F F | SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.

<;h2>

Seja bem-vindo. Hoje é

Nós apoiamos!

Denúncia

Cidade

Brasil

Mundo

Municípios

Segurança

Esporte

Política

Economia

Turismo

Saúde

Gastronomia

Utilidade Pública

Cultura

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

AromaBahia inaugura seção exclusiva na Florella do Shopping Ponto7 na Pituba

Com mais de 30 anos no mercado de eventos e com seus tradicionais quiosques de flores nos shoppings Barra e Paralela, a Florella acaba de inaugurar sua primeira loja em Salvador, em localização privilegiada, no térreo do Shopping Ponto7, na Pituba. 

Entre as novidades trazidas pela designer de interiores Cidah Silva está a nova seção da AromaBahia – marca de aromatizantes de ambientes criada pelo jornalista Estevão Terceiro com a proposta de oferecer um mix de fragrâncias inspiradas na memória olfativa de praias baianas. “A parceria surgiu da amizade, carinho e admiração que temos pelo trabalho um do outro”, completa Cidah – que já promete movimentar o mercado com seus lindos arranjos naturais, flores desidratadas e diversas criações exclusivas. 

Já para o jornalista Estevão Terceiro, “trazer a AromaBahia para dentro da Florella foi um enorme presente. Além de ampliar nosso raio de atuação na cidade, agora vou ter o prazer de receber nossos clientes pessoalmente na loja – seguindo todos os protocolos de segurança orientados pela Prefeitura de Salvador nessa fase de retomada gradual da economia”. Mais detalhes nos perfis oficiais da @florellaflores_ e da @aromabahia – ambos no Instagram.


 




SERVIÇO | NOVA LOJA FLORELLA COM SEÇÃO EXCLUSIVA AROMABAHIA


Onde >> Rua Vereador Maltez Leone, Shopping Ponto7, Bairro da Pituba


Funcionamento >>> Atualmente de segunda a sábado, das 12h às 20h


Contatos >>> 71 99227-0163 (Florella) e 71 98872-6569 (AromaBahia)



Leia Mais >>

Praças de alimentação em shoppings iniciam fase dois com pouco demanda

As praças de alimentação dos shoppings de Salvador puderam reabrir hoje (10), no início da fase dois da retomada das atividades, com a utilização de mesas e cadeiras para os clientes. Os centros comerciais já haviam sido reabertos desde o último dia 24, mas os estabelecimentos situados nas áreas gastronômicas só podiam comercializar os produtos no sistema delivery ou com retirada no balcão, sem consumo no local. 

Pelo protocolo, as praças de alimentação só podem funcionar com 50% da capacidade, mantendo todas as regras de segurança e preservação da vida, a exemplo do uso obrigatório de máscaras, distanciamento social e limpeza de equipamentos e utensílios. Neste primeiro dia, o movimento foi considerado baixo, conforme esperado pelos centros de compras, que apostam num retorno gradual e seguro da clientela. 

A força-tarefa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) vistoriou durante o dia alguns desses espaços e não encontrou irregularidades. Os grandes shoppings da cidade estão colaborando com a Prefeitura, inclusive incrementando as recomendações, a exemplo de orientar os consumidores a só permanecerem nas praças de alimentação até o término das refeições ou lanches. 

O superintendente do Salvador Shopping, José Luiz Miranda, disse que a reabertura da praça de alimentação, bem como dos restaurantes, bares, lanchonetes, salões de beleza e academias dentro dos centros comerciais, será positivo para recuperar as perdas ocorridas durante a pandemia do novo coronavírus.

“Esse primeiro dia foi muito positivo. A gente está com uma expectativa de aumento em torno de 20% do nosso fluxo, em relação ao que a gente já vinha mantendo (desde o início da fase um da retomada). O que ainda nos dá bastante segurança, porque estamos vendo que é um movimento gradativo, um movimento consciente que o cliente vem fazendo. Nós estamos muito além do que nos foi exigido e isso traz uma certa tranquilidade”, avaliou.

Vale lembrar que todos os setores liberados para reabrir na fase dois da retomada e que ficam dentro de shoppings devem seguir o horário de funcionamento dos centros de compra, ou seja, de segunda a sábado, das 12h às 20h.

 Fotos: Larissa Barreto/Divulgação

Leia Mais >>

Salvador já tem restaurantes ocupando espaço público com autorização

Serviço ágil, seguro e a possibilidade de desfrutar o melhor da culinária brasileira ou estrangeira. Tudo isso aproveitando a brisa marinha, o sol ou o céu noturno soteropolitano. São vantagens oferecidas pelos bares e restaurantes que começam a colocar em prática a ocupação do espaço público com autorização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). 


Até agora, das 77 solicitações, 32 estabelecimentos gastronômicos foram autorizados a disponibilizar mobiliário na calçada ou área pública para atender clientes. Um dos sindicatos do segmento (SHRBS) estima que 4,2 mil bares e restaurantes reabriram neste início da fase dois da retomada das atividades econômicas adequados aos protocolos de segurança da Prefeitura, o que corresponde a 70% dos filiados à entidade. E muitos desses ainda elaboram projetos para ocupação do espaço público.


O restaurante La Pasta Gialla, na Pituba, disponibilizou 60 lugares na reabertura, nesta terça-feira (11), sendo 15 deles a céu aberto, com estrutura montada em um parklet especialmente desenvolvido para o momento. Ao lado do La Taperia, no Rio Vermelho, foi um dos primeiros estabelecimentos a colocar em prática a ocupação autorizada do espaço público, com projeto aprovado pela Sedur.  


“Estou bastante otimista com a retomada. É realmente um momento especial e essa chance de ocupar a rua é excelente. Esperamos que essa iniciativa permaneça mesmo após a pandemia, como já sinalizou a Prefeitura”, disse Marcelo Lauriano, proprietário do empreendimento. 


Ele frisou que, tanto do lado de dentro quanto de fora do estabelecimento, vai cumprir rigorosamente os protocolos da Prefeitura, inclusive normas que são apenas sugeridas, e não obrigatórias, a exemplo do cardápio digital adaptado com leitura de QR-Code. 


"Quem sentar na mesa ganhará lencinho umedecido para higienização. Além disso, nossos funcionários tomaram treinamentos para atender com precauções. Todos eles farão uso de EPIs”, reforça o empresário, acrescentando que o restaurante está funcionando com 50% da capacidade, das 12h às 15h e das 17h às 22h30, ou seja, dentro do que permite o protocolo setorial para bares e restaurantes.  


Diretrizes – Para dar entrada no pedido de uso do espaço público, bares e restaurantes devem seguir as seguintes diretrizes técnicas:  


- Os passeios devem estar livres, com uma faixa de largura mínima de 1,50m para a passagem do pedestre e pessoas com deficiência. Passeios com largura inferior a 1,50m será analisada pela Prefeitura;  


 - A ampliação da área ocupada com mesas, no logradouro público, importará na colocação de grade metálica ou outro elemento de proteção na altura de 1m a 1,50m entre a área ocupada e a faixa de veículos;  


 - Quando o limite da área ocupada por mesas não confrontar com a faixa de veículos, poderá então ser dispensado a grade de segurança, podendo ser utilizado outro elemento de marcação do limite, a exemplo de jardineiras, vasos altos etc.;  


 - O uso de ombrelones ou sombreiros, quando for o caso, deverá ser padronizado por bar ou restaurante segundo escolha do proprietário, garantindo, porém, a harmonia do ambiente;  


 - No caso de dois estabelecimentos que praticam a mesma atividade comercial, a depender do acordo entre os proprietários, o elemento físico de marcação do limite do espaço de cada estabelecimento pode ser dispensado;  


 - No caso do limite entre bares/restaurantes e outras atividades comerciais ou residenciais, o elemento físico de marcação do limite do espaço a ser ocupado pelos bares e restaurantes deverá ter a anuência do vizinho, ainda que seja apenas o uso noturno.  


 - Para a análise é imprescindível a apresentação do layout com dimensões dos elementos visíveis em planta.  


Fotos: Bruno Concha/Secom


Leia Mais >>

Operação apreende pés de maconha em restaurante

 Dois pés de maconha, comprimidos de estimulantes, material para acondicionar drogas e uma espingarda foram apreendidos, na quinta-feira (6), durante uma operação conjunta da 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Euclides da Cunha.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, no restaurante Café da Hora, no Km 196, na BR-116, em Euclides da Cunha, os policiais encontraram ainda porções de maconha, um coldre e munições de diversos calibres. Um homem foi preso em flagrante e conduzido à sede da Coorpin. Todo material será submetido à perícia no DPT.


 


Ascom-PC/Caroline Araújo

Leia Mais >>

Live marca Dia Internacional da Juventude em Salvador

 Em alusão ao Dia Internacional da Juventude, a Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) realiza nesta quarta-feira (12), às 16h, a primeira edição do Protagoniza Jovem. A live será transmitida na página do órgão no YouTube, no endereço www. youtube. com/ channel/ UCJdh-OfJuEVQkC0vvSoPzeQ) , a fim de incentivar e oportunizar a participação dos jovens na construção de políticas públicas na cidade.

Na oportunidade, também será abordado o edital do Conselho Municipal de Juventude (Comjuv), previsto para ser divulgado no Diário Oficial da quinta-feira (13), com o chamamento público para as entidades de jovens que atuam em Salvador. O documento trará todas as regras e cronograma para eleição dos representantes da sociedade civil.

Durante o Protagoniza Jovem acontecerão três debates virtuais. Os encontros abordarão os temas “Mundo Acadêmico”, às 16h25; “Esporte e Cultura”, às 16h45; e “Ciências, Tecnologia e Inclusão Jovem”, às 17h05.

“Precisamos incentivar e fortalecer a participação dos jovens de Salvador nos mais variados espaços, ampliando oportunidades e possibilidades de futuro para eles. Esse é o principal objetivo desse encontro, além do lançamento do edital do Comjuv, onde também iremos explicar como funciona o conselho, prazos e regras”, diz a titular da SPMJ, Rogéria Santos.


Programação 


16h25 - 1º Diálogo Virtual – Mundo Acadêmico


Palestrantes: Antônio Vitor Lima, professor de Literatura do Ingressar


Juliana Gil, aluna do Ingressar, aprovada para USP em Medicina


Gabriel Muniz, aluno do Ingressar, aprovado para Uneb em Medicina


 


16h45 - 2º Diálogo Virtual – Esporte e Cultura


Palestrantes: Julio Santos - militante de movimentos jovens e ex-coordenador do Força Jovem Universal


Sensei Michele Xavier, ABDN- Associação Beneficiete Desportiva Nintai


Douglas Oliveira, faixa preta no Karatê


Renata Gouvêa, boxeadora, 10 vezes campeã baiana e vice-campeã brasileira


Evelin Reis, poetisa do projeto Jovens Pensantes


 


17h05 - 3º Diálogo Virtual – Ciência, Tecnologia e Inclusão Jovem


Palestrantes: Fernanda Mikulski, Analista de Processos e Negócios do Senai Bahia


Edmilson Neto, especialista técnico do Senai Bahia


Ítalo Costa, especialista técnico do Senai Bahia


Beatriz Mota, estudante de Engenharia Mecânica do Senai Cimatec



Leia Mais >>

Salões de beleza retomam as atividades sem barba e maquiagem

 Salões de beleza e barbearias de Salvador retomaram as atividades hoje (10) com uma nova realidade. O funcionamento dos estabelecimentos está condicionado ao cumprimento de protocolos de segurança que envolvem, inclusive, o uso obrigatório de máscara por parte de clientes e trabalhadores o tempo inteiro dentro dos espaços. Ou seja, procedimentos que envolveriam a retirada do utensílio de proteção estão proibidos, a exemplo de maquiagem e barba. 

Com uma rotina diferente, os profissionais desses estabelecimentos passam a realizar atendimento individual e com hora marcada, sempre de segunda a sábado, das 10h às 19h, com 30% da capacidade total do ambiente e efetuando medição de temperatura em funcionários e clientes. Outra medida é que o intervalo entre um cliente e outro deve ser de, no mínimo, 15 minutos, para possibilitar a higienização do local.

Cabeleireira há mais de 15 anos, Rosy Canto comemorou a reabertura do seu salão e reforçou a importância de seguir os protocolos de segurança para a saúde de clientes e trabalhadores. “Estou muito feliz com esse recomeço, estamos nos adaptando a esse novo normal, prezando ainda mais pela vida e saúde das nossas clientes. No começo, foi um susto ter que fechar, mas a gente tinha contato com nossas clientes via Whatsapp e começamos a atender em domicílio. Agora, de volta ao nosso espaço, intensificamos todos os cuidados para realizar os atendimentos”, afirmou a proprietária.

Rosy estudou profundamente o protocolo setorial da Prefeitura, que prevê, ainda, a entrada de acompanhantes apenas para crianças, idosos e pessoas com deficiência. E mais: só é permitida a realização de até dois serviços simultâneos no mesmo cliente, como, por exemplo, cabelo e unha, mantendo o máximo distanciamento possível entre o cliente e os profissionais que estiverem realizando o atendimento.


Apoio a medidas - Cliente de longa data, Cláudia Oliveira foi umas das primeiras a fazer agendamento antecipado para atendimento ao saber da retomada das atividades do espaço de beleza. “Essas medidas que a Prefeitura tem realizado para evitar a contaminação são muito importantes para a população. São cuidados fundamentais para atravessar esse momento difícil que estamos vivendo, principalmente para os comerciantes. Voltar a ser atendida no salão me deixa muito tranquila, segura e feliz por ver que minha cabeleireira já pode fazer trabalho dela aqui no salão”, destacou.  

A maquiadora Milena Tavares lembrou a importância dos cuidados e falou sobre as alternativas que encontrou para mostrar o seu trabalho durante a pandemia. “Nesse primeiro momento, sei que ainda não vou poder retomar as minhas atividades no salão, mas é uma medida necessária para garantir a saúde de todos nós. Vou continuar divulgando o meu trabalho nas redes sociais, investir em aperfeiçoamento de técnicas e fazer vídeos para ensinar aos que acompanham o meu trabalho”, disse.

Outras regras - Nos salões de beleza, barbearias e similares, é recomendado também evitar o compartilhamento, entre os funcionários, de produtos como shampoos, condicionadores e cremes, sendo que, após cada uso, os recipientes devem ser higienizados com água e sabão.

Deve ser mantido o distanciamento de 1,5m entre bancadas, cadeiras e/ou macas de atendimento. Sempre que possível, devem ser utilizadas divisórias confeccionadas com produto de fácil desinfecção para separação das bancadas de trabalho. As portas e janelas abertas precisam ser abertas constantemente para melhorar a ventilação do local. E, havendo ambiente refrigerado, o sistema deve ser mantido em ventilação, não podendo ­ficar no modo de recirculação do ar.

Não é permitida a comercialização ou degustação de alimentos e bebidas no local, inclusive água, café, cappuccino, chá, biscoitos, sequilhos e similares. Só pode ser realizada a comercialização de produtos não alimentícios, desde que industrializados e na embalagem original do fabricante, devendo os mesmos ser devidamente higienizados com álcool 70% no momento da venda.

Os trabalhadores não devem usar adornos do tipo pulseiras, brincos, relógios e anéis, além de evitar unhas de gel e unhas compridas, que dificultam a higienização adequada das mãos. Nas bancadas, devem ser mantidos apenas instrumentos e produtos utilizados durante o atendimento. A roupa de trabalho, as toalhas e os penteadores não descartáveis, após terem sido usados por cada cliente, precisam ser lavados separadamente, a uma temperatura superior a 60º C.

No caso dos utensílios perfurocortantes, como alicates de unha, espátula de metal, navalhas, curetas para podologia, devem ser descartáveis ou de uso pessoal de cada cliente. Caso sejam usados utensílios perfurocortantes reutilizáveis, estes devem ser obrigatoriamente lavados com água e sabão e, posteriormente, esterilizados em autoclave após cada uso. Não é permitido o compartilhamento desses utensílios entre clientes. Os materiais de uso múltiplo, como pentes, tesouras e máquinas de cortar, precisam ser desinfetados após cada uso, segundo as instruções do fabricante.

Para os procedimentos de depilação, os profissionais de estética devem utilizar espátulas e palitos descartáveis. A cera precisa ser acondicionada em outro recipiente próprio e descartada em seguida, juntamente com todos os itens que forem utilizados no atendimento. No caso do uso de pinças, se elas não forem de propriedade do cliente, devem ser esterilizadas em autoclave. Os lençóis precisam ser descartáveis em todos os procedimentos, sendo trocados a cada atendimento. O uso de luvas descartáveis é obrigatório e elas devem ser trocadas a cada atendimento.

Os estabelecimentos devem programar um plano de limpeza, higienização e desinfecção que preveja uma maior freqüência desses cuidados para todas as superfícies, principalmente naquelas em que o toque seja mais freqüente, como mesas de manicure, braços das cadeiras, interruptores e maçanetas.  

Todos os espaços de beleza devem disponibilizar tapetes higienizadores para limpeza dos pés nas entradas dos estabelecimentos. O ambiente deve ser higienizado com álcool a 70% antes da abertura do estabelecimento, incluindo bancadas, utensílios, lavatórios, cadeiras e instrumentos de trabalho. Os estabelecimentos localizados em shopping centers e centros comerciais seguirão o horário desses empreendimentos.   



Leia Mais >>

Salvador alcança meta de cobertura vacinal contra a gripe

 Mais de 814 mil pessoas do público-alvo foram vacinadas em Salvador durante a campanha nacional de vacinação contra gripe iniciada em 23 de março. Com isso, o município atingiu nesta terça-feira (11), a meta de imunizar pelo menos 90% do público alvo. O empenho das equipes na estratégia e a procura da população evitou sobrecarga dos leitos de hospitais e emergências nesse momento delicado de pandemia do novo coronavírus.

"O resultado é satisfatório, pois dessa forma inibimos consideravelmente a circulação do vírus na cidade, fazendo com que a doença não se propague com intensidade, ainda mais na estação mais fria do ano. Muito do sucesso de adesão que conseguimos alcançar se deve à implantação do sistema Drive Thru, que garantiu agilidade na proteção e evitou aglomeração durante a pandemia. Os profissionais de saúde, como os vacinadores foram fundamentais para o mecanismo da ação”, celebrou a subcoordenadora de doenças imunopreveníveis, Doiane Lemos.

Doiane destaca ainda que apesar da Campanha estar aberta para o público em geral, os pais devem estar atentos ao intervalo de 30 dias para a segunda dose que pede o esquema vacinal de crianças de seis meses e menores de seis anos que foram imunizadas pela primeira vez com a vacina influenza este ano.

“Das 30 mil crianças que se imunizaram com a primeira dose, 18 mil ainda não retornaram aos postos para completar a vacinação e efetivar a proteção, o número é muito alto e preocupante, já que estamos em um período que historicamente é maior a circulação do vírus da influenza na cidade”.

A vacinação é a principal medida preventiva contra a doença e seguirá disponível até o dia 30 de agosto nas 142 salas de imunização da rede municipal, das 08h às 17h, além dos outros três pontos que funcionam em sistema drive thru na Faculdade Bahiana de Medicina, no Cabula; e no Atacadão Atakarejo de Fazenda Coutos e no Outlet Center, no Uruguai das 8 às 14 horas.


Leia Mais >>

Apenas sete drogarias têm autorização para testes rápidos de Covid-19

 Equipes da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa), vinculada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), fazem continuamente fiscalizações em estabelecimentos que disponibilizam testes para detecção do novo coronavírus. Nesse período de pandemia, o órgão chegou a suspender o serviço em cinco drogarias que não estavam autorizadas a realizar o procedimento.  

Além das unidades públicas de saúde da capital, os exames para diagnóstico da doença têm sido ofertados em laboratórios (por meio de testes rápidos, sorológicos ou através de cotonetes que coletam secreção do nariz e garganta, o chamado RT-PCR) e drogarias (estes estabelecimentos só estão autorizados a disponibilizar testes rápidos).

Até o momento, a Visa deu aval para que sete drogarias da cidade apliquem os testes na população. São duas lojas da Pague Menos, na Pituba e na Barra; duas da Drogasil, na Graça e Barra; uma da Globo, na Graça; uma Extrafarma, na Pituba; e uma São Paulo, no Canela. Uma outra unidade da São Paulo, localizada no Jardim Apipema, fez a solicitação e aguarda o processo de autorização. 

Todas essas as lojas que tiveram autorização deferida possuem sala para prestação de serviços farmacêuticos e contam com a presença de um profissional legalmente habilitado.    

“Cada Vigilância Sanitária distrital possui uma agenda de inspeções, priorizando neste momento a ações voltadas para a prevenção da Covid-19. Assim que o estabelecimento solicita a autorização especial, a equipe de farmacêuticos vai verificar se o local está em conformidade com a legislação. Até hoje, o Distrito Sanitário de Salvador em que houve mais pedidos foi o Barra/Rio Vermelho, seguido de Brotas”, destaca a chefe do Setor de Serviços da Visa, Neyla Nascimento.    

Para fazer o exame RT-PRC, os laboratórios devem estar autorizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). No caso das drogarias, os testes rápidos só podem ser feitos após o pedido ser aprovado junto à Visa.    

*Como funciona* - Nos laboratórios, a testagem pode acontecer nas próprias dependências dos estabelecimentos, via sistema drive-thru (onde o paciente fica no carro) ou através da modalidade extramuro.  

Para os testes em drive-thru ou fora das instalações, há algumas exigências a serem cumpridas. Dentre elas estão o envio de requerimento preenchido pelo responsável técnico e/ou responsável legal; Documento de Arrecadação Municipal (DAM) referente à Taxa de Emolumento quitado; e layout da área onde vai ser feita a coleta, demonstrando o fluxo de atendimento entrada e saída de veículos.   

Já a drogaria que ofereça o serviço de testes para diagnóstico de Covid-19 deve seguir as Boas Práticas Farmacêuticas, nos termos da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 44. Os exames devem ser feitos por um farmacêutico treinado. Além disso, esses locais precisam contar com dispositivos devidamente regularizados junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e garantir o registro e rastreabilidade dos resultados.  

Outra exigência é que deve ser delimitado o fluxo de pessoal e áreas de atendimento, espera e pagamento diferentes para os usuários que buscam os testes em relação aos clientes que procuram outros tipos de serviços na drogaria.

Os documentos apresentados para autorização junto à Visa são os mesmos exigidos para os laboratórios. Vale ressaltar que não é permitido drogarias realizarem testes rápidos sob forma de drive-thru e extramuro.  


Denúncia - A população pode denunciar casos de irregularidades nos serviços ofertados por laboratórios ou drogarias. A Visa recomenda que, ao utilizar o serviço, primeiramente o cliente pode certificar se o estabelecimento possui Autorização Especial emitido pelo órgão, bem como checar as condições de higienização e atendimento aos protocolos para prevenção da Covid-19.  

Os canais para encaminhamento das denúncias são Ouvidoria Geral do Município (OGM), pelo Fala Salvador 156, ou através do e-mail visaservicos1 @ gmail. com.  


Leia Mais >>

Prefeitura inaugura SIMM exclusivo para mulheres nesta quarta (12)

 A Prefeitura inaugura nesta quarta-feira (12) o Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-Obra (SIMM) exclusivo para atender mulheres que buscam vaga no mercado de trabalho. O espaço mulher vai ficar localizado no mesmo prédio do SIMM, na Rua Miguel Calmon, 506 , no Comércio, em Salvador, onde acontece a solenidade organizada pela Secretaria Municipal do Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), a partir das 9h.

O SIMM Mulher contará com elenco de atendentes capacitadas para uma assistência mais humanizada e personalizada, com uma abordagem ainda mais acolhedora e atenta às especificidades do público feminino. Serão disponibilizados serviços como captação e oferta de vagas de emprego, emissão de carta de emprego e acesso a cursos e oficinas.


Leia Mais >>

Acidentes domésticos com idosos crescem na pandemia

 Com o confinamento de milhões de pessoas no país devido à pandemia do novo coronavírus, o alerta para acidentes domésticos ascendeu. Segundo dados da Universidade de São Paulo (USP), no Brasil, 29% dos idosos caem ao menos uma vez ao ano e 13% caem de forma recorrente – neste período de isolamento social, o número chegou a 30%.

O número de quedas, entre as pessoas com mais de 60 anos, saltou desde que as pessoas têm evitado sair de casa por causa do risco de contágio. Antes dos efeitos da pandemia, em janeiro e fevereiro deste ano, os atendimentos feitos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Salvador foi de 127 casos por mês. Já em maio, o total foi de 188 registros, representando aumento de 48%.

Crianças e idosos pertencem ao grupo de pessoas mais suscetíveis a acidentes domésticos. No entanto, são os idosos que são mais vulneráveis a quadros mais graves. Dentre os acidentes mais comuns, a queda é o que traz mais risco de complicações, pois muitas vezes causam lesões na cabeça, alertam especialistas.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil registrou 301.479 internações por acidentes domésticos neste ano. Entre os acidentes mais comuns, estão quedas, queimaduras e afogamentos. A demora em procurar ajuda especializada impede o tratamento de situações importantes e, consequentemente, gera um aumento das sequelas causadas pelo acidente, pontua Angelina Oliveira, enfermeira e diretora da Padrão Enfermagem Salvador, empresa especializada na intermediação de profissionais de enfermagem e cuidadores de idosos, adultos e crianças.

A Padrão Enfermagem Salvador oferece serviços que vão de procedimentos pontuais, como administração de medicamentos, monitoramento de sinais vitais e testes de glicose; passando pelo acompanhamento integral com cuidadores de crianças e idosos que, além de tratar da saúde dos pacientes, auxiliam com tarefas de higiene e fazem companhia no dia a dia; até um trabalho efetivo de enfermagem e acompanhamento hospitalar para quadros de maior complexidade. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 99636-7676.

A diretora da empresa reforça a necessidade da busca por cuidadores nesse período. “Famílias com idosos têm visto a necessidade de contar com profissionais qualificados para garantir os mais diversos cuidados com a saúde de um ente querido”, ressalta Angelina Oliveira.


 


“A nossa casa pode se tornar um ambiente seguro para se estar, há mecanismos de isolamento redobrados para evitar o risco de contágio pelo vírus. Se um ente querido possui algum problema de saúde que requer acompanhamento, ficar sem os devidos cuidados por causa do isolamento não é uma boa decisão”, conclui a diret

Leia Mais >>
 

Solenidades

Filme: Bicho de Sete Cabeças

Artigos

Festas Populares

Gastronomia

Teatro

Acontece Aqui

Show

SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑