Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 9 de maio de 2017

Ambulante confessa homicídios na passarela da Rodoviária

O vendedor ambulante Ednaldo dos Reis Mercês, o 'Batoré', 30 anos, confessou que matou duas pessoas, em menos de 72 horas, na passarela do Terminal Rodoviário de Salvador, localizada entre a Avenida ACM e o bairro de Pernambués. A revelação foi feita por ele, durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira (9), no auditório da Polícia Civil, na Pituba.

Abraão Alves Góes, 19 anos, com passagem por roubo, foi a primeira vítima. Segundo Batoré, Abraão estava praticando assaltos na região onde o crime ocorreu, “por isso o matei a pauladas, no último dia 3”. Já a traficante Lucigleide Maciel de Jesus, 'Tia Gleide', 48, com registro de furto, morta a facadas no dia 5, era sua desafeta antiga, pois teria assassinado dois dos seus irmãos (Jackson e Jesferson).

As versões dadas pelo homicida estão sendo apuradas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), explicou o delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (2ª DH/Central), que apura o caso. “Há indícios de que houve planejamento dos crimes, embora Batoré negue. Por isso, ainda estamos investigando o caso, assim como os motivos apontados por ele”, contou Machado, durante a coletiva.

Batoré foi preso no bairro da Saramandaia, na segunda-feira (8), por uma guarnição da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), comandada pelo major Sérgio Mercês. Autuado em flagrante por homicídio pela morte de Tia Gleide, o ambulante já foi condenado por prática de roubo a coletivo e possui oito conduções por agressões e ameaças, enumerou a delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba). Batoré passará por audiência de custódia nesta quarta-feira (10).


Fonte: Ascom/PC

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑