Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 26 de junho de 2017

ATER conscientiza agricultores para conservação do meio ambiente

A agricultura familiar baiana avança nas práticas de conservação do meio ambiente, buscando realizar suas atividades rurais com menor impacto ambiental. Por meio da assistência técnica e extensão rural (ATER), de órgãos da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e instituições parceiras, os agricultores recebem apoio que vão desde o plantio em nível para conservação do solo, distribuição de mudas para recomposição de mata ciliar até processos de certificação participativa de produção orgânica. 

Na propriedade do agricultor familiar Adalvo Dourado, localizada na comunidade de Grota da Gia, município de Antônio Gonçalves, onde criou os cinco filhos e mora com a esposa, todo o trabalho é realizado pensando na qualidade de vida e na preservação ambiental.

O agricultor fala com orgulho que trabalha com um pouco de cada atividade e que seu sustento vem daquilo que sua terra produz. Andando por sua propriedade, é possível encontrar uma horta variada, plantação de frutas e verduras, criação de aves, peixes, gado e um grande tesouro: uma nascente. “Cuido de tudo no capricho, é da terra que tiro o sustento da família. Cuidar do ambiente que vivo é cuidar da minha própria vida”. Adalvo conta que foi comercializando o que produz que conseguiu oferecer formação universitária para quatro dos seus filhos. 

Grota da Gia é uma das comunidades do Território Piemonte Norte do Itapicuru que estão sendo atendidas pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR). No local foi implantado um biodigestor para produção de biofertilizante e biogás, e o uso alternativo de produtos no combate a pragas e doenças nas culturas, a compostagem a partir de restos de culturas, regularização ambiental, construção de canteiros econômicos e reservas estratégicas para alimentação animal.

Segundo o técnico Baden Pereira, da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar, entidade contratada pela Bahiater para a prestação de serviços de ATER no município, todo o trabalho realizado é voltado para que o agricultor tenha melhor qualidade de vida. “O reflorestamento, a conscientização da importância da preservação ambiental para todos da comunidade e a produção agroecológica são ações que intensificam o trabalho, que também vem sendo realizado nos municípios de Senhor do Bonfim, Ponto Novo, Campo Formoso, Andorinha, Antônio Gonçalves e Jaguarari”.

Para o agricultor Adalvo, a ATER resolveu muitos problemas como a falta de água, dificuldade encontrada por todo semiárido nordestino. “A gente não tem como fazer chover, mas tem como cuidar das coisas que Deus já deixou pronto pra ajudar a gente a sobreviver. A seca chega de repente e não tem dó de ninguém, e a gente antes não tinha limite, saía botando fogo e desmatando sem saber das consequências. Esse pessoal da ATER trouxe informação. Agora cuido da minha terra e da minha nascente, que é o que ajuda a gente a viver”.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑