Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Ronda Maria da Penha participa do lançamento da campanha 'Vá na moral ou vai se dar mal'

Policiais militares da Ronda Maria da Penha participaram do lançamento da campanha ‘Vá na moral ou vai se dar mal’ durante evento, nesta quinta-feira (28), no auditório do Hotel Sheraton da Bahia, no Campo Grande, em Salvador. A campanha tem como madrinha Maria da Penha, ativista no combate à violência contra a mulher.
Realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM), a campanha tem apoio da Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia, da Bahiagás e da Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres da Câmara de Vereadores.
Corrente do bem
Durante o evento, a comandante da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP), capitã Denice Santiago, acompanhada de integrantes da unidade, entregou um braçal para Maria da Penha, vítima de violência doméstica, que empresta o nome à Lei 11.340, que aumentou o rigor das punições aos agressores de mulheres.
Para a capitã, o trabalho durante o Carnaval é a consolidação do trabalho da Ronda. “É uma honra para nossa equipe conhecer Maria da Penha e poder homenageá-la. Ela é um exemplo de luta e resistência. A atuação da Ronda durante o Carnaval é a consolidação do nosso trabalho. As parcerias com outras secretarias são oportunidades de aproximação para fortalecermos o nosso trabalho e a corrente do bem”.
Já Maria da Penha elogiou o trabalho realizado na Bahia. “Estou feliz e emocionada de participar da [campanha] ‘Vá na moral ou vai se dar mal’. A implementação da Ronda Maria da Penha, aqui na Bahia, é a prova de que a lei está contribuindo para mudanças reais”.
Ação no Carnaval
A campanha reforça o combate às agressões mais comuns identificadas durante o Carnaval como puxar o cabelo, beijar forçadamente, xingar, humilhar, forçar a fazer algo sem consentimento, tirar a liberdade de ir e vir, entre outras.
Os PMs da Operação Ronda Maria da Penha vão atuar, neste período, realizando palestras nos oito postos de reunião de tropa e no atendimento de ocorrências envolvendo agressões às mulheres. Trinta e dois postos terão policiais femininas para realizar atendimento especial às mulheres. Informações sobre a folia estão disponíveis no site do Carnaval.
Fonte: Ascom/Polícia Militar da Bahia (PMBA)

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2024 / Salvador-Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑