Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Center Lapa orienta população sobre a doença falciforme e recebe doação de sangue

Ação também vai fazer o cadastro para doação de medula óssea e teste para detectar a doença falciforme

Para marcar o Dia Nacional de Luta Pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme, lembrado no dia 27 de outubro, o Shopping Center Lapa e a Associação Baiana das Pessoas com Doença Falciforme (ABADFAL) vão promover a II Semana sobre a Doença Falciforme. Com ações educativas e assistenciais, o evento que acontece entre os dias 24 e 28, na Praça de Eventos, no piso L1 do shopping, será aberto ao público. Além de palestras e rodas de conversas, a ação vai fazer a coleta de bolsas de sangue, o cadastro para doação de medula óssea e o teste de identificação da doença falciforme. O evento também vai promover uma ação especial para o público infantil, no dia 28, das 9h às 16h. Entre as atividades estão contação de histórias, dança, cantigas de roda, teatro de fantoche, jogos, brincadeiras de circo e pintura facial.

A Semana sobre a Doença Falciforme tem o objetivo de informar e esclarecer a população sobre os sinais e sintomas da doença e também sobre a detecção precoce que é fundamental para o acompanhamento, tratamento e melhora da qualidade de vida das pessoas que vivem com a patologia. O evento conta com apoio da Fundação Hemocentro da Bahia (HEMOBA), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Fórum Acadêmico de Saúde (FAZ), Levante Popular da Juventude, das Ligas Acadêmicas LAHEBA e LAED, Instituto de Saúde Coletiva, Cogitare, Grupo de Estudos sobre Mulheres (GEM) e Programa de Atenção as Pessoas com Doenças Falciformes (PAPDF).

Sobre a Doença Falciforme
            A doença falciforme é um conjunto de distúrbios que causam a deformação e destruição dos glóbulos vermelhos. Conhecida como a doença que provoca fraqueza óssea, os principais sintomas da enfermidade são: anemia crônica, icterícia (cor amarelada na pele e nos olhos) e dores nos ossos, músculos e articulações. Os tratamentos incluem medicamentos, transfusões de sangue e, em casos raros, o transplante da medula óssea. Em Salvador, o diagnóstico pode ser feito nas unidades básicas de referência e o tratamento completo é realizado através do Sistema Único de Saúde (SUS).



PROGRAMAÇÃO:
Quarta-feira (25):
10h - Linha de cuidado para o homem com doença falciforme
14h - Trabalho e direitos sociais na doença falciforme
18h - Superação
Quinta-feira (26):
10 h -  Linha de cuidado para a mulher com doença falciforme
14h - Cuidado e autocuidado na doença falciforme
16h - Lançamento do Livro: Olhares sobre o Adoecimento Crônico.  Org. Evanilda Carvalho e Aline Xavier
16h30 - Oficina Bonecas Abayomi - Org. Taia Fernandes
18h - Estatuto da igualdade racial da Bahia: comentários à lei
Sexta-feira (27):
10h - Qualidade de vida e doença falciforme
14h – Rede de assistência à pessoa com doença falciforme: ação e articulação
18h – Comunicação e Saúde
20h - Lançamento do Livro: Comentários ao Estatuto da Igualdade Racial e combate à Intolerância Religiosa da Bahia Org. Cleia Costa e Sergio São Bernardo
Sábado (28):
09h e 13h30 - Cantigas de roda
09h30 e 14h - Contos e Encantos (contação de histórias)
10h e 14h30 - Apresentação de dança
10h30 e 15h - Teatro com fantoche
11h e 15h30 - Vivência em brincadeiras populares 
11h30 e 16h30 - Brincadeiras de Circo (palhaços)
17h - Agradecimentos + Encerramento da programação


Serviço:
O quê: Semana sobre a Doença Falciforme
Quando: Até 28 de outubro, das 9h às 21h
Onde: Praça de Eventos, piso L1, Shopping Center Lapa
Acesso gratuito


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑