Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 1 de setembro de 2023

Salvamar qualifica guarda-vidas em técnicas de salvamento

 

A Coordenadoria de Salvamento Aquático de Salvador (Salvamar), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), vem promovendo, desde o início da baixa estação, em abril, uma série de atividades de qualificação com agentes de salvamento, com o objetivo de levar mais conhecimento aos profissionais. Durante a capacitação, com conclusão no início de setembro, eles recebem noções de temas relacionados à função, como medidas preventivas, o que há de novidade no salvamento aquático, questões jurídicas e como fazer a abordagem aos banhistas nas praias. 

Nesta quarta-feira (30), a última turma de agentes de salvamento aproveitou o tempo bom na região da praia de Placaford para praticar na areia. Salva-vidas de carreira há 28 anos, André Moura, de 51 anos, participa constantemente das capacitações.  

“Participo sempre e esse ano eu achei melhor o conteúdo, até com uma adesão maior dos colegas. Essa capacitação é importante para, no verão, estar pronto para atender à população. Damos essa ênfase no treino, para dar segurança ao cidadão”, declarou. 

Aos 37 anos, Tiago Pinheiro tem um ano como agente de salvamento. “Conhecimento é sempre bom para que a gente possa atuar da melhor forma. Tem que ter essa reciclagem, a profissão exige. A parte teórica a gente aprendeu muito, então a parte prática é a que eu mais gosto, até para fazer um trabalho de qualidade”.  

De acordo com o chefe do setor de Prevenção e Treinamento da Salvamar, Jou Alexandre Oliveira, a qualificação faz parte do programa do salva-vidas, e acontece tanto na sede, com a parte prática, como na teórica, na piscina da coordenadoria e nas praias da cidade. 

“Nós fizemos dois períodos, de abril até junho, e de julho até o início de setembro, com nove turmas de agentes. A gente recapacita e requalifica os profissionais para atuarem com prevenção, resgate, orientação e suporte básico de vida, tanto em terra como na água”, explicou Oliveira. 

No curso, os salva-vidas trabalham com padrões nacionais e internacionais indicados pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), pela International Life Saving Association e a American Heart Association, além do protocolo PHTLS de atendimento pré-hospitalar. “Além disso, trabalhamos a prevenção na abordagem nas praias e também fazemos palestras em escolas, instituições, levando o nosso conhecimento”, concluiu o chefe de treinamento. 

Estrutura – A Salvamar dispõe de 250 agentes, distribuídos em 35 postos ao longo de 28 quilômetros de orla e outros quatro postos móveis que atuam diariamente e servem também a eventos do Município. Os profissionais têm a missão de proteger e orientar banhistas e demais frequentadores. 

A estrutura de atuação é composta por moto aquática, pranchões, pés-de-pato, máscaras de mergulho, respiradores, capacetes e botes. Os salva-vidas também realizam medidas preventivas, educacionais, de orientação e de salvamento em ambientes aquáticos, evitando afogamentos e preservando a vida de quem estiver em perigo. 

Contato – Em caso de emergência, além do contato direto com os profissionais, o órgão pode ser acionado através do número (71) 3202-4970. Já nas demais praias, fora do trecho Jardim de Alah-Ipitanga, o contato deverá ser feito com o Grupamento Marítimo (Gmar), do Corpo de Bombeiros, no número 193.    


 Fotos: Bruno Concha/Secom PMS 

/Secom PMS 

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2024 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑