Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 14 de março de 2017

Veja quais serviços vão aderir à paralisação nesta quarta-feira (15)

Sindicatos de diversas categorias confirmaram para amanhã (15) uma greve geral contra as reformas previdenciária e trabalhista propostas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB). Os protestos foram convocados por centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais.

A paralisação nacional contra a reforma da previdência, organizada pela Central Única de Trabalhadores, será realizada nesta quarta-feira (15) e irá mobilizar diversas categorias na Bahia. Bancários, professores, servidores públicos, estudantes, sem terra e sem teto prometem grandes protestos.

Na semana passada, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que não tinha como fazer mágica com os números. “O importante é que todos os brasileiros possam ter certeza de que vão receber a aposentadoria, que as taxas de juros continuem caindo, que a inflação continue caindo. E, para isso, temos que controlar as despesas públicas. Gastar dinheiro do governo sempre é uma coisa fácil. Existem países ou estados brasileiros que fizeram muito isso e estão sofrendo consequências dramáticas. Então, a conta tem que ser paga cedo ou tarde.”

Ele também rejeitou a ideia de reduzir a idade mínima necessária para as mulheres se aposentarem. Segundo Meirelles, se a idade de aposentadoria das mulheres for reduzida para 60 anos, os homens terão que trabalhar até os 71 anos para compensar essa diferença. , acrescentou.



Confira alguns serviços que devem ser afetados:


RODOVIÁRIOS
O Sindicato dos Rodoviários da Bahia decidiu não aderir ao movimento nacional de paralisação contra a tramitação da Reforma da Previdência no Congresso Nacional que acontece nesta quarta-feira (15).


CORREIOS
O sindicato da categoria (Sincotelba) convocou os trabalhadores dos Correios para aderir a greve de 24 horas dessa quarta-feira. Segundo Josué Canto, presidente da categoria, ainda não se sabe quantos funcionários devem aderir, mas ele acredita que mais de 80% dos trabalhadores da Bahia parem neste dia 15. Os setores emergenciais de entrega devem ser mantidos.

PROFISSIONAIS DE SAÚDE
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde), os hospitais terão os serviços essenciais mantidos, mas serão suspensos serviços de ambulatórios e das áreas administrativas.

BANCÁRIOS
Nesta quarta-feira (15), os bancos irão abrir somente às 12h. Essa informação foi dada pelo presidente do sindicato dos bancários, Augusto Vasconcelos, que informou que a categoria é a favor da manifestação.

ESCOLAS MUNICIPAIS, ESTADUAIS E PARTICULARES
De acordo com a diretora de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, Rose Assis, os servidores e professores das escolas municipais e estaduais irão entrar em greve por 10 dias a partir de amanhã (15).

Quanto as escolas particulares, algumas instituições decidiram aderir à paralisação. Confira algumas delas que não terão aula amanhã:

Colégio Antônio Vieira

Colégio Anchieta

Colégio Isba

Colégio Módulo (Somente o 3º ano do Ensino Médio terá aulas)

Colégio Oficina

Colégio Salesiano (Nazaré e Paralela)

Colégio São Paulo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA) E UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB)

Até o término dessa matéria, nenhuma das duas instituições confirmaram se iriam aderir ou não a paralisação desta quarta-feira (15)


MANIFESTAÇÕES
Dois atos estão previstos para serem realizados nesta quarta-feira. Às 7h, haverá uma manifestação na região do Iguatemi, em frente ao Shopping da Bahia. Às 15 horas, haverá uma passeata no Campo Grande.

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑