Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 3 de janeiro de 2024

Envelhecimento dos dentes



O envelhecimento é um processo natural que impacta todos os aspectos do nosso corpo. Mas será que isso também se aplica aos nossos dentes? A pergunta é intrigante para muitos, já que costumamos associar o passar dos anos a rugas, cabelos grisalhos e ossos enfraquecidos, deixando de lado os efeitos do tempo sob a perspectiva da nossa saúde bucal.


Na realidade, a dentição também passa por transformações à medida que envelhecemos. Uma das mudanças mais notáveis é o desgaste do esmalte, camada externa, bastante mineralizada, que reveste os dentes e tem a função de protegê-los. Quando isso ocorre e os dentes perdem essa barreira natural, eles ficam mais sensíveis e suscetíveis a danos. 


“Outra mudança que pode ocorrer é o apinhamento dentário, que acontece devido a alterações na posição dos dentes, resultando em dentes tortos e desalinhados”, afirma o Dr. Roberto Pessoa, Doutor em Implantodontia e Embaixador da S.I.N. Implant System. “Conforme o tempo passa, essa condição tende a se tornar cada vez mais perceptível, afetando não somente a estética, mas também a funcionalidade, causando problemas de oclusão, que podem impactar a mastigação, a mordida e a saúde bucal como um todo”, explica.


É comum também se observar alterações na pigmentação dos dentes, que tendem a ficar menos brancos com o passar dos anos. É que, durante o processo de envelhecimento, o organismo deposita mais dentina dentro da câmara pulpar do dente, o que gera esse escurecimento natural.


“Essas transformações são consideradas fisiológicas, ou seja, fazem parte de um processo natural, e, geralmente, não indicam problemas de saúde bucal significativos”, enfatiza o especialista.


No entanto, é importante reconhecer que doenças ou problemas de saúde podem influenciar negativamente nessas questões. Por exemplo, pacientes que sofrem de refluxo ácido podem manifestar erosão dentária. Da mesma forma, o estresse pode resultar no apertamento dos dentes, ampliando o desgaste e elevando o risco de fraturas no esmalte dental.


“A abordagem ideal para lidar com o envelhecimento dental deve ser multidisciplinar, envolvendo uma equipe que inclui não só Dentistas, mas também médicos, nutricionistas, gastroenterologistas, psicólogos e psiquiatras, a fim de abordar as condições sistêmicas associadas ao envelhecimento”, avalia Pessoa.


Embora o envelhecimento dos dentes seja inevitável, existem maneiras de prevenir ou minimizar seus efeitos. A odontologia, em especial, oferece soluções no tratamento e prevenção do envelhecimento dental. Isso inclui:


Lesões. Em casos de lesões por perda de estrutura dentária, conhecidas como abfrações, alguns procedimentos odontológicos podem ser realizados para restaurar a integridade dos dentes.

Placas miorrelaxantes. Usadas principalmente durante a noite, elas ajudam a prevenir o desgaste dos dentes causado pelo ranger noturno, o chamado bruxismo.

Clareamento dental. Para dentes escurecidos pelo envelhecimento, procedimentos de clareamento dental podem ser eficazes para restaurar a cor natural.


0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑