas, viva o Brasil e tudo que nos conjunta enquanto ibero-americanos. Muito obrigado por essa oportunidade”.           

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑