Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Guarda Municipal já capturou 70 cobras desde início do ano


O Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA), órgão da Guarda Civil Municipal (GCM), já capturou, desde o início do ano, 70 cobras em áreas públicas. Entre as espécies estão jiboia, sucuri, jararaca, cascavel e coral. Os animais resgatados são encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), localizado Rua Fernando Pedreira, na Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula.

Segundo o comandante da corporação, Robson Pires, os animais estão aprendendo a viver na zona urbana, por isso está cada vez mais frequente a captura. “Hoje é muito comum encontrar cobras em esgotos, por exemplo”, revelou. Robson ainda alerta que as pessoas não devem tentar resgatar o animal: é preciso procurar imediatamente a corporação, que tomará as medidas cabíveis. A recomendação é que o cidadão acione a Guarda Civil através pelo telefone (71) 3202-5312.

Balanço – Dados do Grupo Especial de Proteção Ambiental apontam que desde de 2015, foram capturadas 320 cobras em Salvador. Outros animais silvestres, como raposas, jacarés, tartarugas, corujas, gaviões, tamanduás, ouriços, bichos-preguiça, micos e iguanas também já foram resgatados pela corporação.

Gepa – A Guarda Civil Municipal possui cerca de 50 agentes lotados no Gepa, aptos a realizarem a remoção de animais silvestres em áreas urbanas. Estes agentes atuam na proteção do Parque da Cidade, em parceria com a Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e também realizam o resgate de animais silvestres em toda Salvador. Esses agentes recebem treinamentos específicos ministrados pelo Ibama, Projeto Tamar e Instituto de Mamíferos Aquáticos (IMA).

Nos últimos anos, por exemplo, os agentes realizaram cursos de manejo da fauna silvestre e manejo de mamíferos aquáticos. Em novembro de 2016, os profissionais também realizaram uma capacitação voltada para a temporada de reprodução das tartarugas. Em todos os cursos, os agentes aprendem procedimentos que devem ser adotados ao encontrar o animal, isolamento ou preservação da área onde a espécie se encontra, além do transporte correto dos bichos.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑