Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 15 de março de 2024

Oscar consagra 'Oppenheimer' e Emma Stone como atriz


 Oscar consagra 'Oppenheimer' e Emma Stone como atriz; veja os vencedores


Sem grandes surpresas, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood consagrou "Oppenheimer" na noite deste domingo, no Dolby Theatre, em Los Angeles. Além do Oscar de melhor filme, o longa de Christopher Nolan levou outras seis estatuetas.


É uma concentração significativa, mas parcialmente estragada pela farra de "Pobres Criaturas" na ala técnica, em que levou direção de arte, figurino e cabelo e maquiagem, nas quais o drama sobre a bomba atômica também concorria.


O filme de Yorgos Lanthimos também garantiu o grande momento inesperado da noite, laureando Emma Stone em melhor atriz, em vez de Lily Gladstone, que parecia a favorita por "Assassinos da Lua das Flores", indicação com a qual fez história e se tornou a primeira atriz indígena americana na lista do Oscar.

"Oppenheimer" ainda levou os prêmios de direção, trilha sonora, montagem, fotografia, ator, para Cillian Murphy, e ator coadjuvante, para Robert Downey Jr. É uma vitória de peso, que vinha se consolidando há


meses e faz o filme lembrar a potência da arma que retrata, isso depois de se firmar também como a terceira maior bilheteria do ano passado.


Por isso, não fosse a perspicácia da cerimônia, a festa deste ano cairia facilmente no marasmo. Para que ver se já sabemos há tempos que a biografia do físico Robert Oppenheimer levaria tudo? A Academia driblou o problema com mudanças na transmissão deste ano e ainda recebeu ajuda de uma bela porção de convidados que decidiram hiperpolitizar o show.


Também a seu favor, numa tentativa de voltar a ser um evento pop da televisão, após anos em queda livre de audiência, havia também o fato de dois dos filmes mais populares deste ciclo, "Barbie" e "Oppenheimer", estarem entre os mais indicados. Os produtores, porém, foram além.


Convocaram o popular Jimmy Kimmel para apresentar a cerimônia pela quarta vez e indicou canções originais que atraíram aos palcos estrelas pop, como Becky G e Billie Eilish, que aos 22 se firmou como a pessoa mais jovem a vencer duas estatuetas, por "What Was I Made For?", de "Barbie".


A breguice inerente a essas performances continuou, mas Ryan Gosling, pelo mesmo filme, mudou o que conhecemos como apresentações musicais no Oscar, com uma performance enérgica, cheia de sex appeal e divertidíssima.


Sem abandonar a pose de calhorda bonachão de seu personagem, fez de "I'm Just Ken" o auge da festa, pondo todos no auditório de pé para cantar em meio aos seus clones e a Slash e Wolfgang Van Halen.


Jogou contra as tentativas de restabelecer a audiência, no entanto, o atraso e as pausas comerciais longuíssimas da transmissão, que no Brasil, pela TNT e pela Max, ainda teve como problema a falta de sincronicidade com o que acontecia nos Estados Unidos.


Ana Furtado, apresentadora da noite e mais uma vez sem comentários muito pertinentes, admitiu que havia problemas técnicos que fizeram os brasileiros perder, por completo ou em partes, as categorias de curta e longa de animação.


Confira, abaixo, a lista de vencedores do Oscar 2024.


*Melhor filme*


*'Oppenheimer'*


'Ficção americana'


'Anatomia de uma queda'


'Barbie'


'Os rejeitados'


'Assassinos da Lua das Flores'


'Maestro'


'Vidas Passadas'


'Pobres Criaturas'


'Zona de interesse'


*Melhor atriz*


Lily Gladstone - 'Assassinos da Lua das Flores'


Sandra Hüller - 'Anatomia de uma queda'


Carey Mulligan - 'Maestro'


*Emma Stone - 'Pobres criaturas'*


Annette Bening - 'Nyad'


*Melhor direção*


Yorgos Lanthimos - 'Pobres criaturas'


Jonathan Glazer - 'Zona de interesse'


*Christopher Nolan - 'Oppenheimer'*


Martin Scorsese - 'Assassinos da Lua das Flores'


Justine Triet - 'Anatomia de uma queda'


*Melhor ator*


Bradley Cooper - 'Maestro'


Colman Domingo - 'Rustin'


Paul Giamatti - 'Os rejeitados'


*Cillian Murphy - 'Oppenheimer'*


Jeffrey Wright - 'Ficção americana'


*Melhor canção original*


'It Never Went Away', Jon Batiste - 'American Symphony'


'I’m Just Ken', Mark Ronson e Andrew Wyatt - 'Barbie'


*'What Was I Made For?', Billie Eilish e Finneas - 'Barbie'*


'The Fire Inside', Diane Warren - 'Flamin' Hot'


'Wahzhazhe (A Song For My People)', Osage Tribal Singers - 'Assassinos da Lua das Flores'


*Melhor trilha sonora*


Laura Karpman - 'Ficção americana'


John Williams - 'Indiana Jones e a Relíquia do Destino'


Robbie Robertson - 'Assassinos da Lua das Flores'


*Ludwig Göransson - 'Oppenheimer'*


Jerskin Fendrix - 'Pobres criaturas'


*Melhor som*


'Resistência'


'Maestro'


'Missão: Impossível - Acerto de Contas Parte Um'


'Oppenheimer'


*'Zona de interesse'*


*Melhor curta-metragem*


'The After'


'Invincible'


'Knight of Fortune'


'Red, White and Blue'


*'The Wonderful Story of Henry Sugar'*


*Melhor fotografia*


*Hoyte van Hoytema - 'Oppenheimer'*


Matthew Libatique - 'Maestro'


Rodrigo Prieto - 'Assassinos da Lua das Flores'


Robbie Ryan - 'Pobres criaturas'


Edward Lachman - 'O Conde'


*Melhor documentário*


'Bobi Wine: The People’s President


'A memória infinita'


'Four Daughters'


'To Kill a Tiger'


*'20 dias em Mariupol'*


*Melhor documentário em curta-metragem*


'The ABCs of Book Banning'


'The Barber of Little Rock'


'Island in Between'


*'The Last Repair Shop'*


'Nǎi Nai & Wài Pó'


*Melhor montagem*


'Anatomia de uma queda'


'Os rejeitados'


'Assassinos da lua das flores'


*'Oppenheimer'*


'Pobres criaturas'


*Melhores efeitos visuais*


'Resistência'


*'Godzilla Minus One'*


'Guardiões da Galáxia Vol. 3'


'Missão: Impossível - Acerto de Contas Parte Um'


'Napoleão'


*Melhor ator coadjuvante*


Sterling K. Brown - 'Ficção americana'


*Robert Downey Jr. – 'Oppenheimer'*


Mark Ruffalo - 'Pobres Criaturas'


Robert De Niro – 'Assassinos da Lua das Flores'


Ryan Gosling - 'Barbie'


*Melhor filme internacional*


'A sala dos professores' - Alemanha


'Eu, capitão' - Itália


'Dias perfeitos' - Japão


'Sociedade da neve' - Espanha


*'Zona de Interesse' - Reino Unido*


*Melhor figurino*


Jacqueline Durran - 'Barbie'


Jacqueline West - 'Assassinos da Lua das Flores'


*Holly Waddington - 'Pobres criaturas'*


Janty Yates e Dave Crossman - 'Napoleão'


Ellen Mirojnick - 'Oppenheimer'


*Melhor direção de arte*


'Barbie'


'Assassinos da Lua das Flores'


'Oppenheimer'


*'Pobres criaturas'*


'Napoleão'


*Melhor maquiagem e cabelo*


'Golda'


'Maestro'


'Oppenheimer'


*'Pobres criaturas'*


'Sociedade da neve'


*Melhor roteiro adaptado*


*'Ficção americana'*


'Barbie'


'Oppenheimer'


'Pobres Criaturas'


'Zona de interesse'


*Melhor roteiro original*


*'Anatomia de uma queda'*


'Os rejeitados'


'Maestro'


'Segredos de um escândalo'


'Vidas Passadas'


*Melhor animação*


*'O menino e a garça'*


'Elementos'


'Nimona'


'Homem-Aranha: Através do Aranhaverso'


'Meu amigo robô'


*Melhor curta de animação*


'Letter to a Pig'


'Ninety-Five Senses'


'Our Uniform'


'Pachyderme'


*'War Is Over! Inspired by the Music of John & Yoko'*


*Melhor atriz coadjuvante*


Emily Blunt - 'Oppenheimer'


Danielle Brooks - 'A cor púrpura'


America Ferrera - Barbie


Jodie Foster - 'Nyad'


*Da'Vine Joy Randolph - 'Os rejeitados'*

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑