Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 30 de agosto de 2023

Espetáculo encerra celebração aos 28 anos da FCM no Subúrbio 360

 
Plateia cheia do Teatro Boca de Brasa do Subúrbio 360, em Coutos, para assistir ao espetáculo Infância Protegida, em celebração aos 28 anos da Fundação Cidade Mãe (FCM), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ). Com entrada gratuita, as apresentações foram também a atividade final do trabalho desenvolvido pelos alunos das oficinas de artes visuais, dança, teatro, capoeira, música e esportes nos oito Centros de Convivência Socioassistencial (CCS) da FCM. 

Em média, 160 crianças e adolescentes mostraram um pouco do talento em atividades artísticas e culturais diversas como a dança, o rap, a percussão com a utilização de baldes, o instrumental com a utilização de flautas, o coral, capoeira e o balé. Alunos das oficinas de dança e música do CCS Monte do Senhor, situado no Jardim das Margaridas, por exemplo, deram um show, misturando percussão com baldes, dança e acrobacias e recebendo muitos aplausos do público presente.  

“Eu gostei, foi muito bom. Ensaiamos muito e tivemos um resultado que nos surpreendeu. Eu estou muito feliz”, disse Luan Gustavo Queiroz, de 13 anos, que integrou a percussão. 

Assim como Gustavo, Maria Luíza Souza, de 14 anos, disse ter ficado um pouco nervosa no início, mas depois ficou muito alegre com o resultado. Ela participou de uma apresentação que envolveu a dança e o canto. Da plateia toda a família acompanhava orgulhosa.  


“Essa apresentação está sendo muito interessante e educativa. Fiz questão de trazer a minha mãe, minha irmã e a minha filha mais velha para assistir. É muito bom que a minha filha tenha acesso a atividades tão transformadoras como o teatro e a música”, disse Marinalva Souza, 41 anos, mãe de Maria Luíza. 

Para a presidente da FCM, Isabela Argolo, o espetáculo traduz a essência do órgão. “Com o espetáculo Infância Protegida, estamos fechando o mês de comemoração dos 28 anos da Fundação. E esse espetáculo traduz exatamente a nossa essência, aquilo que nós fazemos, que acreditamos e todo o investimento realizado na vida de crianças e adolescentes, por meio do qual são oferecidos caminhos, ferramentas e oportunidades tão somente para que o brilho que cada um já possui possa aparecer”, destacou. 

Presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro também prestigiou o evento. “É um trabalho muito importante que a FCM realiza e esse casamento com a cultura é fundamental para essa geração. É um trabalho já reconhecido que opera toda uma transformação e eu estou muito feliz com o que eu vi aqui hoje, porque é a partir desse movimento que a garotada começa a se interessar pela cultura, e a cultura tem tudo a ver com a cidadania, com a fé e com o caráter. Nada melhor do que usar a cultura e a arte para formar o cidadão”, afirmou. 

Também presente no evento, o cantor, compositor e capoeirista Tonho Matéria ressaltou a educação, a cultura e a arte como três pilares importantes para transformar o país e torná-lo modelo para o mundo. “Quando você cuida desses três pilares, você tem uma forma de construir um mundo melhor. Como disse o poeta Gilson Nascimento, ‘criança precisa de horizonte’, e a música do Olodum diz: ‘Educai com esses meninos, que o Brasil tem solução’. Então eu aproveito todas essas falas e sons provocativos para acreditar na mudança e a FCM é isso, esse lugar de transformação. Como educador através da capoeira, eu vi a divulgação do evento nas redes sociais e hoje vim aqui prestigiar e aprender um pouco mais”, disse. 

Por meio dos Centros de Convivência Socioassistencial, a FCM atende a mais de 2,1 mil crianças e adolescentes, dos seis aos 17 anos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social ou risco pessoal. O roteiro da apresentação do espetáculo Infância Protegida levou em consideração temáticas e informações atreladas ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), principal dispositivo de proteção jurídica e assistência a esse público. As apresentações também foram transmitidas ao vivo pelo canal da FCM no YouTube (www.youtube.com/@FundacaoCidadeMae) e perfil do Instagram (@fundacaocidademae). 

Oficinas – Os oito CCS estão espalhados pelos bairros de Periperi, Chapada do Rio Vermelho, Piatã, Nordeste de Amaralina, Saramandaia, Jardim das Margaridas, Canabrava e Engenho Velho de Brotas. Neles, crianças e adolescentes, inclusive os que estão matriculados na rede municipal de ensino, têm acesso a oficinas culturais (dança, música, artes plásticas, capoeira, teatro), oficinas para inclusão digital, cursos de qualificação e de jovem aprendiz, além de reforço de português e matemática em parceria com a secretaria da Educação (Smed). 

Fundação – A Fundação Cidade Mãe (FCM) foi criada e implementada em 17 de agosto de 1995, através da Lei 5.045 de agosto de 1995. O trabalho do órgão está voltado para a superação do quadro de desigualdades sociais por meio da formulação e execução de políticas públicas de atendimento a crianças, adolescentes e jovens em situação de risco pessoal, social ou de violação de direitos, na perspectiva da promoção, defesa e proteção. 

  

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2024 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑