Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 30 de março de 2023

Dificuldade para ter filhos atinge cerca de 15% da população em idade reprodutiva


Em Salvador, a clínica Insemina, que tem a proposta de democratizar o acesso aos tratamentos de reprodução assistida,


já ajudou centenas de casais a realizarem o sonho de ter filhos, seja com medidas simples ou com tratamentos mais complexos


 


A dificuldade para ter filhos atinge cerca de 15% da população em idade reprodutiva, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). Mas a boa notícia é que a maior parte dos casos de infertilidade podem ser revertidos com medidas simples ou tratamentos de baixa complexidade, sem precisar recorrer a uma técnica de reprodução assistida, como a fertilização in vitro e inseminação artificial, para ter um filho. “Ao contrário do que muitos imaginam, cerca de 60% dos casais que não conseguem ter filhos espontaneamente não precisam de tratamentos complexos e de alto custo”, afirma a médica Bárbara Melo, especialista em medicina reprodutiva da equipe da Insemina Centro de Reprodução Humana . “Muitos casos conseguem ser solucionados com recursos simples, às vezes, um medicamento que corrige um distúrbio de ovulação da mulher, por exemplo”, explica a especialista.


A responsabilidade pela gravidez deve ser compartilhada igualmente pelos dois sexos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), estima-se que cerca de 35% dos casos de infertilidade podem ser atribuídos à mulher, outros 35% são de responsabilidade do homem, 20% estão relacionados a ambos e 10% são de causas desconhecidas.


“Quando um casal busca ajuda médica especializada porque não está conseguindo ter filhos espontaneamente, a investigação clínica deve ser feita pelos dois sexos”, esclarece a médica Bárbara Melo. A condição reprodutiva de cada um deve ser avaliada pelo especialista para que se tenha um diagnóstico preciso das causas da infertilidade e assim seja indicado o tratamento mais adequado.


Hábitos e estilo de vida são importantes para manter a saúde reprodutiva. Não fumar, manter-se no peso adequado, ter uma alimentação saudável, buscar atividades para controlar o estresse e a ansiedade, dormir bem, evitar consumo excessivo de bebida alcoólica e praticar atividade física regularmente são medidas que colaboram com a condição reprodutiva dos dois sexos.


Tratamentos acessíveis


Em Salvador, a Insemina, clínica de reprodução assistida fundada há oito anos, tem como proposta democratizar o acesso aos tratamentos da área. A clínica disponibiliza serviços com valores mais acessíveis que se ajustam à realidade econômica de muitos casais que enfrentam dificuldades para ter seus filhos.


Na clínica, pessoas com dificuldade para ter filhos podem ter acesso aos tratamentos – dos mais simples aos mais complexos e de ponta.


Sobre a Insemina   


Fundada em 2015, a Insemina Centro de Reprodução Humana conta com uma equipe médica experiente e altamente qualificada. Além dos tratamentos especializados de reprodução assistida, várias técnicas, exames e procedimentos como histeroscopia, diagnóstico pré-implantacional (PGD), preservação da fertilidade (congelamento), realização de exames de espermograma, dentre outros são realizados, graças à parceria da Insemina com o Cenafert (Centro de Medicina Reprodutiva), centro de referência em reprodução assistida na Bahia,  onde os procedimentos de Reprodução Assistida, como Fertilização In Vitro (FIV) e Inseminação Intrauterina, são realizados contando com as técnicas mais atuais e seguras e equipamentos de última geração. 


Localizada no Comércio, a Insemina conta com consultórios e sala de ultrassom e funciona na Rua Miguel Calmon, nº 40, Edifício Conde dos Arcos, salas 102 e 103. 


 


0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑