<;h2>

<;h2>
REDAÇÃO: (71) 99172-9696
Seja bem-vindo. Hoje é

Denúncia

Salvador

Brasil

Mundo

Municípios

Segurança

Esporte

Política

Economia

Acontece Aqui

Saúde

Educação

Utilidade Pública

Cultura


Publicidade

Confira nossas Coberturas no Paparazzo

Confira nossas Coberturas no Paparazzo
Paparazzo do Salvador Notícias

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Artigo: Intervenção militar, uma preocupação

Há muito tempo escuto falar em propostas de intervenção militar oriundas de algumas pessoas que defendem a mesma. Quem viveu na época da ditadura militar de 1964 sabe muito bem como era a vida, a rotina do dia a dia, as repressões e todas as diversas formas de censura e exílio que os mais célebres ou pensantes poderiam sofrer. A sociedade que se encaixava como não pensante ou não célebre sofreria de outras formas. Essas outras formas nada tinham de silenciosas ou escondidas, eram formas de "por ordem social" na base da militância como em guerra onde o cidadão de bem e o de mal retidão eram tratados como um só.

Tenho plena certeza que se estivéssemos naquela época, nessa altura a minha pessoa já estaria sendo procurada pelas forças armadas ou até mesmo me exilando por não acreditar que a paz social se faz por meio de armas e forças militares. A censura perdura até os dias de hoje, mas naquela época era mais severa, que falem as testemunhas ainda vivas como Gilberto Gil e Caetano Velloso. A ditadura daquela época tida como intervenção militar em território nacional era uma forma de colocar ordem no Brasil, mas quem estava impondo isso nada tinha de ordem e sim, desordem.


Voltados ao que o Rio de Janeiro está passando, é notório que a calamidade se encontra em todos os setores daquele estado. A violência é sim um dos que preocupa qualquer um por conta de vidas que injustamente são seifadas. Um dos meios que o executivo federal recorreu nessa semana foi a de intervenção militar garantida na Constituição Federal em seu artigo 34 , III onde diz: “A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para pôr termo a grave comprometimento da ordem pública.” O decreto nº 9.288, de 16 de fevereiro de 2018 alega que a ordem pública no Rio de Janeiro está comprometida e precisa de uma intervenção militar. O interessante é essa ordem pública se dará por meio das forças armadas, aí está a preocupação.


Preciso dizer que a intervenção não é uma ditadura militar, mas uma porta de entrada para a mesma. O Exército brasileiro é treinado para guerras ou algo similares. A preocupação que nasce é a de uma intervenção que estabelecida em decreto por um ano com vigência até 31.12.2018 será o suficiente para por ordem social no estado do Rio de Janeiro? E a partir do dia 01.01.2019, tudo voltará ao que era antes? Em um estado totalmente em calamidade, um ano seria o suficiente para por ordem na casa, nas finanças e voltar com a polícia militar e civil totalmente pronta para atuar? Acredito, meus senhores, que a intervenção deveria ser dada por meio de recursos, ajuda financeira oriunda do executivo federal, atualização dos armamentos "bélicos" e de mais contratações por meio de concurso público para fortalecer a segurança e paz social do Rio de Janeiro.


Em virtude do que foi mencionado, fica as perguntas no ar onde só o tempo poderá responder. É preciso os estados vizinhos ficarem atentos pois nesse período de mero um ano de intervenção a violência do estado carioca poderá aderir a migração e aí por conseguinte, uma desordem social surgirá com maior proporção. Poderá nascer uma ditadura militar! Experimentar o que em 1964 nossos pais e avós experimentaram para podermos pensar duas vezes em defender uma intervenção.


Por Mateus Mozart Dórea - graduando em Filosofia pela UCSal e graduando em Direito pela FSBa. Crítico em política e escritor por amor.

-- 
Leia Mais >>

Mitos e verdades do protetor solar

É durante o verão que grande parte da população brasileira realiza mais atividades ao ar livre, aumentando significativamente o tempo de exposição ao sol. A proteção solar adequada é uma grande aliada para manter a pele saudável, mesmo durante os dias mais quentes do ano. A BASF atua no mercado de cuidados pessoais, oferecendo ativos e soluções que garantem alta tecnologia e desempenho superior aos produtos para proteção solar. Para auxiliar na melhor utilização do protetor solar, Vinicius Bim, especialista regional em inovação para produtos cosméticos da BASF na América do Sul, esclarece alguns mitos e verdades sobre o produto. Confira abaixo:

Não preciso utilizar proteção solar em dias nublados – Mito
Mais de 80% da radiação ultravioleta atravessa as nuvens, portanto é necessário utilizar protetor solar mesmo em dias nublados, para proteger especialmente da radiação ultravioleta A (UVA) que penetra mais profundamente na pele, causando o fotoenvelhecimento. O mercado brasileiro oferece protetores que são feitos para serem utilizados no dia a dia, com garantia de proteção e textura mais confortável. Esses benefícios podem ser obtidos, por exemplo, com o Uvinul A Plus, desenvolvido pela BASF e que oferece alta proteção UVA.

As versões em gel e loção oferecem a mesma proteção que os cremes - Verdade
Independentemente da versão, os protetores solares são submetidos a testes para comprovar sua propriedade de atenuar as radiações UVA e UVB. No entanto, os consumidores usam quantidades menores que as recomendadas, o que acaba gerando diferentes níveis de proteção. Utilizados da forma correta, os géis ou cremes proporcionam o mesmo nível de proteção e cabe ao usuário escolher a forma que prefere para se proteger.

O protetor solar sempre deixa a pele oleosa – Mito
Atualmente já podemos encontrar no mercado diversas opções de protetores com formulações mais leves, com sensoriais secos e sem brilho residual na pele. A BASF, inclusive, lançou recentemente um novo filtro UV de amplo espectro que está em sintonia com a demanda por protetores solares que tenham toque seco.

Não preciso utilizar protetor solar após as 16h – Mito
Embora a possibilidade de queimadura solar seja menor, enquanto houver sol os danos continuam a ocorrer pois o envelhecimento e o câncer de pele são cumulativos.

É necessário esperar 30 minutos para o protetor fazer efeito - Mito
Os protetores começam a promover seu efeito imediatamente após a adequada aplicação, ou seja, assim que espalhado sobre a pele e estiver seco, forma-se um filme que começa a proteger a pele.
Segue sugestão de infográfico com essas informações:
Leia Mais >>

Montagem da piscina olímpica começa na próxima segunda (26)



A instalação da piscina olímpica da Praça Wilson Lins, na orla da Pituba, será iniciada na próxima segunda-feira (26) e terá prazo para conclusão de 90 dias. As peças que vão compor a piscina olímpica já chegaram a Salvador e estão armazenadas na Base Naval de Aratu, até que o procedimento de montagem seja iniciado. Em paralelo, o local onde o equipamento funcionará passa por obra civil, compreendendo ações de terraplenagem, base, sub-base, laje duplamente armada em concreto, além de contenção em alvenaria do entorno. O investimento é de R$1,3 milhão.

A piscina mede 25m x 50m, com dois metros de profundidade, e vai atender a crianças e adolescentes em escolinhas de iniciação esportiva, além de atletas de alto rendimento, absorvendo campeonatos e torneios nacionais e internacionais. O objetivo é tornar o local um grande centro aquático, que abrigará, além da natação, outros esportes, a exemplo de nado sincronizado, salto ornamental, polo aquático e maratona aquática. O espaço vai ter arquibancada fixa com capacidade para 350 lugares, bem como outra móvel, para mais 350.

A cessão do equipamento é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o município, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel); a Aeronáutica, responsável pela aquisição do equipamento junto ao fabricante; o Ministério dos Esportes, que definiu as cidades que receberiam os equipamentos após as Olimpíadas; e a Myrtha Pools, empresa italiana que fabricou a piscina e será responsável pela montagem na capital baiana.

A piscina olímpica foi utilizada no Estádio Aquático de Esportes Olímpicos, onde foram realizadas as disputas de medalhas da natação na Rio 2016. O equipamento, quando for instalado, contribuirá significativamente para o fomento da natação e outros esportes aquáticos em Salvador. Foi nela que nomes como os americanos Michael Phelps e Katie Ledecky e a húngara Kantinka Hosszú brilharam na última Olimpíada.

O centro aquático vai beneficiar 2,5 mil crianças e adolescentes por ano, graças a uma parceria firmada entre a Prefeitura e a Federação Baiana de Desportos Aquáticos. Os alunos serão observados e aqueles que tiverem bom desempenho poderão passar por treinamento especializado de alto rendimento para representar a cidade em torneios. Outras faixas etárias também serão atendidas, sobretudo da terceira idade, em aulas complementares, como hidroginástica.

Leia Mais >>

Defensoria Pública da União em Salvador abre concurso para estagiários de Direito

A Defensoria Pública da União abrirá nos dias 26, 27 e 28 (de segunda a quarta) deste mês, inscrição para processo seletivo de estagiários na área de Direito, nos turnos matutino e vespertino. As vagas são para a unidade do órgão em Salvador. Podem participar alunos a partir do quinto semestre. Os interessados devem fazer cadastro no site do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) e se cadastrar na vaga. A seleção prevista para o dia 25 de março (domingo) será feita por prova, com questões objetivas e discursivas.

Os selecionados trabalharão nos gabinetes dos defensores e farão atividades como elaboração de minutas de petições e peças processuais, que poderão ser nas áreas cível, criminal, criminal militar, previdenciária, tributária e direitos humanos, relativas ao primeiro ou segundo grau de jurisdição; assistência jurídica e atendimento ao público; realização de carga e devolução de autos judiciais na Justiça Federal e realização de atividades cartorárias de processos administrativos.

A jornada​ será de quatro horas diárias, de segunda a sexta; bolsa mensal de R$ 800, além do transporte de R$ 8 diário. O cargo também dispõe outros benefícios, como seguro contra acidentes pessoais e recesso remunerado. A duração do estágio é de no mínimo seis meses, prorrogável por até dois anos.

Informações sobre o concurso e conteúdo programático estão no edital já disponível no site do CIEE. Os candidatos selecionados irão para o cadastro de reserva e serão convocados de acordo ao quadro de vagas da unidade. O resultado final será divulgado no dia 27 de abril.

SERVIÇO:

O que: Inscrição para concurso de estagiários de direito na DPU
Quando: 26, 27 e 28 de fevereiro
Inscrições: www.ciee.org.br
Edital:http://www.ciee.org.br/portal/estudantes/pe/pseletivo/index_dpu_salvador_fev18.asp
Contato: estagio@dpubahia@gmail.com
(71) 3114-1881​​
Leia Mais >>

Mais duas escolas são contempladas com entrega de fanfarras pela SJDHDS


Pelo segundo dia consecutivo nesta semana, o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins, realizou a entrega de instrumentos de sopro para fanfarras escolares de Salvador. As entregas desta quarta-feira (21) ocorreram nos colégios Carlos Alberto Cerqueira, no bairro do São Caetano, e Antônio Carlos Magalhães, na Avenida Vasco da Gama. O maestro coordenador do Neojiba, Helder Passinho, e Ana Vilas Boas, coordenadora técnica do projeto na SJDHDS, também participaram dos eventos.


Pela manhã, no São Caetano, o regente Gabriel disse que a entrega de instrumentos novos é a realização de um sonho. “Essa entrega é uma aposta no sonho dessas crianças e adolescentes, que muitas vezes não estão com bom rendimento na escola. Eu participei de fanfarra, sei a importância, por isso eu acredito que é uma atitude transformadora”, afirmou. A fanfarra do Colégio Estadual Carlos Alberto Cerqueira existe há sete anos e, recentemente, ficou em terceiro lugar num concurso de fanfarras escolares da Bahia.


Para o secretário, o contato de alunos com fanfarras pode ser o início de uma carreira musical ou artística de muitos jovens. “Esse primeiro contato com a arte é muito importante para estimular os jovens e aumentar o interesse deles por questões artísticas. Todos nós sabemos e estudos mostram que a atividade cultural e artística estimula os alunos e melhora o rendimento deles nas demais disciplinas. Cuidem desses instrumentos porque ele é de vocês, tenho certeza que trará ganhos inesquecíveis na vida de vocês”, explicou.


À tarde, no colégio na Vasco da Gama, o secretário foi recepcionado pelo diretor Luiz Regis e pelo regente, André Luís Queiroz. A fanfarra recebeu o mesmo kit, com 15 instrumentos. "Eu sou vizinho do colégio, desde pequeno ouvia e achava que era só barulho, mas depois que você passa a participar, tudo muda. Depois que entrei na fanfarra, ocupei minha mente , aprendizados e ampliação dos meus conhecimentos", afirmou Victor Mateus, 17 anos, aluno do 3º ano e participante da fanfarra há quase 10 anos.


Investimento social - Nesta terça-feira (20), o secretário retomou a entrega de kits em 2018. As duas escolas contempladas ficam capital baiana e estão localizadas nos bairros da Mata Escura e do Imbuí. Trompetes, trombones e trompas são os instrumentos que integram o kit. Adolescentes de 35 escolas de Salvador e região metropolitana serão beneficiados com a entrega de mais de 660 instrumentos de sopro.


Leia Mais >>

Líder de indicações ao Oscar, ‘A Forma da Água' é destaque nas próximas sessões CineMaterna

Sessões especiais de cinema para mães com bebês de até 18 meses acontecem em 46 cidades de 17 estados do país 


Com 13 indicações ao Oscar, o filme ‘A Forma da Água’ chega as sessões Cinematerna que acontecem entre os dias 22 e 28 de fevereiro. O longa usa elementos de fantasia para narrar o romance de uma moça surda com uma criatura anfíbia. No drama, que se passa na década de 60, Elisa, zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica que é maltratada e mantida presa no local. Além desse, os filmes 'Fala Sério, Mãe', ' The Post - A Guerra Secreta', 'Jumanji – Bem-vindo à selva', 'Três Anúncios Para Um Crime, 'Viva - A Vida É Uma Festa', ‘Pequena Grande Vida’, ‘Pantera Negra’ e 'Cinquenta Tons de Liberdade’ também foram escolhidos pelo público, em enquete no site da ONG (www.cinematerna.org.br), para exibição em várias salas do país. 

Para conferir um cineminha no pós-parto, o CineMaterna oferece sessões especiais para as mamães e seus bebês, programadas especialmente para que se sintam à vontade durante a exibição do filme. As salas são levemente iluminadas, com som do filme e ar condicionado suaves, e contam ainda com trocador abastecido com fraldas, pomadas e lenços umedecidos - que podem ser usados gratuitamente. Há também um tapete emborrachado para os nenéns que já andam ou engatinham e um 'estacionamento' improvisado de carrinhos de bebê. Mães voluntárias recepcionam o público e estão prontas para ajudar em caso de necessidade. Pais e demais acompanhantes também são muito bem-vindos. 

Para usufruir de toda essa comodidade não é preciso reservar lugar nos cinemas. A venda de ingressos é feita na hora, na própria bilheteria. 

O CineMaterna, que é patrocinado por Natura Mamãe e Bebê, está presente em 46 cidades de 17 estados.

Confira a programação de 22 a 28 de fevereiro:



ABC PAULISTA

27/02 – 14h10

Cinemark ParkShopping São Caetano - Alameda Terracota, 545

A Forma da Água



ABC PAULISTA

28/02 – 14h10

Cinemark Grand Plaza - Av. Industrial, 600

Fala Sério, Mãe!

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



BAURU

28/02 – 14h

Cinépolis Boulevard Shopping Bauru - Rua General Marcondes Salgado, 11-39

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



BELO HORIZONTE/ CONTAGEM

28/02 – 14h

Cineart Del Rey - Av. Pres. Carlos Luz, 3001

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 7 primeiras mães.



BLUMENAU

28/02 - 14h

GNC Neumarkt Blumenau - Rua Sete de Setembro, 1213

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães. Quando em sala VIP, o valor do ingresso é o mesmo da sala tradicional.



BRASÍLIA

27/02 – 14h10

Cinemark Iguatemi Brasília - SHIN CA 4 Lote A

The Post - A Guerra Secreta



CURITIBA

24/02 – 11h

Cinépolis VIP Pátio Batel - Avenida do Batel, 1868

A Forma da Água

Obs: Sessões em sala VIP com meia entrada para todos.



FLORIANÓPOLIS

27/02 – 14h

Cinemark Floripa Shopping - Rodovia SC-401, 3116

A Forma da Água

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



GOIÂNIA

28/02 – 14h10

Cinemark Flamboyant - Avenida Jamel Cecílio, 3300

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



JOINVILLE

28/02 – 14h

GNC Garten - Avenida Rolf Wiest , 333

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



MANAUS

22/02 – 14h

Cinépolis VIP Ponta Negra - Av. Cel. Teixeira, 5705



Pequena Grande Vida

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 5 primeiras mães. Promoção CineMaterna: sessões em sala VIP com meia entrada para todos.



NATAL

27/02 – 14h

Cinépolis VIP Natal Shopping - Av. Senador Salgado Filho, 2234

A Forma da Água

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 5 primeiras mães. Promoção CineMaterna: sessões em sala VIP com meia entrada para todos.



NOVA IGUAÇU

27/02 – 14h

Kinoplex Nova Iguaçu - Av. Abílio Augusto Távora, 1.111

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



RIO DE JANEIRO

22/02 - 14h

Kinoplex Shopping Leblon - Av. Afrânio de Melo Franco, 290

A Forma da Água

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães



RIO DE JANEIRO

27/02 – 14h

 Kinoplex Shopping Tijuca - Av. Maracanã, 987

The Post - A Guerra Secreta



RIO DE JANEIRO

28/02 – 14h

Kinoplex RIOSUL - Rua Lauro Muller 116 - lj. 401 CD 01 a 04

A Forma da Água

Obs: Sessões em sala Platinum (VIP). Voucher CineMaterna não é aceito.



RIO DE JANEIRO

28/02 – 14h

Kinoplex Via Parque - Av. Ayrton Senna, 3000

Três Anúncios Para Um Crime



SALVADOR

28/02 – 13h30

UCI ORIENT Paralela - Av. Luís Viana, 8544

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

22/02 – 14h

Cinépolis Plaza Avenida - Avenida José Munia, 4775

Jumanji – Bem-vindo à selva

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



SÃO PAULO

22/02 – 14h10

Cinemark Cidade Jardim - Av. Magalhães de Castro, 12.000

Cinquenta Tons de Liberdade



SÃO PAULO

26/02 – 14h10

Cinemark Shopping Metrô Tucuruvi - Av. Dr Antonio Maria Laet, 566

Viva – A Vida é uma Festa

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 7 primeiras mães.



SÃO PAULO

27/02 – 14h10

Cinemark VillaLobos - Av. das Nações Unidas, 4777

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



SÃO PAULO

28/02 – 14h

Cinépolis VIP JK Iguatemi

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041

A Forma da Água



SÃO PAULO

28/02 – 14h10

Cinemark Cidade São Paulo - Av. Paulista, 1230

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



SÃO PAULO

28/02 – 14h10

Cinemark Boulevard Tatuapé

Rua Gonçalves Crespo, S/N

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 5 primeiras mães.



SOROCABA/ VOTORANTIM

22/02 – 14h

Cinépolis Iguatemi Esplanada - Entrada ala Sul: Av. Gisele Constantino, 1850, Votorantim / entrada ala Norte: Av. Izoraida Marques Peres, 401, Sorocaba

Cinquenta Tons de Liberdade

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.



UBERLÂNDIA

22/02 – 14h

Cinépolis Center Shopping Uberlândia - Av. João Naves de Ávila, 1331

Cinquenta Tons de Liberdade



VITÓRIA/ VILA VELHA

22/02 – 14h

Kinoplex Shopping Praia da Costa - Av. Dr. Olívio Lira, 353

Pantera Negra

Obs: Esta sessão oferece cortesia pras 10 primeiras mães.

Para conferir a programação completa do CineMaterna, votar para a escolha dos filmes e obter mais informações acesse: www.cinematerna.org.br



Sobre o CineMaterna:

Com a meta de promover o resgate social das mães no pós-parto e fortalecer o vínculo delas com seus bebês através da cultura e da troca de experiência com outras mulheres na mesma etapa de vida, um grupo de mães se uniu em 2008 e criou o CineMaterna. Desde então, a organização sem fins lucrativos promove sessões especiais de cinema para mães com bebês de até um ano e meio. Nas sessões do CineMaterna as salas de cinema têm som do filme reduzido, trocadores de fraldas, ar condicionado suave e ambiente levemente iluminado; além de tapetes emborrachados para que mães e bebês fiquem mais à vontade no chão. Para a otimização do espaço, há ainda um estacionamento improvisado de carrinho de bebês.

O CineMaterna, ONG que é patrocinada por Natura Mamãe e Bebê, está presente em diversos complexos de cinema de 46 cidades, em 17 estados do país; e conta com mais de 240 mães voluntárias. Em oito anos de história, já levou quase 400 mil pessoas, entre adultos e bebês, às mais de cinco mil sessões de cinema amigáveis para mães acompanhadas por seus bebês.


Leia Mais >>

Dia D contra febre amarela neste sábado (24)

Estima-se que cerca de 1,2 milhões de indivíduos ainda precisam se proteger contra a doença em Salvador


Com o objetivo de ampliar a imunização dos moradores de Salvador contra a febre amarela, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) irá realizar o Dia D de vacinação no próximo sábado (24), quando 57 pontos entre unidades de saúde fixas e locais de grande circulação como estações de transbordo, hipermercados e shoppings estarão ofertando o serviço das 8 às 17h. A ação visa ampliar a cobertura vacinal na capital e em mais outros oito municípios baianos, além de reduzir a população suscetível à patologia num curto espaço de tempo.


Na primeira semana de intensificação da estratégia iniciada na última segunda-feira, 5 mil doses foram aplicadas até quinta-feira (22). Este ano, 78 mil pessoas foram imunizadas na capital totalizando parcialmente uma cobertura de 55%. Estima-se que pouco mais de 1,2 milhões de indivíduos ainda precisam se proteger contra a doença em Salvador. “Por conta de casos positivos confirmados de febre amarela em macacos no ano passado e o grande número de pessoas a se vacinar no munícipio, Salvador foi incorporada na estratégia da imunização fracionada pelo Ministério da Saúde. A dose fracionada tem eficácia garantida pelo menos por oito anos, por isso após esse período é necessário uma nova dose de reforço”, explicou Doiane Lemos, subcoordenadora de Doenças Imunopreviníveis de Salvador.


A vacina fracionada será administrada em pessoas entre 2 e 59 anos que nunca foram imunizadas contra a doença. Crianças entre 9 meses e menores de 2 anos, pessoas com condições clínicas específicas (como pacientes com HIV/Aids) e viajantes internacionais (o viajante deverá apresentar o comprovante do deslocamento) continuarão a tomar a dose padrão do imunobiológico.  


Unidades Referência – A campanha seguirá até 09 de março em Salvador e para evitar o evitar desperdício de doses, a partir de segunda-feira (26) o imuno contra febre amarela será administrado em 42 unidades de referência espalhadas estrategicamente em todas regiões da cidade “A vacina vai continuar de segunda a sexta-feira de 08 às 17h. O objetivo dessa ação visa um melhor aproveitamento do produto e manter a oferta do insumo/saldo disponível, sobretudo mantendo o controle das doenças imunopreveníveis” afirmou, Doiane.


O Ministério da Saúde afirma que a vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Para estes grupos, a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação, levando em conta o risco de eventos adversos.


Macacos capturados – Desde o início de janeiro até essa quarta-feira (21), 107 macacos foram capturados na capital baiana para realização de exames laboratoriais de detecção da febre amarela. Os materiais coletados dos animais em Salvador já foram encaminhados para o Laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, referência nacional para esse tipo de análise, para investigação da causa dos óbitos. Os primeiros dez materiais analisados pelo Fiocruz descartaram a presença do vírus da febre amarela nos animais capturados. As outras 97 amostras seguem sob análise. Em 2017, foram registrados 13 macacos com confirmação de febre amarela em Salvador.


O cidadão que encontrar um macaco morto ou com comportamento estranho pode entrar em contato com o CCZ através do telefone 3611-7330 ou 3611-7331.

Leia Mais >>

Travessia Salvador-Mar Grande registra embarque tranquilo; Travessia de Morro de São Paulo também

O movimento de embarque dos usuários que querem passar o final de semana nas localidades da Ilha de Itaparica é tranquilo na travessia marítima do sistema Salvador-Mar Grande nesta manhã de sexta-feira (23).  Mas a expectativa é de que o fluxo aumente a partir do meio dia, no Terminal Náutico. Os horários de saída estão ocorrendo de 30 em 30 minutos, mas se a procura pela travessia aumentar as saídas passarão a ser a cada 15 minutos. Não há fila para embarque no Terminal Náutico, no Comércio, e no Hidroviário de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. Operando desde às 5h da manhã, o sistema conta com  oito  embarcações em tráfego.  A travessia funcionará até às 20h, última saída de Salvador, e até às 18h30, no sentido inverso. 

 A linha Salvador-Morro de São Paulo registra movimento   moderado até o momento, com tendência também a crescer. Hoje o primeiro catamarã para o Morro saiu às 8h30m e os próximos vão zarpar às 9h, 10h30, 13h e 14h30. Saídas de Morro de São Paulo – 9h, 11h30m, 13h e 15h. A passagem custa R$ 95,20 e podem ser adquiridas no momento do embarque nos guichês das concessiionárias, no Terminal Náutico. As escunas que fazem o tradicional “Passeio às Ilhas” sairão do terminal com bom índice de ocupação,  com  baianos e turistas aproveitando o dia para fazerem o tour pelas ilhas da Baía de Todos os Santos. O passeio inclui paradas na Ilha dos Frades e em Itaparica, com retorno a Salvador às 17h30. A tarifa custa R$ 50.
Leia Mais >>

TCA informa: venda de ingressos show de Chico Buarque

Chico Buarque desembarca em Salvador com a turnê “Caravanas”, de 17 a 20 de maio, na Sala Principal do Teatro Castro Alves. As vendas começam nesta sexta-feira, dia 23 de fevereiro, às 10h, em todos os canais de venda, inclusive na internet. Os ingressos custam entre R$ 160 e R$ 490 e estarão disponíveis na bilheteria do TCA, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelo site e aplicativo da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br), podendo ser parcelados em duas vezes no cartão (com taxa de 4%). Mais informações em www.tca.ba.gov.br.
Leia Mais >>

Artigo: Intervenção no Rio de Janeiro

A intervenção no Rio de Janeiro é um marco no debate público. Houve pouquíssimas reações contra - e, ainda assim, a maioria sendo politicamente motivadas por aqueles que defenderam intervenções no passado recente.

O taboo da ação militar em questões civis, duramente construído durante a transição democrática, e até aceito pelos militares, esboroou-se. Foi algo lento, com as obras do PAC, com a inação dos políticos nas suas atribuições, criando um vácuo. E até, mais recentemente, com as hesitações do Supremo quanto à possível candidatura do Lula que, segundo a imprensa, os militares simplesmente vetaram.

O que era apenas marginal no começo das manifestações do impeachment, a tal "intervenção militar constitucional", acabou ocorrendo de fato. E ninguém disse nada, isso é o impressionante do ponto de vista do debate público. Apenas alguns: o pessoal da lavajato não gostou. Pois sabe que o crime é algo complexo, e as armas e as drogas são o resultado de organizações capilares. Não é uma guerra. Guerra contra quem? Contra os políticos que compram traficantes para obter votos? Contra os consumidores de entorpecentes? Contra a própria polícia que recebe parcela dos lucros de atividades ilegais? Contra o empregador que não paga salários adequados e aí só emprega quem mora em favela? Guerra é quando há um inimigo claro e meia dúzia de infiltrados; no caso, os criminosos estão espalhados pela socidade, não estão só nas favelas, e nem todos da favelas são cúmplices. (Além disso, a sociedade há décadas legitimou a favela como moradia de gente de bem, com programas de apoio que estimularam o enraizamento nesses locais. De uma hora para outra, a favela celebrada virou território inimigo?)

A esquerda, defendendo estelionatários no poder, deslegitimou a tradicional defesa dos direitos humanos, que ficou sem pai. A nova onda liberal, até onde vi, não vai encampar essa luta, pois está mais preocupada com os direitos de ofender e dos embriões do que das pessoas afetadas pela nova ordem militar.

Em 1992, a minisérie "Anos Rebeldes" inspirou os movimentos pró-impeachment. Nos anos 2000, houve até um excesso: a glorificação da luta armada em si, e não mais dos ideais dos jovens que, erroneamente, nela se engajaram. Agora temos uma reação a esse excesso, que deve assustar os democratas brasileiros. Já se pode ouvir nas ruas, nas redes sociais, nos comentários de jornais estabelecidos, uma tolerância quanto a opções de força. "A força do querer", novela recente da Globo, não teve tanto impacto como "Anos Rebeldes", mas penso inicialmente que também foi um marco: a favela foi mostrada como local de crime e cumplicidade, sendo os heróis o secretário da segurança e a policial. O traficante era um sujeito frio, perverso, manipulador e vagabundo. Eu particularmente gostei da novela, mas é fato que foi uma virada na visão romântica de que só falta mais oportunidades para a favela dar certo, que a culpa é do sistema, que os que são contra a lei são heróis em busca de uma socidade mais justa. A lei foi apresentada como o certo, e não como o algoz.

Na vida real, parece que a sociedade brasileira está mais tolerante com a violência de estado para garantir a ordem, a qualquer custo. A demonização do golpe teve um outro efeito no debate público: ninguém se lembra de que a população apoiou o golpe de 1964 e que a oposição foi construída AO LONGO DE 20 ANOS! Gente de bem, culta, apoiou o golpe, ainda que o golpe dentro do golpe já tenha sido mais minoritário. Não são monstros que queriam os militares em 1964. Foi gente boa, gente comum, gente sem tendência à tortura. Demonizar o golpe eximiu os nossos pensadores de explicar por que aceitamos o golpe em 1964. Quais as condições para isso?

Essas condições estão presentes hoje? O que vamos aceitar daqui para diante? Teremos Bolsonaro como presidente? Isso tudo é muito sério, e vejo os liberais mais interessados na independência do banco central do que na independência do judiciário.

Heloisa Pait é socióloga e professora da Unesp de Marília
Leia Mais >>
 

Solenidades

Gastronomia

Gastronomia
Restaurantes e Culinária

Cinema

Cinema
Pantera Negra

Lançamentos

Festas Populares

Festas Populares
Festas Populares da Bahia

Teatro

Teatro
A Bofetada

Moda & Estilo

São João

São João
Acesse!

Show

Show
Melhor Segunda-Feira do Mundo

Decoração

Carnaval

Carnaval
Acesse!

Infantil

Infantil
A Grande Festa
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑