Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Com a crise econômica devotos de São Cosme e Damião pagam caro para servir o caruru de preceito

Tributarista dá dicas de economia para o consumidor encontrar os ingredientes mais em conta

Para os devotos de São Cosme e Damião é tradição servir, todos os anos, o famoso Caruru em homenagem aos santos, comemorado hoje (26), pelos católicos, e amanhã (27), pelo candomblé e umbanda. Mas, este ano, os devotos estão pagando mais caro no 'caruru de preceito’. De acordo com o advogado tributarista, Gutemberg Barros, quem foi as compras ontem (25) encontrou o quiabo custando R$6,99 o quilo, em dois grandes mercados de Salvador, enquanto deveria estar R$4,99, em média.

Segundo os comerciantes, o valor do quiabo aumenta neste período não apenas em função da celebração de Cosme e Damião, mas também por não ser a melhor época de produção. Além do caruru, o prato é composto pelo vatapá, feijão fradinho, galinha de xinxim, que têm como base o dendê, camarão seco, amendoim, castanha e temperos como cebola, tomate, alho e cheiro verde. Mas não para por aí. Na festa também não podem faltar arroz branco, farofa de dendê, pipoca, banana frita, amendoim, rapadura, abóbora, batata doce e cana. Para completar, as balas e doces bastante coloridos são indispensáveis para agradar as crianças. 

O tributarista baiano reforça ainda que o país está vivendo um momento delicado de crise econômica e, consequentemente, está afetando o comércio e o bolso do consumidor. “Com a inflação dos preços e para economizar, a alternativa é ir a campo, em feirinhas de bairro que possuem preços mais em conta do que dos grandes mercados”, conclui Barros.  

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑