Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Semáforos inteligentes vão melhorar fluidez do tráfego em Salvador em tempo real

Mais uma nova tecnologia para melhorar a fluidez do tráfego em Salvador passa a funcionar de maneira definitiva a partir desta segunda-feira (8). O sistema que envolve os primeiros 88 semáforos inteligentes – implantados pela Prefeitura nos pontos mais movimentados da cidade – foram apresentados pelo prefeito ACM Neto e pelo titular do órgão da Transalvador, Fabrizzio Muller, no Núcleo de Operações Assistidas (NOA) do órgão de trânsito, nos Barris.

O prefeito lembrou que a administração municipal vem investindo, há algum tempo, em tecnologia e em soluções de ponta, exatamente para melhorar as condições de mobilidade em Salvador. No caso da Transalvador, o NOA já vinha realizando o monitoramento de diversos pontos da cidade. Isso já permitia que os agentes e técnicos pudessem fazer intervenções muito mais ágeis nos pontos mais críticos de tráfego.

“Agora, vamos ter um elemento que fará toda a diferença nessa tarefa. O grande ganho é poder fazer uma programação semafórica que esteja adequada com a demanda que existe hoje e o desejo de deslocamento em Salvador. O sistema reconhece a demanda maior em uma determinada via e ajusta o tempo de abertura e fechamento do tráfego”, pontuou ACM Neto.

Na ocasião, também foi anunciada a segunda etapa do sistema, que elevará para 105 o número de semáforos controlados em tempo real. O investimento total será de quase R$14 milhões, totalmente oriundo de contrapartidas da iniciativa privada. “Essa medida é extremamente importante ao permitir à Prefeitura, principalmente nesse momento de crise econômica, continuar prestando serviços mantendo o equilíbrio das contas municipais”, complementou o prefeito.

Funcionamento - Os equipamentos são interligados por uma rede composta por mais de 60 quilômetros de fibra ótica, permitindo a comunicação e ajuste em tempo real, levando em consideração o fluxo viário. Com a novidade, os condutores terão mais facilidade para transitar pelas ruas da capital baiana, visto que os equipamentos possuem a capacidade de se adequar às condições de mobilidade em cada trecho percorrido.

De acordo com o superintendente Fabrizzio Muller, o sistema tem capacidade de sincronizar o tempo semafórico de forma automática, devido à tecnologia autoadaptativa, que permite adequação, em tempo real, às condições de tráfego do momento. Para tanto, é utilizado o registro de informações coletado em cada área, como o número de veículos que circulam naquela via em determinado momento, de forma a escolher os melhores tempos semafóricos. É o mesmo modelo implantado em cidades como Moscou, na Rússia, e Madri, na Espanha. A empresa responsável pelo sistema em Salvador é a espanhola Sice, que implementou a tecnologia nessas duas metrópoles europeias.

A novidade começou a ser implantada por etapas no segundo semestre de 2016, antecedida por estudos de engenharia de tráfego e infraestrutura. Agora, o sistema passa a funcionar com força máxima, com período de ajustes finos, denominado "microrregulação", onde os equipamentos irão catalogar dados acerca do perfil do trânsito da cidade. Tudo será acompanhado por técnicos diretamente da Espanha, que farão análises e os devidos ajustes no sistema.

Atualmente, os semáforos de Salvador funcionam seguindo planilhas com horários pré-programados. Ou seja, não há um sistema que permita mudanças em tempo real. Essa programação se baseia nos horários e maior ou menor movimento na determinada via. Os semáforos inteligentes estão mais conectados ao dinamismo do trânsito.

Etapas – Nessa primeira etapa, os 88 semáforos estão implantados numa faixa que se estende desde a nova Praça João Mangabeira, nos Barris, até o supermercado Makro, na região do Shopping da Bahia. Dentre os locais que receberam a inovação estão as avenidas Lucaia, Garibaldi, Juracy Magalhães e ACM, além da Ligação Iguatemi-Paralela e Rio Vermelho. O sistema utiliza 27 controladoras - que são os cérebros da inovação -, distribuídas em 46 interseções e 88 semáforos.

Além disso, o sistema conta também com dez câmeras de alta resolução, distribuídos nas vias mencionadas, de forma a permitir melhor visualização das condições do trânsito, e dois painéis de mensagens variáveis, instalados estrategicamente nas avenidas Maio Leal Ferreira (Bonocô) e Luiz Viana Filho (Paralela).

O investimento nessa primeira etapa foi de R$12,5 milhões. O valor foi pago pelos shoppings de Salvador, como contrapartida à liberação do alvará para cobrança de estacionamento nos estabelecimentos comerciais, quando a Prefeitura atendeu determinação da Justiça. 

Já a segunda etapa, a ser implantada em breve, contemplará a Avenida ACM, no trecho do bairro do Itaigara. O investimento de R$1,8 milhões será feito através de contrapartida da Petros pela construção da sede no bairro. Serão mais 17 semáforos com controladores e que, em conjunto com os demais 88 equipamentos, ajudarão a controlar o coração do fluxo viário na capital baiana.



0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑