Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Cinco dicas para cuidar dos dentes do bebê


Durante toda a gestação, as mamães geralmente se preocupam em aprender ou relembrar todos os principais cuidados com o bebê. Depois da alta hospitalar, é hora de colocar esse conhecimento em prática. Um dos cuidados fundamentais se refere ao nascimento dos dentes. Hoje se sabe que, mesmo sendo dentes de leite, eles também podem cariar e ainda – quando não cuidados devidamente – causar problemas para a criança quando surgirem os dentes permanentes. O odontopediatra Danilo Duarte, editor da Revista da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas), revela cinco cuidados importantes que não devem ser negligenciados.

Higiene bucal do bebê deve começar cedo. “Após o nascimento do bebê e ainda antes da erupção dos dentes de leite, deve-se iniciar a higiene bucal. A orientação é limpar delicadamente a gengiva, bochechas e língua do bebê com uma gaze embebida em água filtrada ou aquecida. Também há quem prefira optar por uma dedeira de silicone, que simula uma escova de dente infantil. Nesse período, não há necessidade de higienização várias vezes ao dia – duas são suficientes. Dessa maneira, além da limpeza em si, o bebê irá se acostumar, precocemente, com o hábito de cuidar da higiene bucal.”
Dente de leite é sempre importante. “Muitos pais imaginam que os dentes de leite não são importantes, porque serão substituídos pelos dentes permanentes. Essa ideia é equivocada, podendo trazer uma série de problemas para o bebê. Assim, é fundamental a primeira visita ao cirurgião-dentista nos primeiros dias ou meses de vida do bebê, para que o profissional possa explicar aos pais toda a importância da saúde bucal do bebê, bem como criar um vínculo afetivo e profissional entre o núcleo familiar, o bebê e o cirurgião-dentista.  Os dentes de leite têm importância fundamental na alimentação e mastigação, na fala e na estética – sendo responsáveis por manter os espaços até a erupção dos dentes permanentes.”
Observe os dentes de sua criança. “Os pais (núcleo familiar) são de extrema importância no sistema de manutenção de uma vida saudável de seu bebê – devendo estar permanentemente atentos aos sinais de quaisquer alterações na boca da criança. O primeiro sinal da cárie são manchas brancas e opacas, assim como sangramentos gengivais podem indicar as doenças da gengiva. Além disso, é importante os pais ficarem vigilantes com relação à respiração, deglutição e mastigação da criança, a fim de evitar o uso sistemático de chupetas e mamadeiras, bem como observar outros hábitos inadequados que possam ter início nessa fase da vida.”
A hora de começar a escovar os dentes de leite. “Os dentes de leite começam a ‘aparecer’ na boca do bebê por volta dos seis meses de vida. Entre 24 e 30 meses, a dentição decídua já está completa. O momento mais oportuno para iniciar a escovação é justamente no aparecimento do primeiro dente. Vale lembrar que a escovação deverá ser feita pelos pais (ou cuidadores habilitados), utilizando escova infantil, de cabeça pequena e cerdas ultramacias. O creme dental utilizado é um auxiliar fundamental no controle da cárie e deve ser indicado – especialmente aqueles que contêm flúor. Entretanto, por ser terapêutico, os pais devem ter cuidado em relação à quantidade. O cirurgião-dentista também deverá ser consultado sobre o uso do flúor, de acordo com a necessidade da criança.”
Alimentação está alinhada com saúde bucal. “Encerrada a fase do aleitamento materno, ocorre a introdução gradativa de papinhas, alimentos semissólidos e sólidos. Nesse estágio, é fundamental oferecer à criança alimentos saudáveis, ricos em fibras e pouco industrializados. Os alimentos sólidos (duros) estimulam a mastigação, que, por sua vez, contribui para o crescimento e desenvolvimento da face e da arcada dentária. Ainda aumenta a salivação, que auxilia na limpeza e estabilização do pH da cavidade bucal. É importante ressaltar que o uso excessivo do açúcar não somente é prejudicial aos dentes, como também para a saúde de maneira geral.  Sendo assim, os pais devem cuidar muito bem da alimentação na primeira infância sempre ao lado de uma perfeita higiene bucal.  Na dúvida, é sempre oportuno consultar um odontopediatra.”


Fonte: Dr. Danilo Duarte, odontopediatra e editor da Revista da APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – www.apcd.org.br

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑