Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Zumbido é sintoma de problemas que vão da dieta à perda de audição

Otorrinolaringologista Clarice Saba discute nesta quinta, 7, a importância do diagnóstico para o sucesso do tratamento.

Perda auditiva, dieta inadequada, estresse e postura são algumas das diversas causas do zumbido, o barulho no ouvido ou na cabeça que não tem uma real fonte externa e que atinge cerca de 28 milhões de brasileiros. “O zumbido pode ser um alerta do organismo de que algo está errado e é necessário um diagnóstico correto para o sucesso do tratamento”, explica a otorrinolaringologista Clarice Saba.

A médica, vice-presidente da Sociedade de Otorrinolaringologia da Bahia, esclarece que cada causa tem um tratamento personalizado – por isso, é importante fazer um diagnóstico preciso. Ela discute o tema na próxima quinta, dia 7, no Encontro Mensal dos Pacientes Portadores de Hiperacusia e Zumbido (EMPAHZ), com a colaboração do fisioterapeuta Claudio Sasaki. O evento é gratuito, aberto ao público e acontece no auditório do Centro Médico Aliança, às 13h.

“Diversos problemas de saúde podem causar zumbido, como a perda auditiva parcial ou total, questões anatômicas referentes à cabeça, face e pescoço, postura, as alterações nos níveis de triglicerídeos e colesterol, pré-diabetes, alto consumo de cafeína e açúcar, alteração de tireoide, dentre outros. A princípio, são necessárias avaliações audiológicas e sanguíneas completas. Mas, a depender do histórico do paciente, são necessários outros exames”, pontua a profissional. 



O ZUMBIDO – Em todo o mundo, 278 milhões de pessoas são afetadas pelo sintoma, segundo a Organização Mundial de Saúde. A médica, que já ganhou o mais importante prêmio científico internacional na área de estudos sobre zumbido, o Jack Vernon Awards, conta que uma das explicações da percepção do barulho está relacionada ao aumento de impulsos elétricos que a via auditiva manda para o cérebro.

Clarice Saba ressalta que, no paciente portador de zumbido, o organismo reage como se estivesse constantemente ameaçado, podendo ocorrer um estado de esgotamento. “Entre as consequências, o paciente pode reagir tendo alterações de humor, falta de concentração, perturbações do sono, estresse, irritabilidade e depressão – podendo levar até mesmo ao suicídio. O sintoma também agrava patologias, como hipertensão e diabetes”, explica a otorrinolaringologista.



DICAS:
Dicas que mostram que o ambiente não está sendo saudável para os ouvidos:

- se você tem que gritar para ser ouvido;

- se você não entende o que estão falando a um metro de distância;

- se a música tocada no seu fone de ouvido pode ser ouvida por uma pessoa próxima a você;

- se após exposição ao barulho você apresentou zumbido.




0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑