Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Conheça a história da jornalista transexual


Alana Rocha, formada em jornalismo pela Faculdade Anísio Teixeira(FAT), nasceu no estado da Bahia na cidade de Feira de Santana e viveu uma boa parte da sua vida em Riachão do Jacuípe, lugar no qual criou suas raízes. Uma criança como qualquer outra que gostava de brincar e se divertir com os amigos. Passatempos típicos de interior, como pique esconde era a sua diversão.

Há pessoas mais tímidas, mais reservadas e há igualmente quem gosta de conversar, ou como diz o ditado: gente que "fala pelos cotovelos". E assim era a garota, desde pequena gostava de falar. "Quando eu era criança minhas tias brincavam dizendo que eu iria ser repórter. Muitas vezes acontecia um acidente, um fato na minha cidade,  eu pegava a bicicleta e ia doida pra ver o que era. Quando voltava, várias vizinhas estavam nas portas de casa me esperando para contar o ocorrido", revela.
Alana com a mãe D. Conceição

As brincadeiras também envolviam a comunicação, além de assistir ao telejornal, fingia que apresentava e inclusive imitava os jornalistas. Uma delas era a apresentadora Katia Guzzo a qual se tornou sua inspiração. "Eu anotava tudo que Katia falava no jornal e quando minha mãe saía para trabalhar pela manhã, eu colocava uma  caixa, montava como se fosse um estúdio e fingia que estava apresentando", descreve.

A mãe, Conceição Oliveira, confessa ter desejado ver a filha em outra profissão, no entanto ofereceu suporte para  estudar comunicação. "Às vezes pensava em outra profissão que desse mais condição e estabilidade como medicina ou área da educação, mas a vocação era para Jornalismo, e eu não poderia mudar isso. Dei todo apoio", ressalta.

Segundo Alana na faixa dos seus 12 anos teve a certeza de que iria seguir pelo caminho do Jornalismo. Na época em que tinha a oportunidade de passar as férias na cidade de Itabuna na Bahia, se deparava com equipes de jornal e ficava encantada com o repórter realizando as entrevistas.

A jornalista transexual relata que o preconceito é algo rotineiro na vida de muitas transexuais, mas ela é exceção da regra. Diz que sofreu poucos e o segredo é relevar.

Conceição comenta que defende a filha em qualquer circunstância, lutou muito pela felicidade e vive para Alana. " Eu batalho todos os dias da minha vida, vivo para Alana. Sempre aceitei como ela é, dei apoio e aceito de coração. Nunca fui preconceituosa com ninguém e não seria com minha filha. Estou com ela para o que der e vier, sou uma mãe muito presente", expressa.

Alana Rocha conta que um dos momentos dos quais pensou em desistir  da profissão foi após ser demitida da TV. "Eu bati em várias portas, mas não conseguia nada. E com isso tinha pensamentos negativos e pensava em desistir. Mas recebi apoio de pessoas que queriam me ajudar e me fortalece para continuar", afirma.

Mesmo diante das dificuldades há uma motivação para seguir em frente. "Eu tenho amor pelo Jornalismo, tenho paixão pela profissão. É muito bom saber que posso levar informação e fazer a diferença na vida das pessoas,mesmo com os obstáculos que acontecem. Trabalhar como jornalista para mim é diversão", declara.

De acordo com Alana, tornou-se a primeira mulher transexual a trabalhar como repórter policial na TV. "Foi uma experiência marcante. Fui tema de dois TCCs em faculdades, isso me traz a fé que nós transexuais podemos ser alguém no mercado de trabalho. Sou muito grata a TV Aratu, eles se tornaram uma família para mim", confirma.

A jornalista ainda diz querer seguir na área de Comunicação, contudo existem outros setores que possui interesse. "Pretendo o resto da minha vida trabalhar com Jornalismo. Uma outra área que pretendo entrar é a política, estou pensando em me candidatar a vereadora na minha cidade Riachão do Jacuípe. Quero também fazer mestrado para um dia ser professora na faculdade, é uma profissão que admiro muito", finaliza.

Texto Nádia Rocha/Jornalista
Revisão Denise Morais/Chefe de Jornalismo
Fotos Arquivo pessoal

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑