Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Devido às condições de mar grosso e ressaca, buscas desta segunda-feira só ocorrerão por terra

A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 2º Distrito Naval, informa que as buscas que vêm sendo realizadas desde o acidente com a lancha “Cavalo Marinho I” continuaram durante este final de semana (2 e 3) e foram retomadas na manhã desta segunda-feira (4), mas ainda não obtiveram sucesso na localização da vítima desaparecida. Devido às condições de mar grosso, ressaca e vento forte, as buscas desta segunda-feira só ocorrerão por terra, com uma equipe de Fuzileiros Navais embarcados em uma viatura operativa, que percorrerá novamente as praias ao sul da Ilha de Itaparica, entre a ponta do Curral, no município de Valença, e a ponta do Garcia, no município de Jaguaripe.

Até o momento, cerca de 150 militares da Marinha, quatro navios do 2º Distrito Naval e seis embarcações da Capitania dos Portos da Bahia já realizaram buscas em uma área com cerca de 350 km². Em terra, os fuzileiros navais já percorreram cerca de 70 km de praias (ver gravura anexa).

As buscas devem prosseguir até o pôr do sol, podendo ser retomadas nesta terça-feira (5), caso não haja a localização da passageira desaparecida. Diariamente, a continuidade da operação é avaliada com base em fatores como a ampliação da área de buscas e condições meteorológicas.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑