Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Atletas de projeto apoiado pelo Estado conquistam vagas para final

Atletas de projeto apoiado pelo Estado conquistam vagas para final do Campeonato Brasileiro de Karatê

Dez alunos/atletas do Projeto Esporte, Lazer e Inclusão Social no Nordeste de Amaralina (Elisna), apoiado pelo Governo do Estado, já estão treinando de olho em bons resultados na final do Campeonato Brasileiro de Karatê, que acontece em São Paulo, no mês de outubro próximo. No final de semana, em Salvador, eles conquistaram medalhas e garantiram vagas para a grande competição do próximo semestre. O projeto integra as ações do programa estadual Pacto pela Vida. 

Eles estavam entre os 578 participantes de dez estados brasileiros e do Distrito Federal, que buscavam integrar a seleção de cada estado. Realizado pela Confederação Brasileira de Karatê e pela Federação Bahiana de Karatê (FBK), com apoio da Superintendência de Desportos do Estado (Sudesb), o campeonato foi disputado nas categorias Sub-7, Sub-10 e Sub-12; cadete (15 e 16 anos); júnior (18 a 21 anos); sênior (elite) e máster (a partir de 35 anos). 

Medalhas

Os atletas do Projeto Elisna conquistaram duas medalhas de ouro, três de prata e cinco de bronze. No 1º lugar, subiram ao pódio Athirson Bahiense e Thiago de Jesus, ambos pela categoria júnior. Também da júnior, Matheus de Jesus e Graciele Souza conquistaram a prata, além de Ronilson de Oliveira, da sênior. Os bronzes foram para Daniel Paixão (sênior), Ronaldy Melo (júnior), Jefferson Santos e Luís Eduardo Souto (Sub-10) e Lenise Guedes (sênior).

Segundo o professor do Projeto Esporte, Lazer e Inclusão Social no Nordeste de Amaralina, Edilson Montes, os atletas com êxito na competição, em média, praticam o karatê há quatro anos projeto e treinam de três a quatro vezes por semana. De acordo com ele, pelo menos cinco têm chance de estar entre os melhores na final de São Paulo.

Estilo de vida

Criado no Nordeste de Amaralina onde nasceu, Daniel Paixão, 22 anos, começou no Elisna aos 17 e se sente vitorioso pela mudança que o esporte proporcionou a sua vida. “O Elisna existia no bairro há um tempo e eu estava à procura de um esporte. De início queria judô, mas como não tinha, eu fui para o karatê, e hoje, para mim, ele é um estilo de vida. O esporte mudou minha vida. Pude conhecer outros estados, novas pessoas, novas amizades”.

O projeto é coordenado pelo Instituto de Educação Profissional (Proinep) com apoio financeiro e supervisão da Sudesb, autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). A iniciativa atende 1.400 alunos nas modalidades de futebol de campo, boxe, capoeira, judô, natação, karatê e ginástica para idosos. Para implementar o Elisna, a Sudesb contam com recursos próprios e da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), além de aporte financeiro do Fundo de Combate à Pobreza (Funcep).

Fonte: Ascom/Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) 

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑