Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 6 de janeiro de 2023

4 Dicas para manter a saúde bucal no verão



A estação mais quente do ano é marcada por fugas da rotina e muita diversão, o que pode acabar afetando a saúde dos dentes


Com o verão em alta, muita gente aproveita para sair da rotina com longos passeios ao ar livre, idas à praia e viagens, o que aumenta o consumo de doces, bebidas geladas e alimentos ácidos. O problema é que esses hábitos podem comprometer a saúde dos dentes sem o cuidado adequado, alertam os dentistas e sócios do Ateliê Cangussu & Ferraz, Raphael Cangussu, Davi Ferraz e Danilo Ferraz. “Como as pessoas passam mais tempo fora de casa nessa época, acabam relaxando e descuidando da saúde dentária, por isso, há uma maior incidência de cáries, erosão ácida e traumatismos dentários”, conta Danilo Ferraz.

Juntos, os dentistas reuniram quatro dicas para evitar problemas e manter boca e dente saudáveis durante a estação mais quente do ano:


1. De olho na alimentação

Como a rotina muda no verão, os hábitos alimentares também ficam mais relaxados, explica Raphael Cangussu. “A gente identifica um consumo maior de alimentos cariogênicos (que provocam a cárie), como sorvetes, picolés, doces e carboidratos. Esses alimentos estimulam a proliferação do biofilme, que é uma camada bacteriana sobre o dente”. Já a ingestão constante de bebidas ácidas e alcoólicas, como refrigerantes, cervejas, caipirinhas e sucos de frutas como laranja e limão, além de tornar o ambiente bucal mais suscetível ao desenvolvimento de cáries, pode provocar ainda alterações no hálito. “O leite dos sorvetes, assim como a cerveja, tem a capacidade de formar uma película sobre a língua, fazendo com que fique branca e causando halitose depois de um tempo. Para evitar o mal hálito, o ideal é beber água e fazer bochechos. Além disso, é preciso ter atenção redobrada na hora da escovação higienizando, inclusive, a língua com raspadores ou mesmo com a escova”, indica o dentista.

Os alimentos cítricos e ácidos, presente em bebidas refrescantes, também reduzem o pH do ambiente bucal, deixando os dentes mais susceptíveis a erosão ácida, cáries e aumento da sensibilidade”, explica Davi Ferraz. O dentista destaca, no entanto, que não é necessário retirar esses alimentos da dieta, mas evitar escovar os dentes imediatamente após o consumo e fazer bochechos com água. “O ideal é esperar cerca de 30 minutos para dar tempo de restabelecer o pH bucal”. A mesma dica do bochecho vale para alimentos de pigmentação escura, como o açaí, que podem acabar manchando os dentes se consumidos em excesso e sem a higienização necessária.


2. Dentes saudáveis em qualquer lugar

Pra manter os dentes sempre limpos e evitar o acúmulo de resíduos de alimentos com alto teor de açúcar (cariogênicos), que ainda prejudicam o hálito, é muito importante ter sempre em mãos um kit de higiene bucal com escova, pasta e fio dental. “Como a gente passa mais tempo na rua, na praia, em passeios ou festas, vale a pena ter um kit básico no carro ou na bolsa. Não há problemas em cometer excessos um dia ou outro, o problema é fazer da má higiene bucal um hábito”, destaca Danilo Ferraz. Também é muito importante cuidar da saúde dos lábios e investir em protetores e hidratantes labiais para evitar rachaduras, ressecamentos e até mesmo feridas provocadas pelo excesso de sol na região.


3.Foco na prevenção

Como no verão alguns hábitos podem se desregular, o check-up odontológico com limpeza se faz ainda mais necessário para garantir um sorriso saudável. A profilaxia periódica é fundamental para remover acúmulos que ficam mesmo após a escovação, detectar problemas e atuar de forma preventiva, comenta Raphael Cangussu. “Mesmo com a higienização diária realizada em casa, o acúmulo do biofilme bacteriano sempre vai existir em algum grau, e muitas vezes de forma imperceptível para o leigo. Possivelmente também poderá ocorrer a formação de cálculos dentais. Essas condições podem resultar em cáries, inflamações gengivais e outros problemas, como periodontites e até mesmo a perda do dente em casos mais graves. Por isso que o acompanhamento profissional se faz tão necessário”.


4.Cuidado com acidentes

Por conta da maior quantidade de passeios e brincadeiras em piscinas e parques de diversão, é no período das férias de verão que aumentam os casos de acidentes com quedas e traumatismos dentários, principalmente entre as crianças. Davi Ferraz orienta que, caso o dente ou uma parte dele caia, o mais indicado é colocá-lo em um recipiente com soro fisiológico, leite, saliva ou água filtrada, e procurar imediatamente o dentista para avaliar a possibilidade de reimplante. “Quanto mais rápido for o atendimento, maiores são as chances de recuperar o dente”, avalia.

 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑