Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 20 de novembro de 2022

CCZ inspeciona embarcações da Colônia de Pescadores do Rio Vermelho

 



CCZ inspeciona embarcações da Colônia de Pescadores do Rio Vermelho

 

Fotos: Lucas Moura/Secom

 

Agentes de combate às endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), inspecionaram nesta quinta-feira (17) a Colônia de Pescadores Z1, no Rio Vermelho. O trabalho, que faz parte da Semana Nacional de Combate às Endemias, viabilizou o exame em dezenas de embarcações alocadas nas imediações da praia do bairro.

 

Com as fortes chuvas que caíram nos últimos dias na capital baiana e aproximação do verão, o CCZ tem focado em equipamentos e localidades com grande acúmulo de água, a fim de minimizar os riscos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya. Durante as inspeções zoosanitárias, os agentes de endemias fiscalizam e tratam os pontos estratégicos.

 

As abordagens acontecem quinzenalmente e têm como objetivo identificar os pontos críticos e eliminar os focos de criadouros num curto espaço de tempo para evitar o crescimento dos casos das arboviroses. Além disso, é realizado um trabalho de conscientização entre trabalhadores e comerciantes dos locais, com a distribuição de panfletos e cartazes, alertando a população sobre a importância dos cuidados preventivos contra o Aedes.

 

De acordo com a subcoordenadora de Arboviroses do CCZ, Cristina Guimarães, equipamentos a exemplo de embarcações e similares são potenciais criadouros do Aedes e devem ser observados com cautela. “Vamos visitar todas as colônias de pescadores da cidade e, ao final das visitas, entregamos um relatório enfatizando o cuidado que eles devem ter para evitar o acúmulo de água e proliferação do mosquito. Aqui os agentes observam as embarcações e caso encontrem algum foco, eles fazem a coleta e remoção”, explicou.

 

Para Edvanilton Bispo, um dos pescadores da região, a presença da equipe do CCZ transmite mais segurança para os trabalhadores. “A gente trabalha aqui há muito tempo, sabemos que todo o cuidado é necessário, mas infelizmente nem todo mundo colabora. Então, quando o pessoal das endemias chega e conversa, as pessoas entendem que precisam fazer a parte delas e isso gera mais segurança e saúde para todos nós”, contou.

 

Alerta – O secretário da SMS, Décio Martins, reforça a importância do combate ao mosquito, principalmente nesse período em que o verão está se aproximando, onde há aumento do calor e das chuvas rápidas. “Com a proximidade do verão, os riscos de proliferação do Aedes aumentam. Sendo assim, ações preventivas e de combate estão sendo reforçadas pelo Centro de Controle de Zoonoses. Mas precisamos também da colaboração da população, para que evitem possíveis criadouros do mosquito”, enfatiza o gestor.

 

Em paralelo a essas ações, os agentes do CCZ continuam realizando as visitas domiciliares de rotina em todos os bairros da capital. As atividades diárias seguem o cronograma normal atendendo os chamados da população. Para solicitar os serviços prestados pelo CCZ, o munícipe deverá entrar em contato por meio do telefone 156 (Fala Salvador).



0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2024 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑