Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 19 de junho de 2019

"Professor é base, é referência", diz psicopedagoga

Psicopedagoga Ivone Novaes


O bullying é atribuído como atitude de violência física e psicológica. Não é novidade ouvir falar de colegas de classe que o praticam com outros colegas. No entanto, a história pode inverter. O professor pode ser o agressor e o aluno tornar-se a vítima.

A psicopedagoga Ivone Novaes explica que é natural ver na figura do professor uma referência, e como ele ocupa referência de autoridade e inteligência a sua fala também acaba sendo um discurso de base ao qual tomamos como verdade. "Quando um professor desqualifica um aluno, essa fala tem um peso maior, e dessa forma causa danos emocionais acarretando em possíveis bloqueios e traumas que muitas vezes irão perpetuar por toda a sua vida escolar", alerta.

Estudante Carolina Vidal

Alunos que são intimidados pelos docentes podem ir mal nas provas, inclusive acreditar que não são capazes de realizar determinadas atividades. A estudante de Direito, Carolina Vidal, conta que quando cursava a 5ª série ao fazer uma pergunta referente a atividade que estava sendo realizada, foi chamada de "burra" por um professor na frente dos alunos. "Me senti sem capacidade para aprender a matéria que até hoje tenho dificuldade. Mas tive uma professora que percebeu que havia bloqueio na minha aprendizagem e me ajudou. Ela me orientava em tudo, pois eu tinha medo de errar", revela.

Segundo a psicopedagoga as consequências podem ser desde um bloqueio na disciplina específica deste professor, ou no aprendizado de forma geral. "O professor nesse espaço é referência do "saber" e quando ele estigmatiza o aluno, inconsciente ou consciente, este toma as palavras como verdade absoluta", declara.

Carolina Vidal ressalta que conseguiu superar o constrangimento depois de saber que poderia ser uma boa aluna. "Estou na escola para aprender e se eu errar, posso voltar e tentar novamente", afirma.

Apesar do bullying ser comum no ambiente escolar, ele pode suceder em outros lugares, como por exemplo: em casa, entre amigos e até mesmo no local de trabalho.

Para Ivone Novaes, o professor é a "peça" fundamental no processo ensino/aprendizagem e é através dele que a interação humana acontece para que assim se tenha o estímulo neural. "Professor é base, é referência. Vejo como alicerce dessa casa que se chama sociedade, o papel central dele é de forma crítica, desfazer e desconstruir os estigmas e as mazelas sociais, caso contrário ele não condiz com a referência Educador", finaliza.

Fotos: Arquivo pessoal
Texto: Nádia Rocha/Jornalista

Revisão e Supervisão Denise Morais e H.Coelho/Jornalista

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑