Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Performance ocupa prédio em construção da Escola de Dança da UFBA

O coreógrafo norte-americano Adam Kinner assina direção em colaboração com três artistas locais

Residente do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia, o performer e coreógrafo norte-americano Adam Kinner apresenta na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA) a performance “Intempestivamente”, dirigida em colaboração com três artistas locais: Ana Brandão, Nerfetiti Charlene Altan e Thiago Cohen. Em cena, o quarteto ocupa o prédio novo, mas não terminado, da instituição. A sessão será na quinta-feira, dia 20 de julho, às 16h, aberta ao público e com lotação de 30 pessoas.

O prédio, ao mesmo tempo projeção futura e ruína prematura, mostra como noções de futuro e passado podem dobrar-se umas sobre às outras. Os movimentos desacelerados e atmosféricos dos dançarinos buscam essas dobras de tempos, e usam a noção de intempestividade para refletir sobre as forças e afetos da memória e da história, bem como o papel do visitante em moldar um lugar, uma cena ou um corpo. A performance compõe uma parte de “Notes on Visiting” (Notas sobre Visitação) – uma pequena exibição do trabalho de Adam a ser exibida no Goethe Salvador.

Adam Kinner é um artista norte-americano que vive e trabalha em Montreal, no Canadá, e está na capital baiana como bolsista do Conseil des arts et des lettres du Quebéc (CALQ) – Conselho de Artes e Letras de Quebec. Após realizar sua formação e carreira em música, ele passou, desde 2011, a trabalhar com dança como forma de experimentar os potenciais radicais do corpo. Seu trabalho atravessa a música, performance, coreografia e documentação, ao passo que compõe o corpo performático entre as matérias, afetos, discursos, histórias e objetos do presente vivido. Suas criações já foram apresentadas em teatros, festivais de performance, palcos de dança e galerias no Canadá, EUA, Alemanha e Holanda.

VILA SUL – Oficialmente inaugurado em novembro de 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia é o terceiro no âmbito geral das 159 unidades do Goethe-Institut existentes no planeta, e primeiro e único da rede no “sul global”, abaixo da Linha do Equador. Sua proposta é de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir da presença de artistas de todo o mundo. A vinda dos residentes se baseia no seu interesse genuíno em questionamentos que abordem perspectivas do tema ou que promovam o diálogo entre países deste hemisfério. Além de vivenciar a cidade e o estado, os visitantes têm contato com produções e agentes culturais locais, num intercâmbio de referências, experiências e conhecimentos. Entre 2016 e 2017, 27 artistas e agentes culturais já experimentaram esta oportunidade. Atualmente, entre junho e julho, mais quatro residentes estão hospedados: além de Adam Kinner, participam o artista gráfico alemão Gunther Schumann; o arquiteto e curador egípcio Mohamed Elshahed; e a cineasta indiana Subasri Krishnan.

SERVIÇO
Intempestivamente
Performance de Adam Kinner
Em colaboração com Ana Brandão, Nerfetiti Charlene Altan e Thiago Cohen
Quando: 20 de julho (quinta-feira), 16h
Onde: Escola de Dança da UFBA (Av. Adhemar de Barros, s/n – Campus de Ondina)
Aberto ao público | Entrada franca
Lotação máxima: 30 pessoas

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑