Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Controle do meio ambiente é preocupação em todo o mundo


A comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, no último dia cinco, demonstrou mais uma vez que uma  das grandes preocupações em todos os países é a preservação do meio ambiente. Uma reportagem na Televisão alertou para o aumento da temperatura ambiente em todo o mundo. Dessa maneira, o deputado Euclides Fernandes (PDT) ofereceu sua colaboração ao tema apresentando uma Moção de Alerta  para que as autoridades constituídas em todos os níveis e aos empresários de todos os segmentos para que reflitam sobre o tema e passem a agir em defesa do meio ambiente, evitando o desmatamento, a poluição dos rios e lagoas e buscando meios para evitar a morte desnecessária de alguns integrantes da fauna que estão sob o risco de extinção.

Pelas iniciativas criminosas dos gananciosos e ambiciosos o mundo a cada dia está mais doente e necessitando de cuidados coletivos a fim de que as futuras gerações ainda possam desfrutar de uma vida com saúde e sem riscos insanáveis. Há também aqueles que cometem crimes ambientais inconscientemente e que necessitam ter mais cuidado com suas atitudes prejudiciais ao meio ambiente.  É preciso que a sociedade cobre ações governamentais de conservação do meio ambiente, mas sobretudo tome atitudes pela sustentabilidade para que a harmonia entre o desenvolvimento socioeconômico e a conservação da natureza passe a ser uma realidade e não uma mera utopia. Cabe ainda à iniciativa privada investir sempre pela conservação do meio ambiente, assumindo posições definitivas em defesa do meio ambiente

  Existem várias formas de se integrar numa política ambientalista mesmo que anonimamente. Basta que se evite jogar lixo nas praias e rios, principalmente, reflita sobre a caça como lazer e a evite; plante uma árvore na frente da sua casa ou proteja as existentes, neste período junino não soltar balões ou fazer fogueiras; economize o consumo de água e energia e sempre que possível abasteça o seu veículo com álcool, evitando a gasolina ou o óleo diesel. Usar o automóvel individualmente só em casos extremos, usar o coletivo; programar coleta seletiva de lixo,  defendendo o reaproveitamento de material reciclável, permitindo o seu uso na fabricação de novos produtos.


     
Botijão de gás de cozinha terá que provar quantitativo

Um novo projeto de lei do deputado Euclides Fernandes (PDT) que tramita na Assembleia Legislativa eliminará mais uma dúvida do consumidor baiano. Pela proposição, todo revendedor de botijão de GLP, o gás de cozinha, terá a obrigação de, à vista do comprador, colocar o manômetro no botijão comprovando o quantitativo anunciado. No caso do botijão mais popular, são 13 quilos. 

O botijão de gás é um dos poucos produtos que o consumidor adquire acreditando apenas na informação do engarrafador que ali tem 13 quilos. O lobby dos distribuidores tem impedido que os fabricantes de fogão incluam um manômetro entre os acessórios que acompanham o produto. Trata-se de uma peça fundamental, não só para se ter certeza do quantitativo adquirido, mas principalmente para que o consumidor não seja surpreendido com o fim do conteúdo do botijão.

Pela proposta do deputado, no caso do conteúdo ser inferior ao estabelecido o revendedor poderá ser multado em R$2 mil e em caso de reincidência a multa dobra de valor. O manômetro a ser utilizado deverá demonstrar o quantitativo por quilograma e com autenticação do Inmetro, que será o responsável pela aplicação das penalidades.

Como é sabido, milhões de consumidores baianos utilizam deste meio de energia para realizar diversas atividades. O ato normativo evitará fraudes e trará garantia na comercialização do botijão de gás. Principalmente  porque o botijão de gás após ser abastecido circula por várias mãos e sem que tenha nenhum dispositivo de segurança que garanta ao consumidor que não houve violação. 


Jornalista Renato Ferreira


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑