F F | SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.

<;h2>

<;h2>
REDAÇÃO: (71) 99172-9696
Seja bem-vindo. Hoje é

Nós apoiamos!

Denúncia

Cidade

Brasil

Mundo

Municípios

Segurança

Esporte

Política

Economia

Turismo

Saúde

Gastronomia

Utilidade Pública

Cultura


Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Auditoria do TCE constata atraso no repasse de recursos para o transporte escolar

Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) verificou irregularidades na transferência de recursos estaduais oriundos do Programa Estadual de Transporte Escola (PETE) para 246 municípios baianos, em 2019. De acordo com o trabalho auditorial, apenas 30% dos municípios receberam a 1ª parcela dos recursos em maio, nenhum recebeu a 2ª parcela em junho, e somente um recebeu a 3ª parcela em setembro. A verificação dos auditores serve de base para o processo que será julgado pelo Plenário do TCE/BA.

De janeiro a julho de 2019, foram repassados R$ 31.251.568,13, e constatou-se que os valores transferidos pelo Estado costumam ser menores do que o devido aos municípios. Os gestores municipais relataram a dificuldade na prestação do serviço de transporte escolar e alegaram a repercussão originada pela insuficiência dos recursos transferidos pelo estado, tendo em vista a demanda existente.

A equipe de auditoria, coordenada pela 5ª Coordenadoria de Controle Externo do TCE/BA, visitou nove escolas de quatro municípios baianos, constatando ainda irregularidades na aplicação dos recursos públicos para transporte escolar. Dentre os principais problemas ocasionados pelo atraso no repasse dos recursos e pela falta de fiscalização na prestação dos serviços pelo estado, destacam-se a falta do transporte escolar, veículos em péssimo estado de conservação e condutores sem a certificação do Curso Especializado para Formação para o transporte escolar.



TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS

As contratações dos veículos para transporte escolar é realizada pelos municípios, entretanto, como repassador de recursos, compete ao estado verificar a aplicação do dinheiro e a qualidade dos serviços prestados às escolas de ensino médio beneficiárias dessa ação estatal. Foi selecionada uma amostra para verificar os problemas existentes na prestação do serviço de transporte escolar em escolas do ensino médio. De modo geral, constatou-se que a frota é insuficiente para atender à demanda da rede escolar, gerando a necessidade de locação de veículos ou terceirização dos serviços, para a complementação.

Os auditores encontraram ainda irregularidades como veículos com vida útil superior à recomendada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (dos 79 veículos, apenas três estariam aptos ao transporte escolar, já que os demais estão com tempo de vida útil superior aos sete anos recomendados); falta de inspeções periódicas dos veículos junto ao Detran (duas vezes ao ano) para verificação de equipamentos de segurança; ausência da autorização emitida pelo órgão ou entidade, executivos de trânsito; ausência de utilização do tacógrafo e outros sem funcionamento; ausência de cintos de segurança para os passageiros e ausência da faixa horizontal externa na lateral do veículo, de cor amarela, com a palavra “Escolar”.

Unidades escolares visitadas da rede estadual 

Centro Estadual Chocolate Nelson Schaum (CEEP)
Ilhéus

Colégio Estadual do Iguape
Ilhéus

Colégio Estadual do Ceará
Ilhéus

Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães
Itabuna

Colégio Estadual Sesquicentenário (CISO)
Itabuna

Centro Est. de Educação Profissional em Biotecnologia (CEEP)
Itabuna

Colégio Estadual Dr. Aristides Maltez
Jaguaripe

Colégio Estadual Des. Júlio Virgínio de Santana
Vera Cruz

Colégio Estadual Juracy Magalhães Júnior
Vera Cruz
Leia Mais >>

Produção industrial baiana recuou 3,5% em novembro

Em novembro de 2019, a produção industrial (de transformação e extrativa mineral) da Bahia, ajustada sazonalmente, recuou 3,5% frente ao mês imediatamente anterior, após avançar 0,9% em outubro. Na comparação com igual mês de 2018, a indústria baiana assinalou queda de 2,2%. No acumulado do ano houve redução de 2,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado dos últimos 12 meses ocorreu queda de 2,5% frente ao mesmo período anterior. As informações fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sistematizadas nesta terça-feira (14) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). 

Análise dos Setores de Atividade

No confronto de novembro de 2019 com igual mês do ano anterior, a indústria baiana apresentou declínio de 2,2%, com sete das 12 atividades pesquisadas assinalando queda da produção. As contribuições positivas vieram de Derivados de petróleo (24,7%), Bebidas (18,3%), Veículos (6,1%), Produtos de borracha e de material plástico (8,5%) e Equipamentos de informática e produtos eletrônicos (8,5%). O setor Produtos químicos (-42,8%) apresentou a principal contribuição negativa no período, explicada, especialmente, pela menor fabricação de etileno não saturado, polietileno linear, propeno não saturado, amoníaco e ureia. Outros resultados negativos no indicador foram observados nos segmentos de Metalurgia (-11,3%), Couro, artigos para viagem e calçados (-18,2%), Extrativa mineral (-9,9%), Produtos alimentícios (-3,4%), Minerais não metálicos (-3,0%) e Celulose, papel e produtos de papel (-0,8%).

No acumulado de janeiro a novembro de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial baiana registrou queda de 2,8%. Positivamente, destacou-se o segmento Metalurgia (12,2%), impactado, principalmente, pela maior fabricação de barras, perfis e vergalhões de cobre e de ligas de cobre e ouro em formas brutas. Vale citar ainda os avanços em Bebidas (16,4%),  Minerais não metálicos (12,0%) e Derivados de petróleo (0,8%). Sete dos 12 segmentos da Indústria geral influenciaram o resultado negativo, com destaque para Produtos químicos, que declinou 16,9%, principalmente por causa da menor fabricação de amoníaco, ureia e etileno não saturado. Importante ressaltar também os resultados negativos assinalados por Celulose, papel e produtos de papel (-8,1%), Veículos (-3,7%), e Produtos alimentícios (-2,3%).

No acumulado dos últimos 12 meses, na comparação com o mesmo período anterior, a taxa da produção industrial baiana foi de -2,5%. Positivamente, destacaram-se Metalurgia (13,6%), Minerais não metálicos (12,5%) e Bebidas (16,4%). Sete dos 12 segmentos da Indústria geral influenciaram o resultado no período, com destaque para Produtos químicos, que teve queda de 17,1%, Veículos (-4,1%), Celulose, papel e produtos de papel (-7,8%) e Produtos alimentícios (-1,9%).



Comparativo Regional

A queda no ritmo da produção industrial nacional, com taxa de -1,7%, na comparação entre novembro de 2019 com o mesmo mês do ano anterior, foi registrado em nove dos 14 locais pesquisados, com destaque para os recuos mais acentuados de Espírito Santo (-24,3%), Minas Gerais (-8,5%) e Rio Grande do Sul (-5,5%). Por outro lado, Rio de Janeiro (13,3%), Amazonas (11,5%) e Goiás (10,3%) registraram as maiores taxas nesse mês.

No acumulado de janeiro a novembro de 2019, seis dos 14 locais pesquisados registraram taxa negativa, com destaque para Espírito Santo (-14,9%), Minas Gerais (-4,9%), Mato Grosso (-2,9%), Bahia (-2,8%) e Pernambuco (-2,4%). Por sua vez, Paraná (5,4%) e Amazonas (3,5%) exibiram os maiores avanços no período.


Leia Mais >>

Lavagem do Senhor do Bonfim chega a 275 anos



A maior festa religiosa da Bahia reuniu católicos, candomblecistas e turistas na caminhada de fé em saudação ao santo, Oxalá, para quem é de candomblé. Milhares de pessoas se uniram na manhã desta quinta-feira (16) para celebrar a maior manifestação religiosa da Bahia (A Lavagem do Bonfim). A multidão seguiu um cortejo do bairro do Comércio até a colina sagrada, a pé, em um percurso de cerca de 8 Km. "Quem tem fé, vai a pé."

Ao Salvador Notícias, uma mulher muito alegre e que marca presença todos os anos, falou ao portal: "Antes de marcar 7 hrs da manhã, a multidão envolta da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, onde inicia o cortejo, era impressionante. Coisa mais linda! Você tinha que ter visto, Van. — Disse Ana Maria Silva, 63 anos, massoterapeuta do Yacht Clube da Bahia. Este ano ela saiu no bloco tomba, com o namorado, que aproveitou bastante a festa. O casal dançou, comeu feijoada depois do cortejo e se divertiram juntos.

Desde os primórdios, tradicionalmente é da igreja da padroeira do Estado, que a imagem do Senhor do Bonfim sai até chegar na Colina Sagrada, localizada no bairro do Bonfim. A imagem do Senhor do Bonfim (para os católicos) ou de Oxalá (para os candomblecistas) foi levada em uma caravela, produzida pelo artista plástico Zaca Oliveira (filho da Cidade Baixa), com detalhes em azul, com o intuito de simbolizar o mar.

A caravela é alusiva aos 275 anos da chegada do Senhor do Bonfim em Salvador, no dia 18 de abril de 1745. A ideia, pela primeira vez, foi para lembrar que o Senhor do Bonfim chegou qui pelo mar, em uma caravela", Disse Padre João, ligado a igreja do Bonfim.

História:
A devoção ao Senhor do Bonfim foi introduzida no Brasil no século XVIII por um capitão português que tinha realizado uma promessa caso sobrevivesse a uma tempestade no mar. O Senhor do Bonfim, uma representação de Jesus Cristo, é alvo de grande devoção, sobretudo em Salvador, capital do estado da Bahia. O culto ao Senhor do Bonfim é bem parecido com o que acontece com a Virgem Maria, figura cultuada no catolicismo sob diferentes nomes. No caso do Senhor do Bonfim, a devoção é realizada sob a imagem de Jesus Cristo crucificado.

Como o culto ao Senhor do Bonfim chegou ao Brasil?


O culto ao Senhor do Bonfim foi trazido para o Brasil em meados do século XVIII. Essa devoção foi introduzida no país por Theodósio Rodrigues de Faria, capitão de mar e guerra da Marinha portuguesa que chegou a ocupar cargos na administração colonial. Theodósio era dono de três navios negreiros, que traziam escravos da África Ocidental para o Brasil.
Durante uma tempestade marítima, Theodósio prometeu que, caso sobrevivesse, faria um esforço e traria, pessoalmente, uma imagem do Senhor do Bonfim e da Nossa Senhora da Guia para o Brasil.
Quando Theodósio trouxe a imagem do Senhor do Bonfim para Salvador, ele e outros devotos tentaram criar uma irmandade oficial com o objetivo de promover culturalmente a devoção ao Senhor do Bonfim. Essa irmandade teria a função de cuidar do templo construído ao Senhor do Bonfim e da realização da festa. No entanto, a criação dessa irmandade não foi autorizada.
Depois que o Senhor do Bonfim foi introduzido no Brasil, sua devoção tornou-se bastante popular em Salvador. Com o passar do tempo, esse culto foi sendo incrementado por novas tradições, como a prática da lavagem da escadaria e o uso das fitas como amuletos. O padroeiro oficial de Salvador é São Francisco Xavier, logo, Senhor do Bonfim é considerado o padroeiro não oficial da cidade.

Quando foi fundada a Igreja do Bonfim?

A construção da Igreja do Bonfim iniciou-se logo depois que Theodósio trouxe as imagens do Senhor do Bonfim e da Nossa Senhora da Guia para o Brasil, em 18 de abril de 1745. A imagem do Senhor do Bonfim era uma réplica daquela que estava em Setúbal, cidade natal de Theodósio.
Enquanto o templo estava em construção, as imagens foram depositadas na Capela da Penha. Como local para a construção da igreja foi escolhida uma colina que ficava em uma propriedade chamada Alto do Mont Serrat. Com o tempo, essa colina passou a ser conhecida como Colina do Bonfim.

Em 1754, as obras internas da Igreja do Bonfim ficaram prontas. No dia 24 de junho daquele ano, aproveitando os festejos juninos, a imagem do Senhor do Bonfim foi transferida, em uma procissão, da Capela da Penha para a Colina do Bonfim. As obras da igreja encerraram-se em 1772, quando as torres da Igreja do Bonfim foram finalizadas.

Colaboração: Van Amorim


Leia Mais >>

Sustentabilidade é uma das características da nova fragrância do Boticário

O Floratta Love Flower tem sua embalagem feita a partir de matéria-prima reciclável


A nova fragrância do Boticário, Floratta Love Flower, traz uma grande novidade: a tampa do frasco é produzida a partir de SURLYN™ reciclado. Por ter uma grande complexidade, essa matéria-prima, apesar de ser reciclável em outras categorias, na cosmética até pouco tempo não era viável. O Boticário desenvolveu um processo inédito na América Latina para a reciclagem de tampas de perfumaria produzidas com a resina. E agora começa a utilizar o material reaproveitado nas novas embalagens. “O desenvolvimento dessa tecnologia causa pouco impacto na coloração das novas tampas, resultando em um acabamento muito próximo ao da resina original. Assim, podemos usá-la sem nenhuma perda de qualidade e sofisticação na embalagem”, explica Diego Costa, gerente de perfumaria da marca. E não são só as tampas que são reaproveitadas. Por meio do Boti Recicla, seu programa de logística reversa – o maior do país em pontos de coleta – a marca recolhe e destina para reciclagem as embalagens pós-consumo. Todas as mais de 3.700 lojas da marca estão preparadas para receber e direcionar esse resíduo para cooperativas homologadas.

O lançamento, que já está nas lojas da marca, com as revendedoras e no e-commerce (www.boticario.com.br), chega com valor promocional e descontos de até 30% em toda a linha Floratta.

Serviço: 

Floratta Love Flower Desodorante Colônia, 75ml
Preço promocional de lançamento: R$ 75,90
Saída: Cocktail de cítricos, Orvalho da manhã, Pêssego, Cassis, Ruibarbo
Corpo: Magnólia, Angélica, Gardênia, Rosa, Flor de Mariposa, Immortelle, Fresia
Fundo: Musk Branco, Cashmere, Sândalo, Cedro, Patchouli


Leia Mais >>

‘Rebola!’ reestreia no Teatro Gregório de Mattos

Espetáculo tem curta temporada com quatro apresentações em janeiro e fevereiro



O espetáculo Rebola!, vencedor do Prêmio Braskem de Melhor Espetáculo Adulto (2017), volta para uma curta temporada no Teatro Gregório de Mattos em janeiro e fevereiro. Realizado pelo Teatro da Queda, com direção de Thiago Romero e texto de Daniel Arcades, Rebola! é uma homenagem à criação e resistência de espaços de articulação para a comunidade LGBTQI. As apresentações acontecem nos dias 24 e 31 de janeiro e 7 e 14 de fevereiro, sempre às sextas-feiras, às 19h. As apresentações integram as ações de lançamento de outro espetáculo do mesmo grupo, o musical NAU, que está em fase de seleção de elenco. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e custam R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira).

Inspirado em um dos grupos de teatro mais importantes do Brasil na década de 70, os Dzi Croquettes, Rebola! transforma o palco do teatro no bar Xampoo e conta a história do fechamento do estabelecimento gay e de seu proprietário, Lobo. Inconformados, jovens atores transformistas bolam uma noite dançante e cheia de números cômicos, com muito rebolado, para convencer a Lobo de não fechar o bar.

“O espetáculo alerta para a necessidade de espaços de resistência, em que o público LGBTQI se sinta à vontade para se articular. Rebola foi resultado de um processo vivido no Beco dos Artistas e nasce como um ato político a favor do amor, do respeito e da cidade”, resume Thiago Romero, diretor do espetáculo. No elenco, o veterano Hamilton Lima é o convidado especial para o papel de Lobo, com ele estão os atores Gustavo Nery, Fernando Ishiruji, Victor Corujeira, Genário Neto, Thiago Almasy, Rodrigo Villa, Diogo Teixeira, Caíque Copque e Sulivã Bispo.

Resultado da ocupação artística realizada no Beco dos Artistas, Rebola! estreou em junho de 2016 sendo assistido por mais de três mil pessoas. Em julho do mesmo ano, realizou temporada no Teatro Gregório de Mattos, e, no mesmo espaço, em setembro, foi apresentado durante o FILTE Bahia – Festival Latino Americano de Teatro da Bahia. Indicado ao Prêmio Braskem de Teatro em quatro categorias – Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Texto e Melhor Espetáculo Adulto, foi vencedor nessas duas últimas.

Nau

A temporada especial em cartaz de Rebola! integra o lançamento do espetáculo musical NAU, comédia que tem realização da Via Press Comunicação e do Teatro da Queda, com financiamento via edital Fábrica de Musicais - Ano II, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador. Em fase de seleção de elenco, NAU tem inscrições abertas para a sua oficina de imersão que, além de promover formação voltada para teatro, irá preencher as vagas disponíveis para o espetáculo. As vagas são limitadas e estão abertas até o dia 31 de janeiro. Podem se inscrever atores, bailarinos e cantores. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site bit.ly/37Mw6Xv e a seleção para participação envolve análise do formulário preenchido e vídeo teste.



SERVIÇO:
Espetáculo Rebola!
Local: Teatro Gregório de Mattos (Praça Castro Alves, s/n – Centro)
Datas: 24 e 31 de janeiro; 7 e 14 de fevereiro, sempre às sextas-feiras
Horário: 19h
Ingressos: R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira)
Vendas: pela internet, no link sympla.com.br/rebola__758092
Informações: (71) 3202-7888
Leia Mais >>

Passarelas na Avenida Bonocô passam por manutenção

Duas passarelas localizadas na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), nas imediações da Casa Eloy e da Escola da Bíblia, estão sendo recuperadas pela Prefeitura devido ao desgaste provocado pela ação do tempo. Desde o último desde o dia 8, as equipes da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) fazem a troca ou reparo em pisos, remoção de pichações, retirada de oxidação e troca das estruturas metálicas e pinturas, além da limpeza e higienização, dentre outros itens.

A maioria das ações é concentrada no horário entre 23h e 5h do dia seguinte, para evitar problemas de mobilidade aos usuários. O prazo para conclusão das intervenções é de 120 dias e o investimento municipal é de R$2,4 milhões. 

Outros dois equipamentos localizados na Avenida Vasco da Gama também passarão por recuperação completa: são as passarelas nas imediações da antiga Perini e do Baratão. Elas farão parte do projeto do BRT, que já está em licitação. 

Os materiais como pisos de concreto, produtos metálicos e de pintura que são aplicados na manutenção das estruturas são produzidos na própria fábrica da Desal, na BR-324. Ao todo, Salvador possui 40 passarelas instaladas nas principais vias da cidade, sendo 12 delas de responsabilidade da CCR Metrô Bahia e as outras 28 da gestão municipal.

Leia Mais >>

Programas municipais oferecem descontos na hora de pagar o IPTU

Como forma de contribuir para a preservação ambiental e incentivar a sustentabilidade nas residências e construções, projetos como o IPTU Verde e IPTU Amarelo oferecem descontos na hora de pagar o imposto predial. Ou seja, são uma ótima opção para conciliar sustentabilidade e economia tributária.

Criado em 2015, o IPTU Verde concede desconto de até 10% no tributo a proprietários de imóveis a cada atitude sustentável realizada em casas ou prédios. O uso de economizadores de água, descargas de vasos sanitários de comando duplo e fontes alternativas de energia são algumas das 70 práticas necessárias para pontuar no programa. Ao atingir o mínimo de  50 pontos, o consumidor entra para a categoria bronze, tendo desconto de 5%. Quem fizer 70 pontos recebe 7%. E para atingir a categoria ouro, que dá 10% de abatimento, é necessário fazer 100 pontos.

Desde o lançamento do IPTU Verde, a Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) registrou 27 solicitações para adesão ao programa. Dessas edificações, seis já foram certificadas e sete estão em processo de avaliação. Outros 14 empreendimentos receberam a Outorga Verde, que se dá durante o licenciamento de novos empreendimentos – uma vez concluídas as obras, também serão contemplados com o desconto no tributo.

As práticas sustentáveis realizadas no Condomínio Civil Towers renderam ao empreendimento mais de 70 pontos, concedendo desconto de 7% no tributo após a adoção de medidas que contribuem para a preservação ambiental.

Conforme o arquiteto James Lima, da Civil Construtor - responsável pela construção do Civil Towers - o empreendimento passou por modernizações para adaptar soluções e conseguir se adequar a proposta do programa. “Além do benefício econômico ao utilizar tecnologias sustentáveis nas construções, é importante que se pense na melhoria da qualidade de vida e na consciência de preservação do meio ambiente”, destacou.

Solar - Criado em 2018, o IPTU Amarelo é uma certificação sustentável que oferece descontos para proprietários de residências e condomínios de casas que implantarem o sistema de geração de energia solar fotovoltaica, conforme a quantidade de eletricidade limpa gerada e de algumas exigências analisadas por instituições como Coelba e Secis.

Funciona assim: a energia produzida pelo sistema deve corresponder a um percentual mínimo consumido pelo imóvel, que é enquadrado em uma das três categorias: Ouro, Prata ou Bronze. Para participar da categoria Ouro, é necessário que a geração de energia seja correspondente a no mínimo 90% do que é consumido. O desconto, neste caso, será de 10% no valor do IPTU.

Desde o início do programa, a Secis registrou 19 adesões. Dessas solicitações, 11 empreendimentos foram certificados na categoria Ouro. Outras sete na categoria Prata, que fornece 7% de desconto, e um empreendimento na Bronze, cujo percentual é de 5%.

Há quase dois anos, o engenheiro civil Luís Carlos Faria implantou o sistema de energia fotovoltaica em sua residência. Ele contou que, no final do ano passado, após conhecer o programa IPTU Amarelo, realizou o cadastro e foi agraciado com o selo ouro.

“Já iniciei o ano recebendo o novo carnê do IPTU constando uma redução de 10% em relação ao que paguei ano passado. Esse é um excelente incentivo para que o consumidor possa se interessar em utilizar esse tipo de sistema e consequentemente contribuir com o meio ambiente”, pontuou.

Leia Mais >>

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Brasileiro de Snipe 2020 confirma mais de 30 barcos em Salvador (BA)


Competição será realizada de 17 a 25 de janeiro, no Yacht Club da Bahia


A organização do Campeonato Brasileiro de Snipe 2020 confirmou mais de 30 barcos na competição, que será realizada de 17 a 25 de janeiro, no Yacht Club da Bahia (YCB), em Salvador (BA).

O resultado da 71ª edição do nacional será utilizado para a formação da equipe brasileira no Western Hemisphere and Orient Championship 2020, principal evento internacional da classe na temporada.

Recentemente, o País sediou o Mundial de Snipe, com mais de 70 velejadores de 11 países. O evento foi realizado em Ilhabela (SP) no mês de outubro de 2019. As duplas brasileiras somam ao todo 14 títulos mundiais.

Os atuais campeões brasileiros são Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling. A competição foi disputada na Represa do Guarapiranga, em São Paulo (SP). O gaúcho Alexandre Paradeda, inclusive, é o maior vencedor da competição com 13 títulos.

O Brasileiro de Snipe é realizado desde 1949.

''A categoria é uma das mais disputadas no Brasil, formando nomes como Torben Grael e Lars Grael. O grande número de regatas nacionais, a organização das flotilhas regionais e a competitividade do Snipe são os pilares desse sucesso'', explicou Paola Prada, coordenadora da classe Snipe.

Equilíbrio na raia 

Bicampeões mundiais de Snipe em 2009 e 2013, Bruno Bethlen e Dante Bianchi voltam a formar dupla depois de alguns anos para o Brasileiro 2020. Os dois somam oito títulos nacionais na categoria.

Após o mundial de Ilhabela (SP), as equipes têm novas formações e objetivos para a temporada da vela, que só está começando. Um dos exemplos é troca da tripulação Campeã Mundial Jr. de 2019. O proeiro Leonardo Motta mudou de parceiro e estará nas águas da Bahia com Felipe Rondina. Já o timoneiro Gustavo Abdulklash não confirmou sua dupla

''Espero um campeonato brasileiro com boas condições de velejo na Baía de Todos-os-Santos e me divertir, acima de tudo'', disse Leonardo Motta.

O baiano Mateus Tavares, campeão mundial de Snipe em 2015, estará na disputa do Brasileiro 2020 ao lado de Flávio Castro.

O timoneiro ficou em sexto em Ilhabela (SP) e de lá pra cá ficou fora das regatas. ''Será meu retorno à classe após o Mundial do ano passado. Vamos tentar fazer o melhor possível e se divertir. Mesmo não estando ativo na classe, vamos tentar chegar nas cabeças'', contou Mateus Tavares.

Bronze no Pan de Lima 2019, os baianos Juliana Duque e Rafael Martins estão confirmados na disputa 'em casa'. Conhecer a raia da Baía de Todos-os-Santos pode favorecer os velejadores do YCB.

Outro destaque será a dupla formada pelos adolescentes Ellion Santana e Leonardo Prada Lorenzi.

''Queremos aproveitar o máximo de experiência que vamos adquirir tanto na Baía de Todos-os-Santos participando das regatas, assim também, em terra (no clube) com outras pessoas do Brasil que vão estar lá, trocar experiências, falar sobre regatas, e o mais legal de tudo não deixando de lado o velejo'', disse Leonardo Prada Lorenzi.

Baixe o Aviso de Regata do 71º Campeonato Brasileiro de Snipe

Lista de campeões

1949 - Joseph William Morris Brown / Peter Mac Gregor
1951 - Paulo Von Schilgen/ Jorge Burns
1952 - Ademar Bezerra de Melo/ Arnaldo Bastos
1955 - Gabriel Gonzales / Nelson Piccolo
1956 - Gabriel Gonzales / Nelson Piccolo e Alfredo Bercht / Eduardo Jacobson
1957 - Kurt Keller / Sérgio Christo
1958 - Gabriel Gonzales / Nelson Piccolo
1959 - Gabriel Gonzales / Nelson Piccolo
1960 - Gabriel Gonzales / Nelson Piccolo
1965 - Axel Schmidt / Erik Schmidt
1966 - Nelson Piccolo / Carlos Lorenzi
1967 - Nelson Piccolo / Carlos Lorenzi
1968 - Cristiano Pontes / José Pontes
1970 - Axel Schmidt / Arnaldo Caldas
1971 - Gastão Altmayer / Host Brandau
1974 - Marco Aurélio Paradeda / Reiner Weipercht
1975 - Marco Aurélio Paradeda / Herbert Heidrich
1976 - Marco Aurélio Paradeda / Luiz Penjovic
1978 - Ivan Pimentel / Alex Weil
1979 - Boris Ostergrin / Ernesto Naugenbauer
1980 - Torben Grael / Lars Grael
1981 - Torben Grael / Lars Grael
1982- Pedro Bulhões / Ricardo Stabile
1983 - Paulo Santos / Marçalo Santos
1984 - Paulo Santos / Cássio Ashauer
1985 - Paulo Santos / Cássio Ashauer
1986 - Paulo Santos / Cássio Ashauer
1987 - Torben Grael / Luiz Marcelo Maia
1989 - Paulo Santos / Ricardo Santos 
1990 - Torben Grael / Anders Schmidt
1992 - Alexandre Paradeda / Caio Vergo
1993 - Ivan Pimentel / Anders Schmidt 
1994 - George Nehm / Fernando Krahe
1995 - Alexandre Paradeda / Flávio Fernandes
1996 - Alexandre Paradeda / Flávio Fernandes
1997 - Alexandre Paradeda / Flávio Fernandes
1998 - Alexandre Paradeda / Flávio Fernandes
1999 - André Otto Fonseca / Rodrigo Duarte
2000 - André Otto Fonseca / Rodrigo Duarte
2001 - Alexandre Paradeda / Eduardo Paradeda
2002 - Ivan Pimentel / Felipe Novelo
2003 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2004 - Alexandre Paradeda / Roberto 
2005 - Bruno Bethlem / Pedro Tinoco 
2006 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2007 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2008 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2009 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2010 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2011 - Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling
2012 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2013 - Bruno Bethlem / Dante Bianchi
2014 - Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling
2015 - Alexandre Paradeda / Lucas Aydos
2016 - Mateus Tavares / Gustavo Carvalho
2017 - Alexandre Paradeda / Lucas Mazim 
2018 - Alexandre Paradeda / Lucas Mazim 
2019 - Alexandre Paradeda / Gabriel Kieling

O Campeonato Brasileiro de Snipe é uma realização do Comitê Brasileiro de Clubes, Yacht Club da Bahia, flotilha 662 e Snipe Class International Racing Association.



Sobre o barco

Classe: Snipe Class International Racing Association

Nº de tripulantes: 2

Designer: William Crosby

Material do casco: madeira ou fibra de vidro

Ano do primeiro projeto: 1931

Comprimento do casco: 4,7 m

Quantidade de vela: 2 (mestra e buja) Peso do barco: 173 kg
Leia Mais >>

Maglore com metais em Salvador


Maglore faz apresentação especial com trio de metais em Salvador*

(Foto de Divulgação: Breno Galtier)

Com um registro ao vivo na bagagem e uma década de estrada, de dor, de amor e contas pra vencer, de ser inteiro e não ser pela metade, a banda baiana Maglore prepara um show especial no qual repassa músicas de toda sua discografia. No dia 26 de janeiro (domingo), o quarteto chega ao Largo Quincas Berro D’água para dar continuidade às comemorações dos 10 anos da banda em noite que conta com um trio de metais formado por músicos da cidade.

“É o momento de celebrar tudo o que vivemos nos últimos anos, como os nossos quatros discos, os singles lançados, as turnês e as parcerias”, conta o cantor e compositor Teago Oliveira. “A banda se estabeleceu num local muito legal do cenário e foi intenso fazer isso pelas vias da música independente”, pensa.

Acompanhados por Normando Mendes (Trompete), Matias Hernan (Trombone) e Gleison Coelho (Sax), a Maglore passa por todos os álbuns da carreira, além do trabalho em estúdio mais recente, Todas As Bandeiras (2017). No setlist, destaca-se “Não Existe Saudade no Cosmos”, composição de Teago Oliveira que ficou conhecida por ter sido gravada por Erasmo Carlos no seu disco mais recente, ...amor é isso (2018). “Foi uma surpresa enorme, a gente achava que essa música tinha uma cara de anos 1970 e Erasmo sempre foi uma referência pra banda”, diz Teago. “Motor”, faixa do quarteto regravada por Gal Costa e que também já ganhou uma versão da cantora Pitty, é outro destaque. 

Serviço:
Maglore com metais em Salvador
Data: 26 de janeiro, domingo
Horário: A partir das 17h
Local: Largo Quincas Berro D’água
Endereço: R. do Açouguinho, 12 - Pelourinho, Salvador - BA
Ingressos: A partir de R$20 (meia-entrada, 1º lote) 

Leia Mais >>

O SIMM oferece vagas de emprego para Sexta-feira (17-01)

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de obra - (SIMM), oferece Vagas de emprego para Sexta-feira (17-01-2020).



Os interessados deverão ir na Sede do SIMM-Comércio, que fica na Rua Miguel Calmon, 506, no Edifício Ouro Preto ou na Prefeituras-Bairro: Itapuã, Pau da Lima, Subúrbio e Posto do SIMM na Boca do Rio. Levando originais da Carteira de Trabalho (com o nº do: PIS, Pasep ou NIS), Carteira
 de Identidade, CPF, Comprovante de Residência e Histórico Escolar, para realização de Cadastro, de busca por Vagas e de Encaminhamento para: Entrevistas e Seleções de Trabalho/Emprego.

O atendimento é feito das 7h às 16h, mediante distribuição de senhas, que são entregues a partir das 6h30.







VAGAS DO SIMM 17-01-2020





Auxiliar de limpeza

Ensino médio completo,
 3 meses de experiência.

Salário: a combinar + benefícios

2 Vagas





Operador de Telemarketing
 Ativo e Receptivo (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

 Ensino
 médio completo, imprescindível conhecimento em informática e boa dicção.

 Salário (R$): a combinar
 + benefícios

5 Vagas





Vendedor Interno

 Ensino
 médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência com vendas com produtos de informática

 Salário (R$): 1.144,00
 + benefícios

1 Vaga





Operador de Telemarketing
 Ativo e Receptivo

Ensino médio completo,
 sem experiência no segmento: Telemarketing, imprescindível conhecimento em informática e boa dicção.

 Salário (R$): a combinar
 + benefícios

10 Vagas

 



Operador de Telemarketing

Ensino médio completo,
 3 meses de experiência em exclusivamente em RETENÇÃO,
 disponibilidade para trabalhar nos turnos noite/madrugada, vaga zoneada para moradores dos bairros: 2 de Julho, Acupe de Brotas, Alto do Peru, Amaralina, Arenoso, Arraial do Retiro, Arvoredo, Baixa de Quintas, Barbalho, Barra, Barris, Boa Viagem, Boa Vista
 de São Caetano, Boca do Rio, Bonfim, Bonocô, Brotas, Cabula, Cabula IV, Cabula VI, Caixa D'água, Calçada, Caminho Das Árvores, Caminho de Areia, Campinas de Brotas, Campo Grande, Canabrava, Capelinha, Cidade Nova, Conjunto ACM, Cosme de Farias, Costa Azul,
 Curuzú, Daniel Lisboa, Doron, Engenho Velho da Federação, Engenho Velho de Brotas, Engomadeira, Estrada das Barreiras, Fazenda Grande Retiro, Federação, Garcia, Graça, Iapi, Imbuí, Itaigara, Jardim Santo Inácio, Liberdade, Luiz Anselmo, Macaúbas, Machado/Uruguai,
 Marechal Rondon, Mares, Massaranduba, Mata Escura, Matatu, Mont Serrat, Narandiba, Nordeste, Nordeste de Amaralina, Novo Horizonte, Ondina, Pau da Lima, Pau Miúdo, Pernanbués, Pero Vaz, Pirajá, Pituba, Resgate, Ribeira, Rio Vermelho, Saboeiro, Santa Mônica,
 São Caetano, São Gonçalo, São Marcos, São Rafael, Saúde, Sete de Abril, Stiep, Sussuarana, Sussuarana Velha, Tancredo Neves, Tororó, Trobogy, Uruguai, Vila Laura e Vila Rui Barbosa.

Salário (R$): a combinar
 + benefícios

17 Vagas





Consultor de Vendas

Ensino médio completo,
 6 meses de experiência, imprescindível CNH "A" e possuir Moto com Baú, conforme a
Nova Lei Trabalhista
 tem que ser MEI
 - Microempreendedor Individual.

Salário (R$): a combinar
 + benefícios

1 vaga





Atendente de Telemarketing

Ensino médio completo,
 6 meses de experiência.

Salário (R$): a combinar
 + benefícios

1 Vaga





Auxiliar de Campo

Ensino médio completo,
 6 meses de experiência, imprescindível
 domínio com pacote Office.

Salário: R$ 1.045,80 +
 benefícios

1 vaga





Fiscal Operacional

Ensino médio completo,
 6 meses de experiência, imprescindível CNH "A", possuir Moto, experiência com Cargo de Liderança no ramo de Limpeza em Vias Públicas, disponibilidade total de horário, desejável CNH "B".

Salário: R$ 1.420,49 +
 benefícios

2 Vagas

Leia Mais >>
 

Solenidades

Os Parças 2

Acontece Aqui

Festas Populares

Teatro

Teatro

Teatro
Especial mês das crianças

Gastronomia

Show

Show
Djavan
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑